Ancoradouro

Renovação Carismática alerta contra candidatos abortistas

1108 5

Não vote em político abortista

A Renovação Carismática Católica conclama em vídeo lançado para as eleições: Não vote em candidato abortista. Ao apelo segue uma série de imagens de crianças pobres e o questionamento: ‘Esta criança tem culpa da desigualdade social’? A questão possui razão de ser, pois são muitos os que defendem o aborto como um meio de erradicar a violência.

O Partido de Dilma Rousseff tem em sua linha ideológica a descriminalização aborto como um meio de se alcançar a independência feminina sobre seu corpo. Já pensou como seria caso o aborto fosse descriminalizado?  Assim a mulher grávida quisesse, poria fim à vida do feto, em qualquer mês de gestação.

O inconcebível é um partido que se diz do povo, que se diz nascido entre os pobres e que por ele luta não defender a vida de um inocente. Ainda poderíamos nos perguntar, por que o interesse em levar adiante esta política abortista? Quem financia esta ideologia que só não foi aprovada  graças ao esforço do povo brasileiro, sobretudo dos católicos, evangélicos e espíritas?

Não basta conviver com a violência? Agora temos que legitimá-la ou ainda chamá-la de outro nome?  Temos que nos unir como cristãos e defensores da vida e dizer para a sra. Rousseff, os senhores Plínio de Arruda Sampaio, Luis Inácio Lula, José Gomes Temporão que os brasileiros que os sustentam e aos quais eles representam e servem são majoritariamente a favor da vida.

Assista ao vídeo da RCC clicando aqui.

 

Recomendado para você

5 Comentários

  • toldos disse:

    Nao penso que se deva misturar Politica e Religiao ou Ciencia. Pode dar sim em uma grande confusao. Ha varios exemplos, como as Cruzadas onde se mataram milhares de “infieis”, a Inquisicao onde se mataram outros milhares por motivos futeis, etc. A igreja catolica deveria antes cuidar de expulsar os Padres Pedofilos de seu meio. Antes de fazerem isto, o que falam nao passa de Farisaismo. Alem disto, os Evangelicos estao no mesmo barco. O Sr. Pastor Malafaia deveria prestar muita atencao nisto. Ele se constitue em excelente Pregador, sem duvida. Mas penso que nao deveria, de nenhum modo, se imiscuir na Politica. A menos que tenha interesses, parentes politicos como parece mesmo ter o irmao. Houve tambem o caso do Pastor de Curitiba falando barbaridades, sem poder provar o que disse. Pelo que sei, as Igrejas no Brasil gozam de descontos de muitos impostos. Nao penso que seja justo para o resto da populacao que paga impostos.

  • Odete Saores disse:

    A dilam em nenhum momento disse que era afavor do aborto., agora com lei o sem lei a pesssoa que nao tiver amora vida fará o abort, duvido que muitas pessaos da rec]novação carismatica naotomam pilula para evitar filho isto tb é abortar, nao usao outros meios para evitar filhos sem ser a tabela, quando apontamos o dedo para alguem estamos apotando tres dedos par nós mesmos, sou a favor da vida, ams nao sou hipocrita, deveraim estar mais informados, e ver que o fujao do Serra que assinou a norm tecnica sobre o aborto atrves do SUS em 1998 agora vem dar uma de bom moço, ´Serra sim é que é uma farsa, mentiros, e quantoa renovaçao deveriam tb ficar indignados com a pedofilia nuitas vezes encoberta em nosso meio, o homossexualismo tb no nosso meio diog no nosso meio pois sou catolica, a protituição infantil, a violencia da mulher, a exploração da mao de obra infantil. Voces falam tanto em amor ao proximo nmas nao pregam e julgam a revelia.
    Pt Saudaçoes.
    Votarei na Dilma, quero um Brasil mais justo, onde as pessoas hoje tem comida na mesa, tem moradia, conseguem fazer faculdade, luz para todos(isto é vida) e o prorpio Jesus disse Eu vim par que todos tenhm vida e vida em abundançia, quero um Brasil igualitario, paramos de somente olhar par o nosso umbigo.

  • Jota disse:

    Até quando irá reinar essa hipocrisia em torno do Aborto? O candidato preferido da renovação carismática e do Bispo de Guarulhos autorizou o Procedimento do aborto no SUS quando era Ministro da saúde, e agora sai a notícia que a esposa do mesmo candidato já fez aborto também no Chile. É esse o exemplo de “Direito à Vida” tão hipocritamente divulgado??

  • Juscelino Castelo Branco disse:

    A presidente Dilma colocou que (serenidade e tranquilidade para tratar de todo e qualquer tema polêmico), em campanha falou que não iria interferir na legislação sobre o aborto, o que não é defendida por nenhuna de suas ministras (Política para as Mulheres) defendendo piamente que a “Mulher não é obrigada a ter filho”…. o assunto está nas mãos do congresso e da sociedade brasileira, como cidadãos cristãos ou não lutar contra o aborto é dizer sim a vida.

  • daniel serpa disse:

    Olhem a q situação chegamos:ficamos sem opção de candidatos q preste!

\

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *