Ancoradouro

O Teatro Mágico se posiciona favorável ao aborto indiscriminado

362 3
Produtor é criticado por defender o aborto.

Produtor é criticado por defender o aborto.

No dia 28 de setembro, data  Latino-Americano e Caribenho de Luta pela Descriminalização e Legalização do Aborto o produtor da banda performática  O Teatro Mágico, Gustavo Anitelli (foto) , se posicionou, na fanpage do grupo, favorável à prática.

O texto dizia: “Mulheres morrem diariamente por não poderem pagar um aborto seguro. Gustavo Anitelli, produtor do O Teatro Mágico, é pela vida das mullheres! #LegalizarOAborto #MMM“. Ao lado, foi postada a foto de Antinelli com os seguintes dizeres escrito em uma cartolina: “Não se trata de religião, é questão de saúde pública! O aborto clandestino tem assassinado milhares de mulheres. #Legalizaroaborto”.

Dos mais de 1000 comentários postados na postagem, a maioria critica a postura da banda.

“Mulheres tem direito ao próprio corpo? E quem disse que o bebê é o corpo dela? E as mulheres que ainda estão no ventre? Sou mulher, defendo a vida e digo ABORTO NÃO, ASSASSINATO É CRIME!”, dizia um dos comentários contrariando outra intervenção do moderador da página que afirmava o direito da mulher sobre o próprio corpo gestante de outro ser.

Confira mais reações do público:

 

teatro2

 

Pró-vida

O movimento pró-vida é uma das organizações mais fortes do Brasil. Resiste às diversas iniciativas que pretendem estimular a despenalização do aborto.

No início de outubro, membros do movimento foram às ruas em cinco capitais defender a vida dos fetos. O ato contou com o apoio da cantora e militante pró-vida Elba Ramalho. 

Recomendado para você

3 Comentários

  • Vergonhoso, mais uma banda herege para se unir aos integrantes da Banda Rosa de Saron

  • Carolina Correia disse:

    Sou enfermeira e,em 10 anos na área da saúde, as únicas mulheres que atendi que tinham pensado em abortar ou, que por um algum motivo chegaram a fazê-lo precisaram muito de nossa ajuda por sérios problemas psicológicos.
    ASSASSINATO É CRIME! Permitir o aborto é concordar com o assassinato de indefesos bebês!
    Os integrantes do Teatro Mágico precisam repensar seus posicionamentos.

  • Fico constrangido de ter pensado um dia de convidar esse grupo (Teatro Mágico) para a Mostra Brasileira de Teatro Transcendental. Ainda bem ficou só na idéia…O pior é que eles ainda tem a coragem de usar um argumento do seculo 19 para defender a sua tese absurda de legalização do aborto; ” Mulheres tem direiro ao corpo”. Acorda pessoal; Já é ponto pacífico da ciência desde o projeto Genoma: A vida começa na concepção. Aquele corpo é do bebê e não da mulher. O direito da gente, termna quando começa o direito do outro. Elementar, não? Espero que este grupo, tão admirado por jovens, também não defenda a legalização da maconha também, pois qualquer semelhança, não é mera coincidência. Luís Eduardo

\

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezoito − sete =