Entre Aspas

Cena Cineclube exibe adaptação de “Vidas Secas” (1963), no Porto Iracema das Artes

Frame do longa-metragem ‘Vidas Secas”

Após exibição, a adaptação da obra de Graciliano Ramos será debatida pela professora Suene Honorato

Atividade garantida na programação da escola Porto Iracema das Artes, o Cena Cineclube vem realizando semanalmente desde março o ciclo “Cine-Adaptações”, com obras da literatura nacional adaptadas por diretores brasileiros. No dia 30 de abril (terça-feira), será a vez da exibição do filme “Vidas Secas” (1963), com direção de Nelson Pereira dos Santos.  Adaptação do clássico da literatura brasileira,  de Graciliano Ramos, o filme será debatido pela professora Suene Honorato. A sessão inicia às 19h, no estúdio de Audiovisual da Escola e tem entrada gratuita.

O ciclo continua no mês de maio com mais duas sessões. A primeira, no dia 07, exibirá o filme O Pagador de Promessas (1962), de Anselmo Duarte, adaptado da obra homônima de Dias Gomes. O debate fica a cargo do professor Carlos Velázquez. A segunda sessão encerra o ciclo no dia 14 de maio, com debate facilitado por Lis Paim sobre o filme A Hora da Estrela (1985), de Suzana Amaral, adaptado da obra de Clarice Lispector.

Sinopse
VIDAS SECAS, DIR. NELSON PEREIRA DOS SANTOS, 100 MIN, BRASIL, 1963

Na primeira imagem de Vidas Secas, a cachorra Baleia, Sinhá Vitória, Fabiano e os dois meninos, os infelizes que tinham o dia inteiro, surgem como pontos pequeninos e imprecisos no fundo de uma imagem quase toda branca. O filme segue fiel na letra e no espírito o livro de Graciliano sobre a família entre a mudança e a fuga da seca, do fazendeiro, das contas, do soldado amarelo, da cadeia, do inferno, e movida pela esperança de uma cama de couro como a de seu Tomás da bolandeira. Com Átila Iório, Maria Ribeiro, Gilvan Lima, Genivaldo Lima e Baleia. Adaptado da obra homônima do escritor Graciliano Ramos.

Suene Honorato
ÉDoutora em Teoria e História Literária pela Universidade Estadual de Campinas. Professora de Literatura Brasileira na Universidade Federal do Ceará, onde coordena o projeto de extensão “Cine Descoberta”, que exibe e debate filmes sobre a questão indígena na América Latina.

Cineclube
O Cena Cincelube é um espaço de exibição pública e gratuita de filmes promovido às terças-feiras pelo Centro de Narrativas Audiovisuais da Escola Porto Iracema das Artes – o CENA 15, lozalizado na Praia de Iracema. Tem como proposta estimular a formação de público e de repertório através do encontro da cena de fazedores e pensadores do cinema, convidados a programar as sessões, com o público da cidade interessado em debater os diversos cinemas do mundo.

Serviço
O quê: CENA Cineclube exibe Vidas Secas (1963), de Nelson Pereira dos Santos
Quando: Terça-feira, 30 de abril, às 19h
Onde: Estúdio de Audiovisual do Porto (Rua Dragão do Mar, 160)
GRATUITO

Texto: Eduardo Sousa com informações da assessoria | Foto: divulgação

Recomendado para você