Assim Caminha a Humanidade

EP. #04: “Uma problematização da problematização”

Passamos de um tempo em que, acreditava-se, algumas coisas como “política, religião e futebol” não deveriam ser discutidas, a um outro tempo em que parece possível — e quase obrigatório — discutir absolutamente tudo. Mas qual o limite da problematização? Aliás, numa sociedade democrática, ela deveria ter limites? Quais os pontos positivos e negativos disso em termos individuais e sociais? E, se a filosofia é o terreno privilegiado da problematização, qual a diferença entre o filósofo e o lacrador de internet? Partindo da mitologia budista e de mitos gregos como Cassandra e Ninfa Eco, esse episódio se propõe a fazer uma “problematização da problematização”.

Ouça em outras plataformas:

DEEZER

iTUNES

GOOGLE PODCASTS

***

INSTAGRAM: @assim_caminha

***

Apresentação: Pati Rabelo e Heráclito Pinheiro

Roteiro: Pati Rabelo

Consultoria: Heráclito Pinheiro

Edição e Produção: Bruno Melgácio

Áudio: André Silvestre

Estratégia Digital: João Victor Dummar

Coordenação de produção: Chico Marinho

Recomendado para você

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.