Ancoradouro

Marta Suplicy defende cota para homossexuais e "mudança de sexo" a partir dos 14 anos

932 49
Marta Suplicy em Parada Gay.

Marta Suplicy em Parada Gay.

A Ministra da Cultura enquanto esteve em exercício como Senadora declarou guerra à família tradicional. Conhecida por sua postura pró-LGBT apoiou a apresentação do anteprojeto do Estatuto da Diversidade Sexual ao, então, presidente do Senado José Sarney. Entre outras matérias referentes ao tema, Marta Suplicy defende a suplantação de datas comemorativas como “Dia das Mães” e “Dia dos Pais” para não constranger crianças criadas por pares homossexuais e cotas nos concursos públicos para homossexuais.

É o que podemos ler no artigo 62 do estatuto que se tornou PEC: “Ao programarem atividades escolares referentes a datas comemorativas, as escolas devem atentar à multiplicidade de formações familiares, de modo a evitar qualquer constrangimento dos alunos filhos de famílias homoafetivas”.

Observemos alguns outros pontos do Estatuto:

  • Art. 5º – A livre orientação sexual e a identidade de gênero constituem direitos  fundamentais. 

§ 1º – É indevida a ingerência estatal, familiar ou social para coibir alguém  de viver a plenitude de suas relações afetivas e sexuais.
§ 2º – Cada um tem o direito de conduzir sua vida privada, não sendo  admitidas pressões para que revele, renuncie ou modifique a orientação sexual ou a identidade de gênero.

Ou seja, se o indivíduo mantiver  relações afetivas  com crianças não poderá ser censurado. Já existe  quem  defende a pedofilia como uma orientação sexual. Nesse caso, os pais também não poderão intervir na educação dos filhos quando estes apresentarem comportamentos que não correspondem com a sua identidade de sexo.

Retirada dos temos “pai” e “mãe” de documentos 

  • Art. 32 – Nos registros de nascimento e em todos os demais documentos identificatórios, tais como carteira de identidade, título de eleitor, passaporte, carteira de habilitação, não haverá menção às expressões “pai” e “mãe”, que devem ser substituídas por “filiação”.

A partir deste artigo, o conceito de família, como de fato é, instituição formada por pai, mãe e filhos é renegado. Qualquer aglomerado de pessoas poderá ser considerado como família. O artigo visa a liberação total da adoção de crianças por pares do mesmo sexo. Querem , portanto, eliminar radicalmente as referências à pai e mãe, como conhecemos.

Mudança de sexo a partir dos 14 anos

  • Art. 37 – Havendo indicação terapêutica por equipe médica e multidisciplinar de hormonoterapia e de procedimentos
    Entrega de PEC ao então presidente do Senado.

    Entrega de PEC ao então presidente do Senado.

    complementares não-cirúrgicos, a  adequação à identidade de gênero poderá iniciar-se a partir dos 14 anos de idade.

O Estatuto da Diversidade Sexual prescreve a institucionalização da cirurgia de “mudança de sexo” pelo estado. A partir dos 14 anos o sistema de saúde deverá acompanhar e fornecer tratamento à base de hormônios para que adolescentes se mutilem. Vale dizer que o travestismo é considerado um transtorno e está na classificação internacional de doenças. Então, por que o incentivo para  que adolescentes sejam estimulados a praticar uma cirurgia traumática como esta?

O Sistema Único de Saúde que não atende às necessidades básicas da população agora deverá fornecer gratuitamente a cirurgia referida no parágrafo acima. É o que prevê o artigo 35 :

Art. 35 – É assegurado acesso aos procedimentos médicos, cirúrgicos e psicológicos destinados à adequação do sexo morfológico à identidade de gênero.

Parágrafo único – É garantida a realização dos procedimentos de hormonoterapia e transgenitalização particular ou pelo Sistema Único de Saúde – SUS.

E os absurdos não param nestes artigos. Caso uma pessoa que identifique um desvio em seu comportamento e queira de livre vontade fazer um tratamento não o poderá fazer. O artigo 53 é enfático: “ É proibido o oferecimento de tratamento de reversão da orientação sexual ou identidade de gênero, bem como fazer promessas de cura”.

Kit gay nem será necessário

a martaO Kit gay se tornará desnecessário caso esse Projeto de Emenda Constitucional seja aprovado. Leia o que diz o artigo 60: “Os profissionais da educação têm o dever de abordar as questões de gênero e sexualidade sob a ótica da diversidade sexual, visando superar toda forma de discriminação, fazendo uso de material didático e metodologias que proponham a eliminação da homofobia e do preconceito”.

O blog já denunciou diversas literaturas que tem entrado nas escolas com verniz de educativo quando na verdade faz apologia ao estilo de vida homossexual. Um deles apresentava imagens explicitas de jovens tendo relação sexual. A tirania vai mais longe. Os contos infantis não poderão se restringir às história de príncipe e princesas, o que poderá ofender os homossexuais. Segundo o texto, “Os estabelecimentos de ensino devem adotar materiais didáticos que não reforcem a discriminação com base na orientação sexual ou identidade de gênero (art. 61).

Censura a piadas gays

Se o cidadão for católico, branco e hétero se prepare para a perseguição. Homossexuais também terão direito ao plano de cotas,

Marta Suplicy é considerada a madrinha gay do Brasil.

Marta Suplicy é considerada a madrinha gay do Brasil.

segundo a PEC defendida por Marta Suplicy. “A administração pública assegurará igualdade de oportunidades no mercado de trabalho a travestis e transexuais, transgêneros e intersexuais, atentando ao princípio da proporcionalidade (art. 73). As empresas privadas também são alvo da tirania do Estatuto: “Serão criados mecanismos de incentivo a à adoção de medidas similares nas empresas e organizações privadas”.

