Blog do Leão

Elétrico e estressante

1165 25

 

Assisinho fez um gol e foi um dos melhores do time

 

Caros tricolores, o jogo contra o líder Luverdense começou de forma elétrica, com os dois times partindo para o ataque e os gols saíram um atrás do outro. A produção do ataque leonino passou a impressão de não ter sentido falta de Jaílson e Waldison, porém tomamos neste jogo quase a quantidade de gols sofridos durante todo o campeonato. O primeiro tempo de 6 gols, três para cada lado, deu ao torcedor a expectativa de um segundo tempo que irritaria muito a garganta, porém não foi bem isso que aconteceu. Irritou foi a paciência mesmo.
A segunda parte do jogo foi, na verdade, estressante não só pela complacência do árbitro com o excesso de “cêra” dos jogadores do Luverdense, como também pela falta de volúpia dos laterais, o sumiço de Jackson e as bolas alçadas em vão na área adversária.
A verdade é que foi um jogo duro e temos que reconhecer que o time matogrossense tem boas chances de acesso também. Não é um time qualquer, é bem montado e usa bem a velocidade nos contra-ataques.

Acumulamos mais um ponto rumo à classificação. E domingo temos o Papão pela frente!

 

Fortaleza 3X3 Luverdense
Fortaleza: Lopes; Rafinha, Micão, Fabrício e Guto; Elton, Esley (Cléo), Jackson e Geraldo; Ray (Vinicius), Assisinho (Doda).

Luverdense: Willian Alves; Régis, Dão, Zé Roberto, Dê; Raul Prata, Rodrigo Paulista, Rubinho, Carlos Alberto (Adriano); Rafael Tavares (Adinil Junior) e Valdir Papel (Fio).

Gols: Geraldo (11′ 1ºT e 26 1ºT) e Assisinho (33’1ºT); Valdir Papel (7′ 1ºT), Carlos Alberto (27′ 1ºT) e Dão (34′ 1ºT)

Cartões amarelos: Guto, Fabrício, Geraldo, Jackson, Cléo (Fortaleza); Rubinho, Dão, Dê, Raul Prata, Rodrigo Paulista (Luverdense)
Cartão Vermelho: Rubinho (Luverdense)

Árbitro: Pablo Gonçalves Pinheiro (RN)
Auxiliares: Jose Valmir dos Santos Xavier e Marcos Santos Vieira
Público pagante: 17.721
Público Total: 18.725
Renda: R$377.809,00