Futebol do Povo

Apesar das oscilações, Fortaleza mostra que é time com mais recursos do Grupo A ao retomar a liderança

2118 50

Por André Victor Rodrigues

O Fortaleza fez segundo tempo de superioridade no Castelão, domingo passado, para vencer o ASA-AL por 2 a 1 e retomar a liderança do Grupo A na Série C do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, a equipe de Marquinhos Santos quebrou a sequência de dois jogos sem vitória. E o Leão mostrou que, apesar das oscilações recentes, é a equipe mais capacitada da sua chave pelos recursos a serem explorados durante a primeira fase da competição.

A atuação dos tricolores no primeiro tempo de partida contra o time alagoano foi de péssimo futebol. Muitos passes errados, finalizações econômicas. Quem abriu o placar foi o ASA, aos 24 minutos. A recuperação do Fortaleza veio no segundo tempo, quando retornou ao campo com um meio-campo mais coeso e focado em pressionar os visitantes. Num intervalo de 15 minutos, os volantes Pio e Rosinei mudaram o curso do placar e deram a virada para os leoninos.

O resultado veio após uma semana de quebra-cabeça em treinamentos no Pici. Por conta dos maus resultados e reposições de jogadores sem sucesso no time titular, o técnico Marquinhos Santos trabalhou com novas disposições táticas em campo para tentar vencer o problema com desfalques e fazer o time voltar ao caminho de bons resultados. Resolveu apostar na meia com volantes, abrindo mão de escalar nomes como Leozinho – pouco aproveitou as chances que teve. Com perfis diversos, encontrou exatamente em Felipe, Corrêa, Pio e Rosinei mais saídas. Enrolou-se ao longo da primeira etapa, mas pelo menos conseguiu cumprir evolução ao longo dos 90 minutos.

A comissão técnica tricolor ainda aguarda por contar 100% com Éverton e Juliano no time titular. Até lá, trabalha com o que tem para dar tranquilidade à campanha que visa o acesso no final da temporada. E mesmo que não tenha substitutos no mesmo nível dos titulares, o Fortaleza prova que – acertando novas alternativas táticas – pode ainda ser o adversário mais competitivo do Grupo A.

O elenco guarda as soluções que bastam ao time tricolor, mas Marquinhos e companhia precisam buscar os méritos para encontrá-las. Reconhecer quando algo está errado na formação do time, o que vem acontecendo, é parte fundamental disso. Num elenco competitivo para a Série C, encontrar as mais variadas formas eficazes de se vencer nas primeiras rodadas fará muita diferença lá na frente.

O Leão terá semana cheia. Na próxima quinta-feira, enfrentará o América-MG no Estádio Independência, às 21 horas, pela Copa do Brasil. Já no domingo, às 18h30min, vai ao Mangueirão encarar o Remo. Pela primeira vez neste curso de Terceirona, terá uma semana mais movimentada e que exigirá ainda mais administração de elenco eficiente por Marquinhos. Com os melhores planos, evidentemente, voltados ao jogo da Série C.

Recomendado para você