Os humoristas poderão fazer piadas sobre gordos, padres,pastores, políticos, mulheres, mas sobre gays, de forma alguma. A censura será instaurada. O artigo 93 diz o seguinte, “Os meios de comunicação não podem fazer qualquer referência de caráter preconceituoso ou discriminatório em face da orientação sexual ou identidade de gênero. Como nos demais artigo, a interpretação é subjetiva, o que da margem para perseguição a quem por exemplo fizer uma piada sobre os gays.

Subjetivo também é  o artigo 80: “As demandas que tenham por objeto os direitos decorrentes da orientação sexual ou identidade de gênero devem tramitar em segredo de justiça”.

Quer dizer que , por exemplo, num caso de pedofilia ou espancamento de vulneráveis por parte de pares gays correrá em segredo de justiça?

O Estatuto que visa combater a homofobia, na verdade, promove uma tirania e apologia à homossexualidade e cultura gay. Mas para madrinha dos gays no Brasil – desafeto do deputado Jean Wyllys – “O Estatuto da Diversidade Sexual é um avanço. Isso nunca havia sido pensado em relação às questões LGBT”, reconheceu Marta Suplicy, classificando-o como de importância “inquestionável”.

Recomendado para você

49 Comentários

  • Bruno disse:

    Pensei que esse blog fosse voltado à religião católica… Mas não. Ele é um canal de ódio aos homossexuais. O que Jesus pensaria disso?

  • Paulo disse:

    2 Ts 2,7 …pois o mistério da impiedade já está agindo….
    OS COMUNISTAS E SEUS ASSECLAS ODEIAM A DEUS!
    As diversas facetas do MARXISMO CULTURAL da DITADURA DO RELATIVISMO é a IDEOLOGIA DO GÊNERO na qual as mudanças de sexo e tudo que as ideologias comunistas satanistas apregoam anti natural entram em pauta.
    Um ente ambulante como Marta Suplicy não passaria de uma agente de Satanás travestido de mulher a lhe prestar serviços; após a morte, se mantiver sem conversão, será recompensada por sua presença junto a si por toda a eternidade!
    Cabe a nós católicos reprovar e denunciar.
    Quem votou no PT compartilha de tudo isso!

  • Lucas disse:

    E ainda tem gente que acha que defender a familia é atacar os homossexuais, ora, eles é que estão destruindo a família! Perseguem quem não concorda com eles e fazem de tudo para impor suas vontades sexuais acima dos demais, como se o que fizessem fosse o mais correto de todos! Se quiserem ser gays, que sejam, mas não venham querer que aceitemos tudo o que fazem e dizem! São intolerantes, arrogantes e muitas vezes preconceituosos, ou seja, o que apontam nos outros, fazem com maestria, se julgam intocáveis! Se dizem minorias, mas as minorias mesmo agora são as famílias que estão acuadas!

  • EuSei disse:

    (Bruninho, tu és muito sensível; volta para a saia dos Esquerdistas, onde te sentirás melhor, bemzinho.) E eu que sempre achei que, segundo a Constitnuição, todos os indivíduos deveriam ser tratados igualmente… Mas creio que, como diz meu marido, uns são mais “iguais” que outros!

  • Cesar disse:

    Lamentavelmente nada disso é novidade. Sabemos que a grande maioria dos Homossexuais, são pessoa de boa reputação e que se sentem envergonhada com leis como essas.

    A Marta Suplicy, representa tudo de ruim que existe em um ser humano digno. Duvido que alguem se lembre de algo de bom que essa mulher fez na Politica.. todos lembram de sua famosa Frase na epoca do apagão aerio ” Relaxa e Goza”

    Ficar falando da Marta Suplicy, da ancia de vomito.

  • Igor disse:

    Isso é uma heresia!

  • GILDÁSIO DIAS LIMA disse:

    O problema não é os omoxessualismo é os movimentos geysita e a propiá Mata, só que ele diz que os GAYS serão ridicularizados e as famílias diz o quer dona Marta. desta vez a briga é com os empresários pois dias das mães é o 2º maior dia em faturamento.
    Esta vadia só quer desmoralizar as famílias é tudo que ela pença, mas o Brasil como todo terá a resposta a dar.

  • Tony disse:

    Sou homossexual mas acho tudo isso uma loucura! Essa mulher está passando dos limites, e infelizmente ela tem apoio de muita gente desequilibrada como ela. Fico abismado com essa tal “igualdade” a qual essa chamada “minoria” busca. Estão obviamente procurando serem privilegiados.
    Quanto ao que o Lucas disse, eu assino embaixo. A maioria dos homossexuais são preconceituosos, intolerantes e arrogantes, sou até cauteloso com isso.
    Acredito nos evangelhos, na Palavra de Deus, tenho profundo respeito.

  • Aline disse:

    PQP! Cadê o respeito?? Teremos que deixar de reconhecer um dia em homenagem as mães, essas guerreiras que enfrentam tudo pelos filhos, pelas famílias porque seria ofensivo? Pelo o amor de Deus, onde está o bom senso? É mais fácil criar um dia para os homossexuais do que extinguir o dia das mãe ou dos pais… Pouca vergonha isso! Essa mulher não tem o que fazer e uso do prestígio que pode ganhar através do pró-LGBT pra levantar sua carreira política, que pra mim já tá na merda!
    Destruir a “família tradicional” pra dar mais liberdade aos gays? Pouca vergonha isso… que eu saiba, o respeito deve ser mútuo, não querer acabar com as família formada por héteros para dar mais direitos aos homossexuais, isso é DESIGUALDADE e PERSEGUIÇÂO!!! Acorda né, não é assim que a banda toca!

