Homem etc

Roupa é Questão de Gosto e Não de Gênero?

Roupa é questão de gosto e não de gênero. Bem, ao menos é sobre isso que a moda vem mostrando nos últimos tempos.

Tilda_swinton_orlando

Em 1992 o cinema adaptou Orlando, obra de Vírginia Woolf que conta a história de um príncipe que simplesmente acorda mulher. Para marcar essa transformação no livro a escritora inglesa usa e abusa dos sentimentos e convenções políticas. No cinema, além do talento da atriz Tilda Swinton ,  para marcar a transição de sexo, foi usado o figurino (que concorreu ao Oscar) penteado e maquiagem. Isso deixa claro, para o telespectador que quando Orlando trocas as calças por vestidos, se torna Lady Orlando.

f100orlando

 

Se isso acontecesse hoje, depois dos desfiles de inverno de Milão desse ano, seria mais difícil. Marcas como Prada, Maison Margiela, Saint Laurent e Giorgio Armani investiram em moda unissex. Isso mesmo! Roupas para eles e para elas. A estilista Miuchia Prada chegou a dizer que suas criações são simplesmente para pessoas, sejam homens e mulheres. E você, o que acha disso? Seria a roupa mista o futuro!

uni3

No inicio do ano, a loja britânia Selfridges, conhecida pelo seu posicionamento moderno, aboliu o setor masculino e feminino. O porta voz da empresa chegou a declarar: “Queremos que nossos clientes embarquem em uma jornada em que eles possam comprar roupas e se vestir sem limitações e estereótipos”.

o modelo Andrej Pejic, considerado uma das 100 mulheres mais lindas do mundo.

o modelo Andrej Pejic, considerado uma das 100 mulheres mais lindas do mundo.

Eu Gosto, Compro e Uso

O que essa nova moda prega é “eu gosto, compro e uso”. Mas o assunto é controverso. Ainda estamos acostumados a viver sob imposições fortes e temos uma imagem estabelecida do que é de “menino e de menina.” Já imaginou se deparar com um rapaz de vestido na rua?  Jaden Smith, filho do ator Will Smith não da a minima pra isso e  a notícia virou notícia. Ele adora usar vestidos e monta produções super estilosas e  se sente confortável. O jovem ator cria uma identidade de moda que não está relacionada a sua sexualidade.

article-2458325-18B83D0A00000578-975_634x773

Aqui no Brasil, essa tendência já chegou,  junto com a 20º edição do São Paulo Fashion Week. O estilista João Pimenta, único representante exclusivamente masculino dessa edição, lançou uma coleção que pode perfeitamente ser emprestada para a namorada (ou para a melhor amiga, rs)  Sem gênero, descolada e com espírito punk.

Joao Pimenta  -  SPFW- Verao 2016

Outra marca que tocou nesse tema foi a UMA, que nessa edição voltou a criar para rapazes. Ao se aproximar das roupas podemos ver que o hibridismo está lá. Leve e sofisticado.

FOTO12-610x458

A tendência tem tudo para se fortalecer. Os papeis de “homem” e “mulher” estão mudando na sociedade e isso reflete na indumentário e do que esperamos dela.

Recomendado para você