Plínio Bortolotti

Obras do Transfor são demolidas por particulares; “autoridades” só assistem

606 2

Veja esta matéria publicada na edição de ontem (3/3/2011) do O POVO:

«O Programa de Transporte Urbano de Fortaleza (Transfor) faz uso de verba pública adquirida por impostos da população para padronizar calçadas e canteiros centrais da avenida Jovita Feitosa. Até aí tudo bem. Dinheiro público usado para bem público. No entanto, comerciantes locais se sentem lesados pelas vagas perdidas de estacionamento e desfazem o serviço.

Entre calçadas novamente rebaixadas por pedreiros particulares e grade de ferro feitas como rampa para permitir veículos em cima da calçada, a via apresenta vários passeios fora dos padrões exigidos. A conclusão das intervenções na via está prevista para julho próximo. Ou seja: o canteiro de obras avança sobre a avenida uniformizando as calçadas ao mesmo tempo em que a população desfaz as mudanças.»  Veja a matéria completa: Calçadas já estão fora do padrão.

Comentário

A avenida Jovita Feitosa não é o único lugar onde a esculhambação campeia. O mesmo acontece nas obras do Transfor nas avenidas Bezerra de Menezes e na Domingos Olímpio – e também em várias vias secundárias.

Veja aqui o esculacho que acontece na avenida Bezerra de Menezes , onde calçadas voltam a ser ocupadas por comerciantes e carros e até balões publicitários são postos em cima de guias que servem para os cegos se localizarem nas calçadas.

É o dinheiro público usado em benefício de particulares agindo ilegalmente, e sem a mínima noção de cidadania e de educação.

Tudo sob a vista grossa das “autoridades”, que gostam de anunciar que fazem muitas obras, mas depois as deixam ao deus-dará.

[As fotos, reproduzidas da matéria citada, são de Jorge Alves.]

Recomendado para você