Blog do Leão

Quixadá 1×3 Fortaleza – Conforme planejado

1291 24
Waldison marcou o primeiro gol do Leão em 2014

Waldison marcou o primeiro gol do Leão em 2014

Caros tricolores, a estreia tricolor foi quente como o clima quixadaense. O futebol apresentado não foi lá essas coisas, mas temos que concordar que existem alguns atenuantes para tal conclusão. A falta de ritmo, o desentrosamento e o péssimo gramado do Abilhão são fatores que devem ser levados em consideração.
O que importa é que a vitória por 3×1 sobre o time canarinho deu a tranquilidade de começar com 3 pontos ganhos fora de casa.
Espero que a má impressão que eu tive sobre o jogo aéreo ser ainda nosso ponto falho seja mesmo só um simples medo de rever o velho filme de terror protagonizado pela nossa zaga. Os laterais, Leandro, Guto, Edinho e Robert precisam de uma sequência. Com esse campeonato que tem um jogo atrás do outro, isso não vai faltar. Portanto, logo saberemos se eles serão donos da titularidade ou não. Walfrido e Waldison parecem que não darão motivos para sair do time.
O que importa é que a bola rolou ( no caso, quicou) e ainda temos peças para entrar no time no decorrer da competição.

Vamos nessa que a caminhada é longa!

Ah, e o Leãozinho, hein? tomou 6×0 do CRB na Copinha. Olha, sinceramente, o resultado só serviu pra ebulir a opinião que estava prestes a ferver: se não tem como mandar o melhor que temos para poder priorizar o estadual, então não vamos. Simples assim.

 

Quixadá 1×3 Fortaleza

Local: Estádio Abilhão, em Quixadá
Data: 5/1/2014
Árbitro: Avelar Rodrigo
Assistentes: Mardônio Ribeiro e Carolina Romanholi
Cartões amarelos: Branco (Q), Ronaldo (Q), Luís Gustavo (F), Waldison (F), Robert (F), Walfrido (F), Romarinho (F), Evandro (F)
Renda: R$ 30.150,00
Público: 2.150 pagantes
Gols: Waldison(pen), aos 44min do 1º tempo; Branco, aos 4min, Robert(pen), aos 22min, Walfrido, aos 35min do 2º tempo

Quixadá
Rafael; Gustavo, Branco, Tony Belém e Ronaldo (Dasaieve); Gladstone, Bruno Ocara, Lequinha e Paulinho (Big); Manoel Chuva (Carlinhos) e Janeudo. Técnico: Raimundinho

Fortaleza
Erivelton; Tiago Cametá, Eduardo Luiz, Luís Gustavo e Adalberto; Leandro, Walfrido, Guto (Romarinho) e Edinho (Danilo Rios); Robert (Evandro) e Waldison. Técnico: Marcelo Chamusca

24 Comentários

  • Antonio Oliveira disse:

    O Manoel Chuva é pior que o Kanalense Robert? De jeito nenhum. Mas a diretoria mais uma vez dispensa um garoto da base, pra contratar um mala velha ganhando muito dinheiro pra não jogar nada. É aquela velha desculpa da experiencia, que não cola mais. Hoje vimos quando o garoto Romarinho entrou no lugar do experiente (mala) Robert. Os poucos minutos que o garoto jogou, produziu mais do que o mala que jogou quase o jogo todo.

  • f sales disse:

    Gostei do resultado e do time em geral. Principalmente a garotado, pois com um campo péssimo daquele, não tem como ser melhor. O espírito de luta da equipe me deixou bastante esperançoso que o time vai mesmo engrenar.

    Quanto ao sub-19, concordo com vc Elenilson. Daria muito bem para Romarinho, Edinho, Valfrido e o goleiro, terem ido pra Copinha, pois os mesmos já estão bem experientes nessa competição e ajudariam muito aos “novatos”. Sem se falar que os mesmos poderiam sair bem valorizados.

  • Carlos Cavalcante disse:

    Primeiro o sub-20:
    – Retiro o que disse sobre o Jorge Veras assumir o profissional do time, se não consegue dar um padrão de jogo a um time que joga o ano todo junto, imagine se levado profissional, com entra e sai de jogadores. Tá na hora da diretoria tomar providências com relação a base, ou recicla os que estão lá ou contrata profissionais mais competentes.

