Veia Esportiva

Contratação de Pablo é a mais cara da história do São Paulo

(Foto: ESPN)

A contratação de Pablo, oficializada nesta quarta-feira, 19, é a mais cara da história do São Paulo.

Por 70% dos direitos econômicos do jogador, o clube pagou 6 milhões de euros (cerca de R$ 26,5 milhões) ao Athletico-PR. O contrato assinado é válido pelos próximos quatro anos.

Esse valor ainda pode aumentar para 7 milhões de euros (aproximadamente R$ 30,9 milhões) caso Pablo atinja metas estabelecidas.

Com os 30% dos direitos mantidos em sua posse, o furacão pode lucrar em uma futura venda.

A negociação é bastante comemorada pelo São Paulo, já que o time superou a concorrência do Flamengo, primeiro a fazer oferta pelo atacante.

Este é o maior investimento feito pelo São Paulo em um único atleta ao longo de seus 88 anos. A segunda contratação mais cara realizada pelo clube foi a de Paulo Henrique Ganso, adquirido junto ao Santos em 2012 por R$ 23,9 milhões, empatada com a de Lucas Pratto, comprado do Atlético-MG pelo mesmo valor, em 2017.

Portanto, dentre todas as aquisições de atletas do clube, a de Pablo é a de maior pagamento em dinheiro.

O jogador chega após uma temporada em que marcou 18 gols em 51 jogos, sendo cinco anotados na Copa Sul-Americana, da qual foi artilheiro e campeão pelo Athletico-PR.

Entre clubes brasileiros, esta é a segunda maior transação da história, ficando atrás apenas de Leandro Damião, que trocou o Internacional pelo Santos por R$ 41,6 milhões em 2014.

Até o momento, além de Pablo, o São Paulo anunciou os reforços do lateral direito Igor Vinícius e do lateral esquerdo Léo Pelé. A diretoria ainda mira a contratação de um volante (Willian Arão era o preferido, mas o Flamengo descartou o negócio) e de um meia.

Abaixo, veja o ranking de contratações mais caras do São Paulo:

1: Pablo (R$ 26,5 milhões)
2: Paulo Henrique Ganso (R$ 23,9 milhões)
2: Lucas Pratto (R$ 23,9 milhões)
3: Maicon (R$ 22,1 milhões)
4: Ricardinho (R$ 20,1 milhões)
5: Luis Fabiano (R$ 19,9 milhões)
6: Alan Kardec (R$ 13,9 milhões)
7: Ricardo Centurión (R$ 12,7 milhões)
8: Thiago Mendes (R$ 10 milhões)
9: Jadson (R$ 8,6 milhões)
10: Bruno Cortez (R$ 7 milhões)

 

ESPN

Recomendado para você