  • Bruno disse:

    Tony,

    Você já ouviu falar em mulher “machista” ou em negro “racista”? Pois é, eles existem. Você é o famoso gay “homofóbico”. Isso se você realmente for homossexual (pelo seu discursinho desprezível, eu duvido).

    Ahhh, antes de qualquer coisa, deixo bem claro que discordo da maioria das posições da Marta, não apenas as relativas aos LGBTs…

    Privilégio é um assunto espinhoso, especialmente para quem os tem. Ter que ouvir as dificuldades dos que são diariamente oprimidos é incômodo não porque escancara os privilégios que os privilegiados sequer percebem que têm, mas porque é uma injustiça não reconhecerem que a vida do privilegiado não é esse mar de rosas, não! A vida do privilegiado é bastante difícil sim, de forma que precisamos falar sobre suas penúrias e sofrimentos, sobre seus dramas, sobre suas dificuldades nesse mundo tão injusto.

    A vida do privilegiado é difícil, acima de tudo, porque ele é incapaz de se perceber como tal. Sozinho ele não consegue ver que ele é rodeado de privilégios, de facilidades que os outros não têm, mas que para ele não passam de coisas banais, absolutamente normais. E como ele sofre por causa disso! Ter gente dizendo o quanto ele é privilegiado enquanto ele só está andando tranquilamente de mãos dadas com a pessoa que ama: “nada de mais! eu não sou privilegiado, imagina!”. Ele sofre por nunca entender porque estão reclamando que os filmes e comerciais quase não mostram negros, afinal, ele nem tinha percebido que eles não apareciam!

    A vida do privilegiado é difícil porque ele tem imensa dificuldade de se colocar no lugar do outro. Não daquele que tem mais, do ricaço que tem lancha, mansão e conseguiu estudar no exterior, mas daquele que tem menos. Para o privilegiado, é impossível imaginar alguém que não tenha feito faculdade não por escolha, coisa que ele está acostumado a ter, mas por falta de. É sofrível para o privilegiado tentar entender que aos outros é negada a autonomia ao próprio corpo que ele mesmo tem e sempre teve. E como é difícil viver com o privilégio de sequer conseguir imaginar por que tipo de coisa tem que passar uma pessoa que tem menos que ele.

    A vida do privilegiado é difícil porque nem se esforçando muito ele consegue fracassar. Ele se ressente por ninguém falar da imensa pressão que ele sofre por poder fazer o que quiser e ser o que quiser na vida. Não é uma dureza viver em um mundo que funciona para não te deixar na pior nem se você quiser?

    A vida do privilegiado é difícil porque ele não pode sequer expôr seus sofrimentos sem ser olhado como alguém mesquinho, que reclama de barriga cheia. Quando o assunto é violência contra negros, contra gays, contra transexuais, contra mulheres, contra pobres, contra índios, o privilegiado sente-se excluído, até revoltado. Ele não consegue aceitar não ser o centro de um assunto e, em sua angústia, entra na discussão para lembrar os oprimidos: “mas e eu? vocês não ligam para o meu sofrimento?”

    A vida do privilegiado é difícil porque ninguém leva a sério o seu sofrimento. Seus reclames são transformados em piada e eles não podem nem contar com o politicamente correto (que tanto desprezam) para defendê-los dessas brincadeiras de mau gosto. O privilegiado fica, então, acuado pela insensibilidade daqueles que insistem em apontar seus privilégios e ofendê-los usando essa palavra feia.

    Ter gente lutando por coisas que para ele sempre foram tão acessíveis e bobas, isso sim, é querer ter privilégios. Ele, que mora no bairro certo, tem a cor de pele certa, tem o gênero certo e nasceu no corpo certo, é apenas alguém normal que conseguiu superar os obstáculos da vida, sem choramingar para ter privilégios. Mas ninguém reconhece isso.

    Uma lágrima desliza sobre o rosto do privilegiado quando alguém fere seus sentimentos ao lembrá-lo de seus privilégios. E então ele enfrenta mais um calvário, que é a terrível sensação de culpa que o corrói por dentro quando ele finalmente percebe que pode ser um privilegiado. Atordoado, ele grita “eu não tenho culpa! Eu não tenho culpa!”, mas, na verdade, está apenas tentando fugir de algo mais doloroso que a culpa, que é a reflexão sobre uma estrutura que sistematicamente beneficia alguns enquanto oprime outros.

    O privilegiado sofre porque ele não quer falar sobre isso. Ele não quer ouvir sobre isso. Ele quer poder continuar falando sobre seu sofrimento e dificuldades, sobre ter que pagar mais na balada, sobre ter que pagar impostos enquanto tem vagabundo (sic) recebendo ajuda do governo, sobre não saber como explicar para o filho porque dois homens estão se beijando, sobre o horror de não poder fazer piadas sobre estupro, sobre estar sofrendo censura porque fez um comentário racista que não foi aprovado num blog, sobre a empregada cheia de direitos trabalhistas que não se presta nem a fazer um mingau depois do horário de expediente, sobre ter que se apresentar ao exército enquanto as mulheres ficam na maior vida boa (embora ele, branco, de classe média e com um sargento ou coronel amigo do pai não tenha precisado servir de verdade, ao contrário daquele outro rapaz da periferia, que, mais que querer, precisava servir para conseguir sustento).

    É duro ser um privilegiado, eu sei. Por isso o privilegiado precisa de ajuda, especialmente para enfrentar a parte mais difícil: enxergar seus privilégios.