    – Levar uma goleada humilhante de 6 para um CRB (com todo o respeito) é vergonhoso, e a não ida de alguns jogadores não pode ser utilizado como desculpa para essa vergonhosa derrota.

    Dos profissionais, prefiro esperar até o final do clássico com o Ferrim, para saber se o treinador tá indo no caminho certo.

    Saudações Tricolores!!

  • Fred disse:

    O time ainda não é este, tem muita gente fora que vai entrar, então é cedo para emitir opiniões mais precisas; Agora uma coisa que não dá pra passar em branco, ou este Robert começa a jogar, ou então pode mandar embora; O cara perdeu gols incriveis, coisa que centro-avante nenhum que se preze pode perder, parecia mais um perna de pau em campo com medo da bola.
    Gostei do futebol do Wlafrido, e lembrar que tivemos que aguentar os “Jacksons” tendo este rapaz em casa…

  • XAVIER disse:

    Começando o dia com uma lapada de 6×0 é de esmorecer. Essa goleada é reflexo do amadorismo que impera no Pici. Sem o mínimo de planejamento vai-se para uma copinha dessas às cegas, sem nem conhecer os adversários. Aí mandam os meninos de avião pra dizer que estão trabalhando e investindo na base. O fato é que a base é fraca, a garotada, salvo algumas exceções, não sabe jogar bola. Os sub do Fortaleza revelam pouca gente e estão sem ganhar nada há bastante tempo. É hora de repensar as categorias de base e explorar melhor o elefante branco CT de Maracanaú. A pelada de Quixadá estava dentro do previsto: um time sem ataque, sem meio de campo criativo e por cima perdedores de gols feitos. Os 3 x 1 não foram méritos do Fortaleza e sim frutos da inexperiência e infantilidade dos zagueiros do Quixa que deram dois pênaltis ao Leão.
    Ei, treinador do FEC! Bota o Paraíba pra jogar logo. Ele de muletas joga mais que todo o meio de campo junto.

  • J Carvalho disse:

    Caro Antônio Oliveira, concordo que o Robert não jogou nada, agora dizer que o Chuva fez alguma coisa, peraì, não fez nada também. Outra o Romarinho entrou foi no lugar do Guto. O resto concordo Elenilson, foi dentro do esperado, até porque temos que ver que é começo de temporada, muitos jogadores travados e a saíde que poderia ser um toque de bola, vinha os defeitos do gramado que não permitia. Vi alguns destaque, Erivelt muito tranquilo, apesar de não ter sido muito exigido, Cametá, correu bastante não se escondeu do jogo e teve presença tanto no ataque como na defesa, Walfrido, ocupando os espaço do campo e saindo para o jogo. Guto, muita luta e alguns lampejos, como a bola enfiada no 1º pênalti. Edinho, muita vontade, acho que estava um pouco fora de posição e muito indeciso, na hora de dlibar ele dava o passe e vice versa, o treinador vai ter de corrigir essa falha. O Waldson é aquele cara que sempre se mata em campo corre muito ocupa todos os espaços possíveis, andou pecando nas finalizações. Os Zagueiros, não foram exigidos e na hora do gol, deixaram a desejar na marcação, pois não marcaram homem a homem, isso é mortal em qualquer lance de área, embora tenha sido um lance traiçoeiros, ela pegou num morrinho e subiu, tirando de tempo os homens que estavam na frente. Queria fazer uma comentário à parte com relação ao Juiz, que embora tenha marcado 2 pênaltis no jogo, ele em todo lance era cartão amarelo para os jogadores do Leão, as jogadas do 1º cartão e aquele lance do Robert, não vi pela televisão, pois estava no abilhão, mas tenho quase certeza que nem falta foi. O Evandro ele recebeu um toque caiu, o juiz deixou o lance seguir e quando a bola parou ele deu um cartão no final do jogou dizendo que foi simulação. Teve um lance em que um jogador do Quixadá caiu no meio de campo, eles estavam com a bola e o juiz deixou o lance correr, só não saiu o gol porque nosso goleiro saiu e dividiu com um atacante deles, na sobra nós ganhamos a bola e íamos puxar um contra ataque ele foi parou o lance. Teve 1 falta no meio de campo que o jogador local dividiu com um do Leão levantando o pé na altura do rosto e ele não deu cartão. Teve outro lance que o Edinho partiu puxando um contra ataque foi puxado pelo Ocara e derrubado e cartão nada. No 2º pênalti cometido pelo o mesmo Ocara e cartão nada. No final do jogo, foi que em outro contra ataque iniciado pelo Edinho ele deu cartão para o Ocara. A Diretoria deve começar a gravar estas imagens para fazer reclamação oficial, pois já foram 6 cartões em um jogo em que o Fortaleza não fez nenhuma falta feia ou desonesta. Abram o olho, tô avisando.

