Plínio Bortolotti

Pau-de-arara para os estudantes

Alto Santo: Estudantes chegando à cidade; ao fundo um aluno faz o "dever" de casa

Alto Santo: Estudantes chegando à cidade; ao fundo um aluno faz o "dever" de casa. Foto: Plínio

Passamos em mais duas cidades em que vimos paus-de-arara usados como meio de transporte para estudantes da zona rural: Alto Santo e Ererê.

A desculpa dos secretários da educação é sempre a mesma: as estradas são ruins e só dá para transitar em caminhões F-4000 ou camionetas D-20.

Eles só não explicam porque não consertam as estradas e nem que, em boa parte dos casos, o serviço de transporte é entregue a parentes e aderentes.

Em Alto Santo falamos por cerca de 30 minutos com a secretária da Educação, Geudir Gurgel, sem que tivesse surgido o assunto transporte de estudantes.

Perguntamos qual era o partido do prefeito: “Nem sei o nome, é do partido do Cid Gomes”. Na verdade, Adelmo Aquino é do PRB, partido “alternativo” do governador do Ceará Cid Gomes, que é do PSB.

Ao sairmos, deparamos com caminhões chegando com os alunos. Voltamos à secretaria para inquiri-la sobre o assunto. Sem graça, ela deu a explicação acima.

O secretário da Educação de Ererê, Carlos Cavalcante, acresceu mais um argumento para estudantes em “pau-de-arara”, palavra que ele mesmo utilizou como era o transporte de alunos. Ele se refetiu à “pobreza” do município.

A cidade é dirigida pelo prefeito Manoel Martins Alves, conhecido como Nelson Martins, do PSDB.

Leia mais no Twitter #CE-RN e Google Maps.

Recomendado para você