Ancoradouro

Marcha contra o Aborto reforçará importância do voto a favor da Vida nas eleições de outubro

Com intuito de conscientizar as autoridades sobre a defesa da vida desde a concepção e os eleitores sobre a importância de votar em candidatos que sejam contra o aborto, o Movimento Brasil sem Aborto, promoverá no dia 07 de junho, a partir das 14h, na Esplanada dos Ministérios, a 15ª edição da Marcha Nacional pela Vida e contra o Aborto.


Após dois anos da pandemia, em que a Marcha Nacional ocorreu de forma virtual, o movimento suprapartidário e supra religioso espera contar com a presença de milhares de pessoas nas ruas em defesa da vida. O tema escolhido para esse ano eleitoral é “A vida depende do seu voto”.

Segundo a presidente do Movimento Brasil sem Aborto, Lenise Garcia, o foco no voto pró-vida já é tradição na Marcha em todo ano de eleição. “Embora a vida seja um direito inviolável e que deveria sempre ser respeitado, nós sabemos que infelizmente, algumas autoridades não respeitam esse direito à vida, por isso a importância de elegermos para o Parlamento federal, estadual e distrital, e também no executivo federal e estadual, pessoas que sejam a favor da vida”, explica.

O aborto tornou-se um assunto mundial e de grande impacto, após decisões políticas que atentam contra a vida no ventre materno. No Brasil, há projetos em discussão no Congresso Nacional e o Supremo Tribunal Federal também sido questionado a julgar o assunto.

“Cada vez mais a população está mais consciente de que dependendo de quem ela elege para o Parlamento ou Executivo, o aborto vai ser tratado de um modo diferente, seja com a defesa intransigente da vida, seja com facilitações para realização do aborto como a gente vê acontecer em vários países”, reforçou Lenise.

População Pró-vida – O Brasil continua entre os países menos favoráveis ao aborto. Levantamento feito pelo Instituto Paraná Pesquisa reforça que 79% da população brasileira é contra a legalização do aborto no país, ou seja, cerca de 8 a cada 10 brasileiros não aprovam essa prática.

“Sabemos que a maioria da população brasileira é contra o aborto, mas muitas vezes as pessoas não manifestam esse posicionamento de uma forma clara, mostrando que isso é um tema relevante para o povo brasileiro. É importante reforçarmos às autoridades esse posicionamento a favor da vida e contra o aborto”, disse a presidente do movimento.

Estatuto do Nascituro – Como em edições anteriores, a marcha também vai pedir a aprovação do Estatuto do Nascituro (PL 478/2007). Atualmente, o projeto aguarda ser pautado na Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher.

Serviço:

15ª Marcha Nacional pela Vida
Dia: 7 de junho (terça-feira)
Horário: concentração a partir das 14h
Local: em frente ao gramado da Biblioteca Nacional

Recomendado para você