  • Domingos Leão disse:

    Feliz 2014 caros tricolores. Quanto ao futebol de domingo….. Leãozinho uma total negação em SP. O profissional tá cheio de anti-profissionais. Valeu pelos 3 pontos. Tá é longe de empolgar. E o campo em Quixadá !!!! Vamos pra frente. ST.

  • J Carvalho disse:

    Caro Elenilson, teve outro lance do Juiz que não citei, foi aquele em que ele fez o Guto sair de campo para tirar do pulso uma pulseira de borraça e foi nessa hora que estávamos com 10 homens em campo que saiu o gol do Quixadá. Agora lhe pergunto, qual o risco que aquela pulseira apresentava?

  • João Ximenes disse:

    Vou logo direto…

    FORTALEZA no começo dos dois tempos, foi, ORA DOMINADO, ORA ARQUEJANDO, ORA REAGINDO. Ficou tipo “mosca na sopa”: rondando, rondando e acabou conseguindo, com dois penaltes claríssimos, dois dos três gols, depois de perder umas 4 oportunidades clarissímas).
    Só o ROBERT perdeu duas daquelas que nem vovó perdia.
    WALFRIDO foi feliz no posicionamento no terceiro gol do jogo.

    Pra mim, ficou uma péssima impressão. OCILAÇÃO é preocupação.

    Individualmente nos dois tempos:

    ERIVELTON no gol foi tranquilão. Nas vezes que precisou sair do gol, me pareceu bastante confiante. Não teve culpa naquele gol orripilante;
    CAMETÁ é “piquininin”, e acho que com os jogos vai se soltar mais. GOSTEI dele;
    LUIS GUSTAVO e EDUARDO LUIZ, tal qual o último amistoso, não foram muito exigidos. Mas aquele gol deles… ninguém merece;
    ADALBERTO como esperava, SE GARANTIU pelo lado esquerdo. Ainda acho que devemos ter lá, um ESPECIALISTA;
    WALFRIDO e LEANDRO no primeiro tempo ficaram meio que embolados, sem achar os adversários, daí aquele domínio enganoso deles nos inícios de cada tempo de jogo. Eles não conseguiram acompanhar as jogadas mais rápidas do Quixadá. Precisavam entrar no jogo e não conseguiram;
    GUTO daquele jeito dele. Muita vontade e é quem mais apareceu, tanto marcando como armando as jogadas na maioria das vezes. Não entendi a sua substituição;
    EDINHO apagadão. Não fosse aquela enfiada pro ROBERT no início, ninguém tinha lhe notado;
    ROBERT muito lento. Tá partindo atrasado pros lances e perdeu uns 3 gols feitos;

    WALDSON é o CARA.
    O CARA dá um tapa na bola e chega nela como um foguete na frente do adversário.

    Tinha dito antes que o ano “seria” do EDINHO.
    Vendo essa partida, tô começando achar que o ano vai ser do WALDSON.

    QUE SEJA DOS DOIS E DO PARAÍBA QUANDO ENTRAR NO TIME.

    No final, estreia com vitória é o que importa.

    Agora…

    WALFRIDO e LEANDRO precisam entrar no jogo.

    ROBERT tava muito lento, além de ter perdido chances claras.

    E EDINHO ficou devendo.

    Os que entraram:

    RIOS, não deu pra mostrar nada pois pouco pegou na bola.

    ROMARINHO mostrou que pode ajudar muito. Vai perturbar o juízo dos adversários com sua velocidade.

    EVANDRO ficou correndo de um lado pro outro e também não deu pra ver nada.

    CHAMUSCA mexeu bem.

    Ganhamos, e isso é o que importa !

