Entre Aspas

Flashes e Registros

camera-fotografica-lego

Nas fotos estamos felizes. Não registramos em fotos os momentos de tristeza, as lágrimas por perder um ente querido, o eventual desânimo ou baixo astral cotidiano, a nossa cara de bunda no fim de um relacionamento. Apenas os profissionais da fotografia lidam com os momentos de tristeza, as tragédias, a morte, o acaso. É claro que em situações extremas costumamos sacar a câmera ou um celular e registrar tudo, nos tornamos fotógrafos amadores, hoje todo mundo é um pouco assim, mas de modo geral, preferimos guardar em nossas fotos apenas a felicidade.

Sair feliz na foto é fácil, basta aplicar um filtro ou emoldurar um sorriso no rosto e, desde que ele não esteja amarelo de sem graça a ponto de qualquer um perceber, com certeza transmitiremos a felicidade nas fotografias. Nós na praia, no carro, na fazenda, na estrada, no sul, no norte, no inverno gelado ou no verão dourando a pele, na sala de estar do apartamento novinho, enfim, sempre estaremos sorrindo nas fotos porque é assim que a vida deve ser eternizada, ela deve ser recheada de felicidade na medida do possível, e ainda que você não esteja totalmente feliz, vale a pena o esforço para sorrir nas fotos, sempre que você remexer no baú vai lembrar com carinho desses momentos, e se por um acaso não houver um sorriso no seu rosto, só você vai poder dizer exatamente o que se passava na sua cabeça na hora do flash.

Manipular uma foto hoje em dia é muito simples, a Playboy que o diga, podemos esconder imperfeições, reduzir e acrescentar medidas, alterar as cores e até mesmo incluir um sorriso, mas a felicidade não se finge, não se manipula, se você estiver feliz estará estampado na foto, e se não estiver, ainda que sorrindo, também estará lá em algum detalhe. Seja como for, quero que as fotos continuem eternizando os bons momentos, desejo de coração para mim e para você, que a vida nos brinde sempre com a felicidade estampada nas fotos.

 

 

 

Texto: Eduardo Sousa || Imagem: Internet

 

 

Recomendado para você