Blog do Leão

Sacode a poeira…

2445 50

Leão saiu derrotado neste domingo no PV

Caros tricolores, não há muito o que se lamentar no clássico perdido neste domingo no PV. A verdade é que nosso rival mereceu o resultado, pois assim como nós fizemos no primeiro turno, desta vez foram eles que  lutaram até o último minuto pela vitória. O primeiro tempo foi desprovido de emoções, apenas no início da partida que tivemos a falsa impressão de uma correria de jogo aberto. Mas logo os times acertaram a marcação e o jogo ficou mais truncado. No segunto tempo, até que o Leão teve um poder ofensivo mais agudo, mas poderia ser melhor se não houvesse tanto chutão na tentativa de ligação direta entre os volantes e o ataque. Depois dos 30 minutos, notei uma acomodação do time tricolor com o empate, e esse tipo de atitude muitas vezes recebe o castigo anunciado. E não deu outra…

A verdade é que sofremos mais uma derrota no estadual, a segunda em uma semana. Está na hora de sacudir a poeira, mas como? nossos erros estão à nossa frente. E temos que corrigi-los o mais breve possível. Vimos nestes dois clássicos de 2012 que um jogo entre Ceará e Fortaleza é decidido nos detalhes, e os detalhes são contruídos a favor de um ou de outro na base de muita seriedade, sem deixar espaço para interesses alheios ao do clube. Acredito na nossa diretoria.

Vamos em frente! o caminho ainda é longo…

FORTALEZA 0x1 CEARÁ

Competição: Campeonato Cearense – 18ª Rodada
Local: Estádio Presidente Vargas, em Fortaleza/CE
Data/Hora: 25/03/2012, às 16h (horário de Brasília)
Cartões amarelos: Leandro, Geraldo, Cléber Carioca, Kauê, Cléo (FOR); Rogerinho, Juca, Mota, Erivélton (CEA)
Cartões vermelhos: –
Gols: Erivélton (46′ do 2º T)

FORTALEZA: Fábio Lima; Rafinha, Ciro, Cléber Carioca e Kauê; Leandro (Jefferson – intervalo), Lucas, Esley e Geraldo (Marielson – 30′ do 2º T); Cléo e Jaílson (Rômulo – 45′ do 2º T). Técnico: Nedo Xavier.

CEARÁ: Fernando Henrique; Apodi, Thiego, Daniel Marques (Erivélton – 31′ do 2º T) e Márcio Careca; Éverton (Juca – intervalo), Heleno, Rogerinho e Eusébio; Felipe Azevedo (Romário – 39′ do 2º T) e Mota. Técnico: PC Gusmão.