    É INICIO DE TRABALHO, tem de melhorar muito ainda, mas bola pra frente.

    3 X 1.
    Já temos saldo.

    Vamo fazer o seguinte. A cada rodada vou deixar a escalação do time que jogou, que é pra gente ver as mudanças e/ou evolução do time:

    Quixadá 1 X 3 FORTALEZA

    Erivelton; Tiago Cametá, Eduardo Luiz, Luís Gustavo e Adalberto; Leandro, Walfrido, Guto (Romarinho) e Edinho (Danilo Rios); Robert (Evandro) e Waldison. Técnico: Marcelo Chamusca

    E NÃO ME LEMBREM O “LEÃOZIN” PELO AMOR DE DEUS.

    Ganhar DUAS. Esperar que CRB não ganhe mais uma, pra não depender ir pro saldo de gols, com aquela carrada de gols sofridos…

    SÓ MESMO O FUTEBOL PRA REVERTER ISSO !

    Mas, VAMO PRO PAU… OS DOIS !

  • Antonio Oliveira disse:

    Vamos acompanhar os cartões amarelos que os apitadores vão distribuir para os jogadores do Fortaleza durante o campeonato? Como tambem os que vão ser destribuídos para os do Kanal? Ano passado, a média era seis por jogo contra o nosso time. Já para os do lado de lá, o máximo era três. E tinha um zagueirinho lá que marcava o Assisinho, que toda vez que o mesmo pegava na bola era porrada e o apitador só dava o cartão, lá pelos quarenta do segundo tempo. Se a diretoria soubesse, ou quisesse o bem do clube, tinha acompanhado e percebido esta manobra dos apitadores. Se cada partida for seis cartões distribuídos, com três jogos fica meio time fora. Já disse e torno a repetir. Time ganha jogo. Diretoria ganha campeonato.
    Ao caro J. CARVALHO: Meu caro; pelo ao menos o Manoel Chuva lutou, deu trabalho a nossa defesa. E o Robert fez o que? Alem do pênalti que bateu? Pra mim o time jogou só com dez enquanto ele esteve em campo.

  • Aguiar disse:

    Feliz com a vitória; com os 3 pontos; mas, o time não empolga; tá muito fraco; em vários momentos chegou a ser dominado pelo limitado Quixinha. O Lequinha, que conheci há uns 15 anos no futsal, ainda foi o dono do meio-de-campo. Não temos meias; só o Paraíba não vai aguentar o rojão desse campeonato de jogo quase todo dia em campos péssimos. O time é o reflexo da diretoria.
    Falando nisso, sabem que tavam oferecendo o EUSÉBIO. Ainda bem que outro chegou na frente. Aliás, a diretoria do Atlético-GO é muito inocente; parece a do Fortaleza: Não bastasse ter o Régis, que deu aquele presentão (gol contra “estranho”), agora leva outro. Fique tranquilo o Eusébio, que nas vésperas do jogo Atlético x Ceará (se for decisivo) ele terá suas pendências trabalhistas regularizadas.

  • Frota disse:

    O time sub-20 do Leão é uma porcaria sem garra, sem coordenação e sem treinador. Já o profissional vai melhorar quando o Marcelinho Paraíba entrar no time e quando contratarem um cara que chute pra dentro das traves com a bola rodando, não só em penaltis. A defesa precisa melhorar mais ainda. SAUDAÇÕES TRICOLORES MAIS QUERIDAS.

  • Amaury disse:

    Boa a estréia principalmente considerando que neste time ainda entrarão uns quatro. Os melhores foram Valfrido e Valdisson com este voando em campo. Erivélton foi seguro e saiu bem nas bolas de pequena área, merece continuar, Leandro mostrou que fez falta, Robert foi a decepção e Edinho foi tímido demais. Guto foi bem, Cametá que parece o Expedito ataca e defende, taticamente foi muito ótimo, só falta aprimorar os cruzamentos. A zaga começou claudicante mas se firmou. Adalberto como sempre raçudo, mas aquela não é a dele, por ali o Quixinha andou aprontando, bom o Chamusca ver isto e sincronizar o jogo dos alas, jamais podem subir os dois e quando um vai um dos volantes tem de cobrir, mas coisa simples de resolver. Demos muito espaço ao adversário quando a marcação tem de ser forte no campo do adversário, permitimos aproximações demais. O teste será mesmo domingo com a torcida invadindo o Castelão já que o Ferrim foi uma beleza, mesmo contra a baba do Crato.