    “As crianças, por não conhecer nada de diferente, aceitam a realidade como ela é. Para a criança privilegiada, seus privilégios são tão naturais que ela pensa que todo mundo os têm.
    Então, um dia, por qualquer motivo (talvez lendo um blog), baixa aquela consciência da enormidade dos seus privilégios. De quanta coisa você tem ou teve que outros nunca tiveram.
    Em um segundo momento, consciente de todos seus privilégios, você pára de reclamar dos privilégios que não possui e, mais importante, pára de lutar por mais privilégios.
    Por fim, percebendo que somente isso não basta, mesmo que a custa de alguns sacrifícios pessoais, você começa a repassar alguns desses privilégios para quem nunca teve nenhum.
    E assim o mundo começa a mudar.”

    Da série de textos sobre Privilégios do Alex Castro. Leiam todos, de um por um. Uma, duas, doze vezes, sempre que você puder, sempre que você sentir aquela vontade incontrolável de dizer que uma minoria está “pedindo direitos demais”, sempre que surgir aquela coceirinha para dizer que os seus problemas sim, são mais graves do que os daquele grupo historicamente oprimido, sempre que você se sentir tentado a desviar o rumo de uma discussão sobre uma sociedade estruturalmente desigual para a culpa que fazem você, coitado, sentir por carregar o peso desses privilégios — até porque, como Alex Castro ainda fez questão de explicar, “ser responsável por solucionar um problema é muito distante de ser culpado por ele.”

    Você conseguiu contar quantas vezes repeti as palavras “privilégio” e “privilegiado” no texto? Para alguns, vai parecer um descuido grosseiro, “não se repete tantas vezes umas palavra assim, esse cara não sabe escrever, vou lá nos comentários corrigi-lo etc”. Por incrível que pareça, isso foi cuidadosamente pensado para ter um efeito. Você sabe dizer por que fiz isso? Sim. Para que o privilégio deixe de ser uma coisa invisível. Quem sabe assim, repetindo a palavra incansavelmente, ela consiga se materializar diante dos seus olhos, ganhar textura, cor, formato, volume e que você consiga perceber os privilégios que te cercam. Que eles são palpáveis, que eles têm peso. Que eles são isso: privilégios.

  • Bruno, seu texto cheio de clichês, dá sono. Todos os privilégios conquistados de maneira digna e com muito trabalho, são válidos e motivo de orgulho. Se você não os tem, meus sentimentos.
    P/S. extensivos a Martinha relaxe e goze, Jean Willys e outras”criaturas!

  • corina muniz vazquez disse:

    Esse orientamento sobre evitar ou acabar com a homofobia NAO è privilegio do PT ou da Dilma ou da Suplicy, mas um decisao da Organizaçao das Naçoes Unidas, se informem.

  • Givaldo candido disse:

    Fico chocado como ainda tem gente q se diz Cristão, defendendo uma lei satanica dessas. Vcs estão lendo a Bíblia de Deus ou a Bíblia de satanás ???

  • Bruno disse:

    Raimundo Freitas,

    O texto te deu sono? Compreensível… Pessoas não habituadas à leitura tendem a considerá-la enfadonha. Bem como não sabem empregar adequadamente a vírgula.

    Quanto à “seu texto cheio de clichês”, apresente-os. Especifique claramente todos os clichês. Se negativos, rebata-os.

    “Todos os privilégios conquistados de maneira digna e com muito trabalho, são válidos e motivo de orgulho. Se você não os tem, meus sentimentos.” Interpretação de texto também não é o seu forte?

    Ensino médio completo, cadê você?

  • Bruno disse:

    Corina,

    Essas pessoas são muito bem informadas. Não acredito que ajam por ignorância. O problema delas é desonestidade.

  • Bruno disse:

    Givaldo,

    Estamos lendo a Declaração Universal dos Direitos Humanos da ONU, a Carta Democrática Interamericana da OEA e a Constituição Federal.

    Se nós lêssemos e SEGUÍSSEMOS a Bíblia de Deus:

    – Deuteronômio 21,18-21 – Segundo Moisés, filhos rebeldes e desobedientes são “o mal a ser extirpado”, e devem ser apedrejados pela comunidade.

    -Porque Deus gostou mais do sacrifício de Abel do que dos legumes de Caim, este mata seu irmão Abel por ciúmes religioso. [Gn 4:8]

    -Ló se recusa deixar dois anjos a mercê de um bando de pervertidos, e ao invés disso, ele oferece as duas “filhas virgens.” Ele diz para o grupo de estupradores: “fareis delas como bom for nos vossos olhos.” Este é o mesmo homem que é chamado de “justo” em [II Pe 2:7-8]. [Gn 19:8]

    -Gênesis3:16 – E à mulher disse: Multiplicarei grandemente a tua dor, e a tua conceição; com dor darás à luz filhos; e o teu desejo será para o teu marido, e ele te dominará.

    -Deuteronômio22:13-15 – Quando um homem tomar mulher e, depois de coabitar com ela, a desprezar, E lhe imputar coisas escandalosas, e contra ela divulgar má fama, dizendo: Tomei esta mulher, e me cheguei a ela, porém não a achei virgem; Então o pai da moça e sua mãe tomarão os sinais da virgindade da moça, e levá-los-ão aos anciãos da cidade, à porta;

    -Deuteronômio22:20-21 – Porém se isto for verdadeiro, isto é, que a virgindade não se achou na moça, Então levarão a moça à porta da casa de seu pai, e os homens da sua cidade a apedrejarão, até que morra; pois fez loucura em Israel, prostituindo-se na casa de seu pai; assim tirarás o mal do meio de ti.

    -Deuteronômio24:1 – Quando um homem tomar uma mulher e se casar com ela, então será que, se não achar graça em seus olhos, por nela encontrar coisa indecente, far-lhe-á uma carta de repúdio, e lha dará na sua mão, e a despedirá da sua casa.

