Blog do Leão

De olho neles: Oeste

1070 10

Luiz Carlos Martins, de poucas lembranças do torcedor tricolor, é o técnico do Oeste

 

Caros amigos, a já tradicional seção “De olho neles” do nosso Blog aborda hoje o adversário mais importante do Leão em 2013: o Oeste de Itápolis. Vamos tentar trazer para você que nos ajuda a fazer o Blog do Leão um pouco do que nos aguarda nos próximos 180 minutos de luta.
No começo do ano, dentre os 20 participantes do Paulistão 2012, o Oeste terminou a competição em décimo lugar. O interessante é que desta campanha participaram o zagueiro Fabrício e o atacante Assisinho que hoje podem ajudar o Vica com algumas dicas, quem sabe.
Uma campanha inferior a de 2011, quando chegou a segunda fase do estadual e foi eliminado pelo Corinthians, conseguindo posteriormente o título de campeão do interior daquele ano. Aliás, 2011 foi um bom ano para o Rubrão, pois no segundo semestre também conseguiu o acesso para a Série C, resultado de um quarto lugar conquistado na Série D.
Depois do Paulistão 2012, o time perdeu alguns jogadores, como são os casos de Fabrício e Assisinho. Porém o treinador Luiz Carlos Martins ( aquele mesmo que em 2001 teve uma passagem rápida e fracassada pelo Pici) terá praticamente todo seu elenco à disposição para este mata-mata. O time que enfrentou o Madureira na última rodada foi: Fernando Leal, Dedê ( este é a única dúvida, mas o treinador acha que ele vai pro jogo), Dênis, Dezinho ( aquele mesmo do ano passado), Paulo Vitor e Tiago; Hudson, Wanderson, Jheimy e Ricardo Oliveira; e Serginho. O zagueiro Eduardo e o meia Liger estavam machucados, mas já estão liberados. No elenco encontramos  o atacante Thiago Silvy que também já andou pelo Pici, além do meia Lelê que ano passado participou da campanha do Leão na Série C, apesar de que este último nem figurou no banco, no jogo contra o Madureira.
O estádio municipal dos Amaros, local do primeiro confronto, tem capacidade para pouco mais de 14 mil pessoas, mas a média de público do Oeste na competição é de 750 pagantes. O recorde de público nesta Série C  foi 1104 presentes no jogo contra o Santo André. E nesta época do ano, o calor é muito forte em Itápolis, tanto que no jogo de sábado o árbitro decidiu fazer parada técnica para os atletas se hidratarem.
Dos 9 jogos disputados dentro do seu estádio, o Oeste venceu seis, empatou duas e perdeu apenas uma para o Caxias, ainda na segunda rodada. Já como visitante, o time paulista venceu duas, empatou três e perdeu quatro vezes.

Bom, no mais é isso aí. Cerveja na geladeira, e sábado às 15h todo mundo ligado no Sportv.

#JuntosSomosFortaleza