  • João Ximenes disse:

    TÔ SÓ CATANDO:

    “A semana deve começar com novidades no Pici. A diretoria do Fortaleza está acertando os últimos detalhes da contratação do volante EDSON MAGAL, que está no Vitória.

    “As negociações estão bem avançadas. Se tudo certo, acredito que o jogador já estava aqui na Capital nessa terça-feira para assinar contrato”, declarou o gerente de futebol do clube, Júlio César Manso.

    MAGAL tem 20 anos, 1.74 m de altura, é natural de Salvador e foi revelado pelas categorias de base do Vitória, em 2011. No ano passado, o atleta integrou o elenco do time rubro-negro que foi campeão baiano.

    Se MAGAL é aguardado é aguardado no Pici, o lateral FERNANDINHO – recém-contratado – chegou à capital cearense e já começou a treinar no Parque dos Campeonatos. O jogador é oriundo do São Caetano e nos primeiros dias treinará à parte com o meia MARCELINHO PARAÍBA.
    >>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>

    Pelo que ví nesse primeiro jogo, vamos precisar de mais VOLANTES.
    O time começou os dois tempos pressionado.
    Nossos volantes – LEANDRO, WALFRIDO e GUTO(até que pegou um pouco) – não conseguiram marcar os jogadores… “do QUIXADÁ”.
    Um dos grandes fortes do LEÃO sempre foi a marcação dos nossos volantes.
    Sempre tivemos volantes pegadores, pra fazer com que o time conseguisse partir pra cima com confiança.
    NESSE JOGO NÃO VÍ ISSO. PELO CONTRÁRIO.

    Tudo bem é começo de trabalho.
    Mas CORREÇÕES começam a ser feitas do começo. Se não começar ninguém pode ver nada.

    BOLA PRA FRENTE !

    Começou agora.

  • João Ximenes disse:

    TÔ SÓ CATANDO II:

    “A titularidade da lateral esquerda ganhou mais um pretendente ontem, quando FERNANDINHO, 32 anos, foi apresentado oficialmente no Pici. O jogador deve disputar vaga com RADAR, que se recupera de lesão, e com o zagueiro ADALBERTO, que tem jogado improvisado na posição.

    FERNANDINHO chegou falando grosso no Pici ao se referir ao Ceará. “É o centenário do rival e o que a gente puder fazer pra impedir o tetra e fazer estrago, nós vamos tentar”, alfineta. O jogador de 32 anos tem no currículo passagem por clubes como Vasco, Cruzeiro e Criciúma-SC.

    Segundo o atleta, um dos fatores que favoreceram a sua vinda para o Fortaleza é a proximidade com CHAMUSCA. “Fui jogador dele na base do Vitória em 1997.”

    E tem Mais:

    “Joguei muitos anos como meia e depois fui adaptado na lateral. Onde o técnico precisar de mim eu estou disponível”. Outro que deve reforçar o Tricolor é volante EDSON MAGAL, 20.
    O jogador vem das categorias de base do Vitória e foi indicação de CHAMUSCA.
    >>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>

    Tá se desenhando a coisa.
    CHAMUSCA conhece os dois jogadores em questão, “INDOSSOU” a vinda dos mesmos, e isso é POSITIVO.
    Se antes “gritava” por LATERAIS(temos 4) e MEIO CAMPO(falta mais 2), hoje grito… CADÊ OS VOLANTES !?

  • Yuri Safadão disse:

    Esse time do Tricolor de Aço precisa de um bom goleiro veterano, pois eu notei que o Erivelton rebate muitas bolas bobas e não tem voz altiva com a defesa do Tricolaço. Observação: eu quero mais é que acarniça se lasque, pois é isso que eles querem da gente também. Mama Leitão…..huuummm! de novo…..

  • Antonio Oliveira disse:

    Caro JOAO XIMENES. Será que o fato dos nossos volantes não terem feito uma marcação mais eficiente contra os atacantes do Quixadá não foi o receio de serem expulsos pelo apitador? O home tava doido pra mostrar cartão para nossos jogadores não viu? Já os nossos contra ataques, era parado na base da falta e o home não mostrava o cartão pra eles. Tá muito parecido com ano passado. Isto é, a arbitragem.