    -Provérbios25:24 – Melhor é morar só num canto de telhado do que com a mulher briguenta numa casa ampla.

    -Eclesiastes7:26 – E eu achei uma coisa mais amarga do que a morte, a mulher cujo coração são redes e laços, e cujas mãos são ataduras; quem for bom diante de Deus escapará dela, mas o pecador virá a ser preso por ela.

    -Eclesiástico25:24 – A malícia de uma mulher transtorna-lhe as feições, obscurece-lhe o olhar como o de um urso, e dá-lhe uma tez com a aparência de saco. (vale ressaltar que Eclesiástico só tem na bíblia católica).

    -Eclesiástico42:14 – Um homem mau vale mais que uma mulher que (vos) faz bem, mas que se torna causa de vergonha e de confusão. (idem ao meu adendo do versículo anterior)

    -1Coríntios11:3 – Quero, porém, que entendam que o cabeça de todo homem é Cristo, e o cabeça da mulher é o homem, e o cabeça de Cristo é Deus.

    -1Coríntios11:7-9 – O homem não deve cobrir a cabeça, visto que ele é imagem e glória de Deus; mas a mulher é glória do homem. Pois o homem não se originou da mulher, mas a mulher do homem; além disso, o homem não foi criado por causa da mulher, mas a mulher por causa do homem.

    -1Coríntios14:34-35 – Permaneçam as mulheres em silêncio nas igrejas, pois não lhes é permitido falar; antes permaneçam em submissão, como diz a lei. Se quiserem aprender alguma coisa, que perguntem a seus maridos em casa; pois é vergonhoso uma mulher falar na igreja.

    -Efésios5:22-24 – Mulheres, sujeitem-se a seus maridos, como ao Senhor, pois o marido é o cabeça da mulher, como também Cristo é o cabeça da igreja, que é o seu corpo, do qual ele é o Salvador. Assim como a igreja está sujeita a Cristo, também as mulheres estejam em tudo sujeitas a seus maridos.

    -Efésios5:33 – Portanto, cada um de vocês também ame a sua mulher como a si mesmo, e a mulher trate o marido com todo o respeito.

    -Colossenses3:18 – Mulheres, sujeitem-se a seus maridos, como convém a quem está no Senhor.

    -1Timóteo2:9 – Da mesma forma quero que as mulheres se vistam modestamente, com decência e discrição, não se adornando com tranças, nem ouro, nem pérolas, nem roupas caras.

    -1Timóteo2:11-13 – A mulher deve aprender em silêncio, com toda a sujeição. Não permito que a mulher ensine, nem que tenha autoridade sobre o homem. Esteja, porém, em silêncio. Porque primeiro foi formado Adão, e depois Eva.

    -1Timóteo2:14 – E Adão não foi enganado, mas sim a mulher, que, tendo sido enganada, tornou-se transgressora.

    -1Timóteo2:15 – Entretanto, a mulher será salva dando à luz filhos — se elas permanecerem na fé, no amor e na santidade, com bom senso.

    -1Timóteo5:5-6 – A viúva realmente necessitada e desamparada põe sua esperança em Deus e persiste dia e noite em oração e em súplica. Mas a que vive para os prazeres, ainda que esteja viva, está morta.

    -2Timóteo3:6-7 – São estes os que se introduzem pelas casas e conquistam mulherzinhas sobrecarregadas de pecados, as quais se deixam levar por toda espécie de desejos. Elas estão sempre aprendendo, mas não conseguem nunca de chegar ao conhecimento da verdade.

    -Tito2:3 – Semelhantemente, ensine as mulheres mais velhas a serem reverentes na sua maneira de viver, a não serem caluniadoras nem escravizadas a muito vinho, mas a serem capazes de ensinar o que é bom.

    -Tito2:5 – a serem prudentes e puras, a estarem ocupadas em casa, e a serem bondosas e sujeitas a seus próprios maridos, a fim de que a palavra de Deus não seja difamada.

    -1Pedro3:1 – Do mesmo modo, mulheres, sujeitem-se a seus maridos, a fim de que, se alguns deles não obedecem à palavra, sejam ganhos sem palavras, pelo procedimento de sua mulher,

    -1Pedro3:7 – Do mesmo modo vocês, maridos, sejam sábios no convívio com suas mulheres e tratem-nas com honra, como parte mais frágil e co-herdeiras do dom da graça da vida, de forma que não sejam interrompidas as suas orações.

    -Apocalipse 14:4 – Estes são os que não estão contaminados com mulheres; porque são virgens. Estes são os que seguem o Cordeiro para onde quer que vá. Estes são os que dentre os homens foram comprados como primícias para Deus e para o Cordeiro.

    Eu sei, eu sei… Essas passagens aí são machistas e vocês as aprovam. Mas e essas aqui abaixo?

    -Não comer carne de porco (Levíticos 11:07). Tem gente que come no natal com uma maçã enfiada na boca do animalzinho.

    -Não comer alguns frutos do mar (Levíticos 11:12). Também visto em Levítico 11:10. Já era o camarão à milanesa.

    -Não comer fruta de uma árvore com menos de três anos (Levíticos 19:23). Como comer antes desse tempo, se a maioria das árvores frutíferas levam mais de três anos para crescerem e dar frutos?

    -Não fazer cruzamento de raças de animais (Levíticos 19:19). Tadinha da mula.

    -Não cultivar duas plantas diferentes num mesmo jardim (Levíticos 19:19). Meu bairro vai ficar sem praça.

