Política

Boulos comenta visita inesperada de Bolsonaro a Bush: “Depois dizem que sou eu que invado a casa dos outros”

2406 1

Candidato derrotado nas últimas eleições, Guilherme Boulos (Psol) comentou sobre a visita surpresa do presidente brasileiro Jair Bolsonaro (PSL) ao ex-presidente americano George Bush. “Depois dizem que sou eu que invado a casa dos outros”, ironizou. O socialista tem trajetória política ligada ao Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) e é constantemente apontado como um “invasor de terras” por opositores.

Visita inesperada

Matéria veiculada no portal de notícias da revista Veja consultou o assessor de imprensa de Bush, Freddy Ford, sobre o encontro. “Ao contrário de algumas reportagens, o presidente Bush não esteve envolvido nos arranjos da viagem e não estendeu o convite para (Bolsonaro) vir a Dallas”, afirmou o assessor à reportagem.

O posicionamento contradiz o divulgado na semana passada pelo governo brasileiro. À época, Otávio Rêgo Barros, porta-voz da Presidência, disse que a ida à Dallas foi planejada após convite de Bush.

Boas-vindas

Desde que foi anunciada, a viagem de Bolsonaro aos Estados Unidos é alvo de controvérsias. Inicialmente, o brasileiro iria a Nova York, onde era esperado para uma homenagem na Câmara de Comércio Brasil-Estados Unidos. Contudo, críticas do prefeito da cidade, o democrata Bill de Blasio, fizeram o presidente desistir de visitar a cidade.

A entrega do prêmio então foi transferida para Dallas, onde o prefeito democrata Mike Rawlings também passou a criticar o brasileiro. Ele disse que não daria boas vindas e não participaria de nenhum evento com o brasileiro.

Recomendado para você