  • Domingos Leão disse:

    Caro tricolor Antônio Oliveira, vamos deixar de colocar os problemas do Leão na arbitragem meu amigo. Já sabemos que o quadro de árbitros da FCF é fraquíssimo. Erra em todos os jogos, contra todos os times. Vamos enxergar melhor nosso Leão de Aço, que tá com um time fraco. diretoria triste e só sobra a sua grande torcida. Muda o foco não. O jogo foi ruim, campo inexistente. só chutão. Arbitragem não influiu no placar meu chapa !!!! Acorda !!!! Saudações Tricolores.

  • Antonio Oliveira disse:

    Já tem gente ai, que acho que não são torcedores do Leão, criticando os jogadores da base. Dão um tempo meu! Porque voces não criticam os forasteiros enganadores que ganham muito dinheiro e quando chega na hora do pega pra capar os caras abrem do pau? Se voces entendem de futebol, devem ter observado, que as vezes que os jogadores da base foram escalados, em nenhuma partida decepcionaram. E alem do mais, na hora da verdade, eles não vão amarelar como fazem os forasteiros que só querem e pensam no dindin. Se escalassem uns sete ou oito da base, como em 2002, eu estaria tranquilinho da silva. Nestes sim, podemos confiar.

  • Antonio Oliveira disse:

    Vamos observar novamente quantos cartões o apitador vai distribuir para os jogadores do Leão lá no pici. E tambem quantos vão ser distribuídos para os daqueles time.

  • João Ximenes disse:

    Acho que não ANTONIO OLIVEIRA.

    Melhor creditar isso ao pouco tempo de trabalho e ao pouco entrosamento dos 3, que acreditar que estavam “receiosos”, e/ou até mesmo CHAMAR de “FALHA”, pois ficaria mais difícil acreditar numa volta por cima deles.
    É a primeira vez deles juntos.
    LEANDRO quando teve por aqui, WALFRIDO usava fraldas e GUTO tava começando lá pelas bandas da barra.
    Na minha opinião, precisamos de alguém mais experiente praquele setor.

    A verdade é que houve a deficiência na marcação no MEIO CAMPO contra um Quixadá que, como nós, também estava estreando na competição.

    E QUANDO VIER PAULEIRA LÁ PELA FRENTE…

  • Antonio Oliveira disse:

    Ok caro JOÃO. Vamos levar em consideração que o Quixinha jogou no seu campo e conhece cada palmo do gramado. Tambem devemos observar que o domínio do Quixinha foi um domínio enganoso. Pois cadê o perigo que levou ao gol tricolor? Se não no lance do gol quando o apitador mandou o Guto sair de campo pra tirar uma pulseira que só estava incomodando o próprio apitador. Daquele jeito, os adversários podem jogar a vontade contra o tricolor que não farão mal nenhum. Estreia fora de casa, é sempre uma icôgnita.
    Ao caro. Meu caro; o apitador não influenciou no placar, mas influenciou nos próximos jogos do Fortaleza. Se estes mesmos jogadores tomarem outro cartão no outro jogo, ficam pendurados não ficam? E se tomarem cartões no jogo seguinte não ficam fora? Portanto vamos analisar as coisas direitinho. Será que eles são tão ruins assim, que erram muito mas só pra um lado?

  • Antonio Oliveira disse:

    Desculpem. Mas invés de escrever incógnita, escrevi icôgnita no comentário anterior.

  • João Ximenes disse:

    É isso mesmo ANTONIO OLIVEIRA.

    Vamos creditar à atuação da equipe, mas esse detalhe do campo também.
    Mesmo com esse detalhe do campo, Quixadá, realmente não levou perigo algum pra nós.

    Quanto ao “apitador”, situações prós e contras irão fazer parte da competição.
    Já tem “neguim” falando por aí dos penaltes marcados, claros que aconteceram.

    “Cartões distribuídos”, pode sem dúvida nenhuma influenciar na formação da equipe já na quarta rodada.

    É aquela “influência retardada”, mas que pode acabar fazendo a diferença sim.

    Um abraço.

\

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

doze + sete =