    -Não semear a terra mais do que sete anos (Levíticos 25:04). Alguém diz isso aos fazendeiros goianos, mato-grossenses paulistas, fluminenses, gaúchos, paraenses, pernambucanos…

    -Não usar uma vestimenta tecida com fios diferentes (Levíticos 19:19). Meu casaco de algodão e poliéster! Vou jogar fora.

    -Não cortar o cabelo (Levíticos 19:27). Atenção Givaldo! Largue essa tesoura.

    -Não raspar a barba (Levíticos 19:27). Alguém se salva?

    Agora me fala, Givaldo, dessas regras quais você segue?

  • Alexandre disse:

    Essa mulher é uma atribulada. Minha gente a democracia se faz no voto, quando o povo acordar, os políticos não irão mais dormir.
    A BÍBLIA É CLARA, QUEM PRATICA O HOMOSSEXUALISMO VAI PARA O INFERNO E PONTO FINAL AMIGO. NÃO IMPORTA SE ELES ACHAM QUE NÃO, INDEPENDE DO PENSAMENTO DE ALGUÉM. ESTÁ NA BÍBLIA E PONTO FINAL.

  • Marcos Vinícius disse:

    Acho engraçado que dentro da igreja católica haja tantos homossexuais e ainda ficam trantando eles como cidadãos de 2ª categoria. Pelo menos os “ptralhas” estão fazendo algo de positivo. Aí eu pergunto: o que a ICAR faz de positivo para os homossexuais de lá? Prometem cura? Salvação eterna? Não meus caros. Continuam fingindo que eles não existem ou então acham que são coitadinhos, dignos de pena!

  • helen machado disse:

    você pega os projetos dela e inverte de maneira absurda. Concordo plenamente com o projeto de lei de marta suplicy e acho que isso ja deveria ter acontecido a muito tempo, gostamos de dizer que moramos num mundo moderno e livre mas que mundo é esse em que pessoas ignorantes se acham na razão de interferir na vida pessoal e sexual das outras pessoas, que usam bíblia e a desculpa de ” Deus disse que não pode” para julgar os outros.

  • Alexandre disse:

    Deus abençoou o sexo no casamento heterossexual.
    O que passar disso é erro, pecado, perversão moral! Doa a quem doer.

  • orlando disse:

    Não sou contra as pessoas que querem ir para o inferno , mas se os homosexuais quiserem eu posso escrever dezenas de passagens na Biblia que condena os homosexuais, não adianta ficar lutando contra Deus, foi o Senhor do universo que nos informou através das escrituras sobre as coisas certas e erradas deste mundo, se voce estiver a favor de alterar as leis da terra para adquirir respeito diante dos homens, fique sabendo que você nao esta lutando contra a homofobia, voce esta lutando contra Deus, e quando voce morrer irá descobrir da forma mais amarga que perdeu a luta e irar lamentar pela eternidade por estar do lado errado da lei divina.

  • orlando disse:

    Helen Machado, gostaria de lhe dizer que ninguem é contra o seu estilo de vida, gostariamos somente que não fizessem leis obrigando as outras pessoas à aceitarem isso como normal.

  • orlando disse:

    Gostaria de saber porque retiraram o comentario que eu fiz ontem direcionado ao Bruno ?

  • maria disse:

    acho que essa marta é doida. aí que saco ela, dilma e outros tantos defendendo os gays.
    prá falar verdade não tinha raiva dos v. agora tenho. é frescura demais enquanto os hospitais tão cheios essa preocupação tão grande em proteger os gays.
    prá mim essa tal de marta está legislando em causa própria.
    meudireito de contradizer um pólitico ouy o que quiser está prevista na CF. Sou livre para falar o que quero igualzinhpo aos tais gays e seus associados.

  • MATHEUS disse:

    Acho que se o povo brasileiro fosse menos preconceituoso, não precisaria de nada disso, nem esse tipo de lei.

  • Ninice disse:

    ESSA MARTA SUPLICY É UMA PIRANHA, SAFADA, DA MAIS ORDINÁRIA, CADELA BAIXA… ALGUÉM DÊ UM TIRO ENTRE OS OLHOS DESSA PIRANHA, POR AMOR A HUMANIDADE…

  • Marcos disse:

    Acredito que muitas pessoas se preocupam de mais com a vidas dos outros, como se vestem, como andam, sua orientação sexual e esquecem que antes de qualquer coisa somos todos seres humanos, (feios ou bonitos, ricos ou pobres). Falta AMOR pelo próximo, muita gente morrendo de fome e pessoas se preocupando se a outra tem relação homosexual. Minha gente realmente estamos no fim dos tempos. Melhor as pessoas se amarem do que acabarem com a vida uns dos outros. Deixe o julgamento para o criador!

  • salete disse:

    Bruno, voce esta no lugar errado. Suas assertivas são para outro “forum” que não esse. Entendo sua posição e mágoas, mas seu caminho não e esse filho. Repense sua vida, que pode sim ser resignificada, não de ouvidos e permita ser rotulado com o clássico ” uma vez homossexual, nunca deixará de ser”. Isso não existe filho, porque temos livre arbítrio. Voce pode até sentir desejos homossexuais, mas pode resignificar-se se este for o seu desejo, que acredito seja, senão não estaria perdendo seu tempo neste forum. Abraços

  • Tiago disse:

    isso e uma vergonha

  • isabelly disse:

    Essa mulher está totalmente fora de si mesma , está necessitando urgentemente de um tratamento psiquiátrico , ou ser internada em um manicômio.

  • Dorothy disse:

    Como tem porcaria nessa internet.
    Vamos pesquisar sobre o assunto antes de falar besteira.
    Notícia tendenciosa e irresponsável.
    Uma vergonha!
    PS: Onde está escrito sobre cotas em Concursos?

