Leituras da Bel

Literatura nordestina de terror é tema de debate na Bienal do Livro

Três escritores se encontram na XIII Bienal Internacional do Livro do Ceará para uma troca de ideias e experiências sobre histórias de suspense e terror ambientadas no Nordeste do Brasil. Nesse sábado, dia 17 de agosto, às 17 horas, Zé Wellington (CE), Márcio Benjamin (RN) vão estar no Café Literário para o bate-papo “Imagens e Visagens do Sertão”, como parte da programação do Sesc Ceará no evento. A mediação fica por conta de Bruno Paulino.

Zé Wellington

Os autores são reconhecidos tanto pelo público quanto pela crítica justamente por se dedicarem a contar histórias de horror cujo cenário é a paisagem árida do sertão. Temas como lendas rurais, zumbis, cenários apocalípticos, figuras mitológicas e sombrias estão presentes nas obras de Wellington, Benjamin e Paulino.

Literatura de terror

Márcio Benjamin nasceu no Rio Grande Norte e, recentemente, esteve presente na Mostra Sesc de Cultura do Sertão Central. Na ocasião, participou de uma roda conversa sobre o seu terceiro livro, “Agouro”, que busca dar vida às lendas sertanejas contadas de geração em geração. Ele também é autor dos livros “Maldito sertão” (2016) e “Fome” (2017). Em 2016, foi convidado pela Universidade de Sorbonne, França, para expor seu trabalho em Paris, por meio da Primavera Literária Brasileira.

Zé Wellington é administrador, escritor e roteirista de histórias de HQs. Autor de “Quem matou João Ninguém?” e “Steampunk Ladies: vingança a vapor”, o sobralense lançou, em 2018, do livro “Cangaço Overdrive”, cyberpunk nordestino em quadrinhos. Na história, o Ceará, em um futuro possível, enfrenta sua maior seca em séculos. Este é o cenário árido onde um lendário cangaceiro e um impiedoso coronel são reanimados para continuar a peleja que deixaram no passado. Foi vencedor do Troféu HQMIX 2016, na categoria Novo Talento Roteirista.

Bruno Paulino, escritor

Nascido em Quixeramobim, o escritor e professor Bruno Paulino é uma das referências quando se fala de literatura no Sertão Central. Lançou este ano a segunda edição do livro “A Menina da Chuva”, repleto de referências à infância, e “Pequenos Assombros”, contos fantásticos que exploram o universo do sobrenatural em pequenas narrativas. Também é autor da obra “Lá nas Marinheiras”.

Serviço
Bate-Papo “Zé Wellington (CE), Márcio Benjamin (RN) e Bruno Paulino (CE)” – Programação Sesc
Quando: 17 de agosto, sábado, às  17 horas
Onde: Café Literário

XIII Bienal Internacional do Livro do Ceará
Quando: de 16 a 25 de agosto
Onde: Centro de Eventos do Ceará (avenida Washington Soares, 999 – Edson Queiroz)
Entrada gratuita

 

Recomendado para você