Entre Aspas

[Cine Ceará] Mostra Olhar do Ceará contará com exibições de curtas e longas-metragens cearenses

Como forma de abrir mais espaços, o Cine Ceará – Festival Ibero-americano de Cinema criou um formato especial para esta edição da Mostra Olhar do Ceará. Além da tradicional seleção de curtas-metragens, a mostra contará com uma competição de longas cearenses, reflexo de uma produção local efervescente. As exibições vão acontecer no Cinema do Dragão, em cinco dias de programação, um dia a mais que nas edições anteriores da mostra. Todas as sessões serão seguidas de debate com os realizadores. O júri oficial elegerá o melhor longa e o melhor curta, que receberão o Troféu Mucuripe na noite de encerramento do Festival.

Com um recorde de longas-metragens cearenses nas mãos dos curadores, nove no total, e mais de 100 curtas inscritos de realizadores do estado, o 29º Cine Ceará mostra-se como uma edição especial para o cinema local, bem mais presente em suas mostras. Do total dos longas cearenses, dois estão na Competitiva ibero-americana de Longa-metragem, “Notícias do fim do mundo” (Dir. Rosemberg Cariry) e “Greta” (Dir. Armando Praça), e dois terão exibições especiais, “Soldados da Borracha” (Dir. Wolney Oliveira) e “Pacarrete” (Dir. Allan Deberton).

OLHAR DO CEARÁ

A Mostra Olhar do Ceará será composta por 20 filmes, sendo 17 curtas e três longas, com as mais diversas propostas fílmicas e temáticas. Do total, 11 são dirigidos ou têm a codireção de mulheres. Os três longas na mostra são: o documentário “Currais”, de David Aguiar e Sabina Colares, e as ficções “Se arrependimento matasse”, de Lília Moema Santana, e “Tremor iê”, de Elena Meirelles e Lívia de Paiva. Dos 102 curtas cearenses inscritos no Festival, cinco estão na Competitiva Brasileira e 17 vão concorrer na Mostra Olhar do Ceará. São curtas que vêm dos mais variados espaços de realização da capital e do interior, de experientes produtoras locais ou da experimentação universitária. A curadoria da Mostra Olhar do Ceará foi feita por meio do trabalho conjunto da comissão da mostra de curtas-metragens, composta por Diego Benevides e Breno Reis, e da mostra de longas-metragens, pelos cineastas Wolney Oliveira e Margarita Hernandez.

OS FILMES DA MOSTRA OLHAR DO CEARÁ

LONGAS-METRAGENS

Currais. Dir. David Aguiar e Sabina Colares. Documentário. 2019. 91min.
Se arrependimento matasse. Dir. Lília Moema Santana. Ficção. 2019. 109min.
Tremor iê. Dir. Elena Meirelles e Lívia de Paiva. Ficção. 2019. 89min.

CURTAS-METRAGENS

A família marrom. Dir. Natal Portela. Documentário. 2019.
A mulher da pele azul. Dir. Esther Arruda e Pedro Ulee. Documentário. 2019.
A primeira foto. Dir. Tiago Pedro. Documentário. 2019.
Aqueles dois. Dir. Émerson Maranhão. Documentário. 2018.
Caretas. Dir. Sara Parente. Documentário. 2019.
Deusa Olímpica. Dir. Emília Schramm, Jéssika Souza, Pedro Luís Viana e Rafael Brasileiro. Documentário. 2018.
Espavento. Dir. Ana Francelino. Ficção. 2019.
Grilhões. Dir. Lucas Inocêncio. Ficção. 2018.
Hoje teci imagens que me habitam há muito tempo. Dir. Nilo Rivas. Experimental. 2019.
Icarus. Dir. Vitor Rennan e Vitória Régia. Documentário. 2018.
Iracema mon amour. Dir. Cesar Teixeira. Ficção. 2018.
O bando sagrado. Dir. Breno Baptista. Ficção. 2019.
Oceano. Dir. Amanda Pontes e Michelline Helena. Ficção. 2018.
Onde a noite não adormece. Dir. Paolla Martins e Rodrigo Ferreira. Ficção. 2018.
Onde a cidade é comida, saudade é fome. Dir. Willian Ferreira. Experimental. 2019.
Revoada. Dir. Victor Costa Lopes. Ficção. 2019.
Veias de fogo. Dir. Carnaval no Inferno. Documentário. 2019.

29º Cine Ceará

O 29º Cine Ceará – Festival Ibero-americano de Cinema, acontece de 30 de agosto a 6 de setembro em Fortaleza. É uma promoção da Universidade Federal do Ceará, através da Casa Amarela Eusélio Oliveira, com apoio do Governo do Estado do Ceará por meio da Lei Estadual de Incentivo à Cultura (SIEC), Secretaria Estadual da Cultura, e da Prefeitura de Fortaleza através da Secultfor. Conta com patrocínio de empresas públicas e privadas, por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura, através da SP Combustíveis, M. Dias Branco, Café Santa Clara e Cegás. Agradecimentos: Enel. A realização é da Associação Cultural Cine Ceará, Bucanero Filmes e da Secretaria Especial da Cultura – Governo Federal.

SERVIÇO:

O quê: 29° Cine Ceará – Festival Ibero-americano de Cinema
Quando: De 30 de agosto a 06 de setembro de 2019 em Fortaleza.
Mais informações:www.cineceara.com. E-mail: contatos@cineceara.com. Tel: (85)3055-3465 e 99134-1101.
Toda a programação tem acesso gratuito.

Texto: Eduardo Sousa com informações da assessoria | Imagens: Divulgação

Recomendado para você