  • Joselia disse:

    Acho que Marta está colocando p/ fora o que tem em seu coração. Dúvidas, insatisfação, desafeto, etc. Não deveria ocupar o cargo que ocupa e ninguém toma providências. Temos que respeitar todo ser humano, mas não podemos ultrapassar limites. Derrepente vou ser obrigada a pintar minha casa, a comprar o carro de marca X, porque tem administradores fora da bola ocupando cargos de responsabilidade.

  • Leonardo de Sousa S. Filho disse:

    Há dois tipos de católicos: o praticante e o não praticante. O praticante tem conhecimento da Bíblia e respeita, o não praticante pode até ter conhecimento, mas tanto faz como fez. Falar citando a Igreja Católica é um desrespeito a todos seus fiéis. Mas peço ao povo Católico, não só aos Católicos, como também o povo Evangélico a união para impedir à aprovação desse projeto de lei, que na verdade é uma afronta a família brasileira constituída de pai e mãe, até os homossexuais tem pai e mãe, por que essa perseguição aos costumes e tradição de um povo que é a maioria e que está sendo esmagado por uma minoria, por quê? Esta na hora das Igrejas se unirem, devem-se respeitar as doutrinas e não ficar criticando uma e outra, quando isso acontece o demônio toma conta. Povo de Cristo, não podemos decepcionar o nosso Salvador.

  • eu disse:

    Não ví nada aí que fizesse diferença na vida de quem é heterossexual. Então, pq todo esse ódio e revolta? Não querem dar direitos aos homossexuais? Só quem é “normal”pode ter direitos?

    Isso deve ser medo de seus filhos terem o direito de ser gay mais fácil…

  • IVONEIDE disse:

    NÃO SOU CONTRA NINGUÉM, MAS AFIRMO QUE PARA UMA PESSOA SER ACEITO NO MUNDO NÃO É PRECISO DESFAZER OS DIREITOS DOS OUTROS, ASSIM COMO UMA PEQUENA PARCELA DA POPULAÇÃO GAY SENTE-SE INCOMODADA COM O TERMO: PAI E MÃE SENDO USADO E VALORIZADO, A MAIORIA DA POPULAÇÃO SENTE-SE ORGULHOSA EM USA-LO. SE A VONTADE DE UMA MINORIA FOR APROVADA, ENTÃO ONDE ESTÁ A LEI BRASILEIRA QUE DIZ GARANTIR DIREITOS IGUAIS A TODOS OS CIDADÃOS? NÓS NOS ACEITAMOS DA MANEIRA QUE VIEMOS AO MUNDO E SE UMA MINORIA NÃO SE ACEITA TERIAM QUE PROCURAR OUTRA MANEIRA DE SEREM ACEITOS COMO SERES HUMANOS QUE SÃO SEM PREJUDICAREM NEM DESFAZEREM DOS DIREITOS DOS OUTROS.

  • Renato Prates disse:

    Na minha opinião o casamento gay pode ser estratégia de algum país interessado em enfraquecer outros países para
    depois ele com sua força entrar e governar o mundo – Família é instituição criada por Deus para povoar a terra.
    Vejam: “Tomai mulheres e gerai filhos e filhas, e tomai mulheres para vossos filhos, e dai vossas filhas a maridos,
    para que tenham filhos e filhas; e multiplicai-vos ali, e não vos diminuais”. Jeremias 29:6
    Mas tem as exceções como disse Jesus: “Porque há eunucos
    ( pessoas que nascem deficientes dos órgãos genitais, possuem os dois sexos) que assim nasceram do ventre da mãe;
    e há eunucos que foram castrados pelos homens;”… Mateus 19:12 e as mulheres estéril que se tratam para gerar
    filhos etc.
    Como também os hermafroditas ( pessoas que nascem deficientes dos órgãos genitais, possuem os dois sexos;
    há tratamento para
    adequação do sexo pago pelo SUS)
    Fora isto é diabólico. “Quando também um homem se deitar com outro homem, como com mulher, ambos fizeram
    abominação; certamente morrerão; o seu sangue será sobre eles. Levítico 20:13
    Alguns países africanos permitiam o homossexualismo, mas agora descobriram que o homossexualismo estava
    acabando com a nação, só então resolveram acabar com o homossexualismo com a pena de morte para gays ex: Uganda etc.

  • DIRCEU JUNIOR disse:

    Homofóbicos, que são pessoas que sentem grande desconforto quando pensam em homossexualidade, frequentemente são homossexuais reprimindo suas próprias tendências biológicas. A pesquisa não foi contestada em 17 anos e suas conclusões foram reforçadas por outro teste mais preciso, realizado na Inglaterra no ano passado, com imagens cerebrais de homofóbicos.
    Claro que nem todos os homofóbicos são gays: pode ser cultural ou simplesmente uma dificuldade de lidar com o diferente. Mas pessoas que nascem gays em ambientes repressivos muitas vezes aprendem a suprimir a homossexualidade e sentem raiva dela. Essa autorraiva acaba projetada para fora, contra aquilo que parece com o que se odeia em si próprio. É como escreveu o psicanalista ítalo-brasileiro Contardo Calligaris em sua coluna na Folha de S.Paulo: “quando reações são excessivas e difíceis de serem justificadas, é porque emanam de um conflito interno”.

