Homem etc

Entre Rapazes por Thiago Silva

“Histórias Compartilhadas” em cartaz no Sesc Iracema

HISTORIAS COMPARTILHADAS

Nos dias 12 e 19 de Novembro, a peça “Histórias Compartilhadas” estará em cartaz no Sesc Iracema. Com direção de Eduardo Bruno e atuação de Ari Areia, o trabalho documenta e discute sobre a transexualidade masculina. Corpo, gênero, preconceito e religião são alguns dos principais pontos discutidos na peça.
“Histórias Compartilhadas” – Outro Grupo de Teatro
Onde: Teatro Sesc Iracema (Rua Boris, 90 – Praia de Iracema)
Datas: 5, 12 e 19/11
Horário: 20h
Entrada: R$ 12,00 (inteira); R$ 6,00 (meia)
Classificação: 18 anos
Informações: (85) 3252.2215

****

Aceita que dói menos!

CASAMENTO1

Vítimas de bulying nas redes sociais em abril desse ano, o diretor criativo tailandês Naparuj Mond Kaendi e o engenheiro alemão Trosten Middlhof uniram as escovas de dentes no último dia 31 de outubro.

Juntos a mais de dois anos e meio, eles chamaram a atenção da web no começo do ano quando uma foto dos dois de mãos dadas no metrô viralizou na internet. Comentários como “É um animal de estimação?”, “Por que ele escolheu ele? Por que não podia ser eu?” e “Talvez ele esteja levando o cara pra delegacia” renderam uma discussão grande.

O fato é que pra quem não gostou, ou destilou inveja e preconceito, fica aqui a prova de que o amor venceu mais uma vez. Felicidades aos dois!

CASAMENTO3

CASAMENTO2

****

“Beira Mar” em cartaz no Cinema do Dragão

BEIRA MAR

Ontem, 05, estreou em Fortaleza o longa “Beira Mar”, exibido na capital pela primeira vez durante o Festival de Cinema e Cultura da Diversidade Sexual – FOR RAINBON, o filme volta e fica em cartaz no Cinema do Dragão do Mar, até o dia 11 de novembro.

“Beira Mar” conta a história de dois jovens amigos, Martin (Mateus Alamada) e Tomaz (Maurício José Barcellos), que entre descobertas e dramas familiares vão criando laços e sentimentos afetivos.

Atenção para a estética fria e roteiro lento da produção, além da fotografia belíssima de João Gabriel de Queiroz que faz tudo valer a pena. Fica a dica de um bom filme para o final de semana.

Trailer:

[youtube] https://www.youtube.com/watch?v=Tk07bt6iWGU[/youtube]

****

Palmas para ele!

JOHNNY

“Sou totalmente gay, não teria por que esconder. Temos que deixar de lado os puritanismos, a coisa provinciana. Acho que a música dá mais liberdade para o artista se assumir. No entanto, a maioria do meu público é de mulheres, heteros ou gays. Elas ficam doidas no show. Acho que é porque canto também no feminino, visto as personagens nas músicas. Me comunico com elas de forma respeitosa. É bom ser compreendido quando a proposta é essa.”

A afirmação acima é do cantor e ator pernambucano, Johnny Hooker. Grande revelação da música brasileira, o artista já esteve em solo cearense por duas vezes e fez shows memoráveis.

Entre letras dramáticas, profundas e performances cheias de atitude e personalidade, o moço já emplacou hits como “Volta”, “Amor Marginal” que foi trilha sonora da novela global “Babilônia” e “Alma Sebosa”, trilha do folhetim “Geração Brasil”.

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=qe713DXVF8k[/youtube]

****

Colômbia legaliza adoção de crianças por casais homossexuais

ADO__O

O tribunal da Colômbia retirou uma restrição que limitava a adoção de crianças por casais homossexuais. Na quarta-feira, 04, numa decisão de 6 votos a 2 o país que é conservador deu um salto na luta pela igualdade de direitos.

A restrição proibia que casais do mesmo sexo adotassem uma criança, a menos que um dos parceiros fosse o pai biológico da criança. Segundo a corte colombiana, a exclusão de casais homossexuais como possíveis pais adotivos “limita o direita da criança à família”.

****

Conheça Laith Ashley, o modelo trans que chamou a atenção da web

MODELO1

Aos 26 anos, Laith Ashley chamou a atenção de muita gente na web depois que uma foto sua feita pelo fotografo Nelsonn Castillo viralizou na internet.

O modelo de origem domenicana, integra o casting da agência nova-iorquina Pêche Di – a primeira a trazer pessoas trans.

Formado em psicologia, o moço nasceu no Harlem, em Nova York e trabalha num centro comunitário que ajuda jovens sem-teto – principalmente LGBT’s – a ter atendimento na área de saúde.

Você confere abaixo um vídeo da agência Pêche Di mostrando mais um pouquinho do trabalho do Laith – já aviso que apertar o play é pedir pra se apaixonar.

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=c5prUfo_v0Q[/youtube]

****

Quer conversar com a gente e enviar seu elogio, crítica ou sugestões de pauta? Manda um e-mail para thiagojornalismo@outlook.com.br

A coluna “Entre Rapazes” é escrita pelo jornalista, social media e blogueiro Thiago Silva.
Follow me https://twitter.com/Thyagos

Recomendado para você