  • Arturo disse:

    “Ou seja, se o indivíduo mantiver relações afetivas com crianças não poderá ser censurado. Já existe quem defende a pedofilia como uma orientação sexual. Nesse caso, os pais também não poderão intervir na educação dos filhos quando estes apresentarem comportamentos que não correspondem com a sua identidade de sexo”. A nenhum momento, nas leis citadas, foi assegurado o direito de cometer crimes sexuais para com crianças, porque pedofilia é crime,me cite o nome das pessoas que defenderam a pedofilia como orientação sexual pois eu duvido que elas existam, foi assegurado o livre arbítrio de exercer suas relações afetivas sem prejudicar física nem psicologicamente a ninguém! Tu usas o poder de persuasão para agregar mais pessoas e cruelmente usar a coisa mais sagrada pra uma pessoa que é a sua fé, obrigando-as a engolir suas palavras caluniosas sem questionar.
    “Se o cidadão for católico, branco e hétero se prepare para a perseguição”, á partir disso posso fazer alusão a essas palavras, me corrija se estiver errada, “Se o cidadão for intolerante com tudo que não segue ou acredita, se for da cor da “elite” da raça humana ( como sabemos que é assim imposto a séculos ), e provavelmente sexista se prepare para a perseguição. Veja bem amigo, tenho certeza que se Jesus soubesse que seu nome está sendo usado para promover ódio, perseguição e guerra (houveram muitas!), ele alertaria as pessoas que o propósito não era esse, onde está o “todos são filhos de Deus” e “ame o próximo”?
    Ninguém aqui está tentando destruir famílias, pelo contrário, estão tentando construir! Uma família é constituída de amor, respeito, responsabilidades e carinho, não de imposição ou tradição. O caráter é o que deveria se julgar…

  • marco disse:

    Esperar o que da Marta? Essa mulher é um lixo, completamente desnecessária.

  • Caio disse:

    Bruno,

    Vc colocou varias passagens do antigo testamento e poucos do novo. Sabe pq existe o antigo e o novo testamento? Um fala sobre leis e outro sobre Jesus. O sacrificio e a graça de Jesus acabou com toda lei.

    Logo todos estão livres para viver pela graça de Jesus e não mais pelo fardo da lei. No entanto, como diz Paulo no novo testamento tudo me é lícito mas nem tudo me convém.

    Não quero colocar fardo sobre os seus ombros então viva em paz, mas não concordo com leis que venham forçar situações e que no final das contas de nada ajudará na sua luta. Quanto mais leis mais transgressões.

  • Luiza Helena disse:

    A família tradicional é uma instituição real, porém, vem sendo atacada por todos os lados… O amor deve nortear todos os passos das pessoas, sejam elas quem for, pois assim a justiça prevalecerá. Não é necessário e nem justo destituir a família tradicional. Os que se sentem excluídos podem ser incluídos sem tirar o lugar dos que naturalmente já estão em seus lugares. Não significa que todos os pais e mães sejam os perfeitos, mas eles tem um papel específico e bem definido, a começar por terem “gerado” seus filhos. Se outros cuidadores exercem seu papel com dignidade, podem ser citados como tal, porém não justifica tirar o lugar de todos os pais e mães por causa da inclusão de outros cuidadores. Se isso acontecer, será como diz aquele ditado: estarão “desvestindo um santo para vestir outro” .

  • Ronaldo disse:

    Os Homossexuais que se incomodam com o termo “pai” e “mãe”, faço esse questionamento: Vocês nasceram como? Não foram gerados por um homem e uma mulher? São filhos de chocadeira por acaso?

  • Alex disse:

    O direito do gay acaba quando o meu que sou hetero começa, se não há respeito da parte de um gay para com um hetero não haverá respeito de minha parte com relação ao gay,a partir do momento que se torna público o desrespeito do gay para com a família para com o hetero para com a religião,o respeito que eles tanto buscam na mídia e cobram tanto a sociedade se perde, não se pode ser complacente com um grupo específico de pessoas que desrespeitam os valores familiares mesmo que eles próprios não aceitem ou que não acreditem, defender uma causa denegrindo a imagem da outra não é democracia,é querer impor a ditadura homossexual.

  • Eu amo gente sem hipocrisias , que defende os lgbtt como ela amei essa ideia dela parabéns pra ela por isso , que deus de óxala a proteja do mau da sociedade ruim.

  • Eu sou transexual , eu me amo muito com sou , sou amada também pelo meu amigo co quem moro a 7 anos que é como uma pai pra mim , sei que um homem wendrec jorge também me ama muito do fundo do coração dele , que ele quere ter uma família comigo , me apresenter para a família dele pra meus sogros os pais dele que lindo ele é um fofo.

  • SOCORRO disse:

    DEPOIS DE VELHA VOU SER GAY, PARA VER SE ALGUM POLITICO VAI DEFENDER ALGUM PRIVILEGIO PARA OS IDOSOS, QUE ATÉ O MOMENTO CRIARAM A LEI 10741/03 E NADA MAIS FIZERAM EM PROL DESSAS CRIATURAS, MARTA VC ESTÁ FICANDO VELHA., PROCURE ALGUMA COISA PARA A TERCEIRA IDADE, QUE VC ESTÁ DENTRO DESTA CLASSE.

  • Andressa disse:

    Sou totalmente contra… Nenhum argumento levantado a favor dessas cotas são sustentáveis. A diferença na sexualidade não determina a educação e nem as condições de vidas.

  • thaynara stherfany vieira disse:

    Não sou contra a o LGBT, LESBICAS ,GAYS ,BISSEXUAIS, TRAVESTIS …..MAIS ISSO JA È FALTA DE CONCIÊNCIA , UMA CRIANÇA SO NASCE DE UM CASAL ETERO JAMAIS NASCERA UMA CRIANÇA COM SANGUE DE DOIS PAIS OU DUAS MÃES….RESPEITOS TODAS AS ESCOLHAS SEXUAIS .MAIS NASCI DE UMA MÃE E UM PAI …..

\

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

10 − 7 =