Blog do Leão

Fortaleza 0x0 Icasa – Não era bem assim

1392 43

 

Leão conseguiu vaga na final com 0x0 contra o Icasa

Leão conseguiu vaga na final com 0x0 contra o Icasa

Caros tricolores, mais uma partida que não deixou o torcedor satisfeito. Apesar da classificação para a final do Cearense e de quebra para a Copa do Brasil e Nordestão de 2016 garantindo nosso calendário para o próximo ano, o time mais uma vez não passou a confiança tão desejada pela torcida. Os gols perdidos já são figurinhas carimbadas do nosso álbum de lamentações e agora a lentidão da zaga que mais uma vez permitiu o atacante que saiu de trás chegar na frente é outro fator que começa a complicar. Domingo passado a lentidão resultou no gol do Sport e agora na expulsão de Lima. Também falta confiança no lateral Tinga e até nos “ex-chutes certeiros” do Pio.

Chamusca terá uma bela missão pela frente. A iminente situação de ter que vencer o rival em pelo menos um jogo na decisão do estadual será o desafio que começa a tirar o sono do professor.  Até lá teremos mais um desafio: o Ríver, próxima quinta, pela Copa do Brasil. Mais uma decisão com vantagem pra treinar a desvantagem da final estadual. E assim caminhamos no dilema da dúvida, jogaremos bem? convenceremos? venceremos? quero ao menos ter a certeza que lutaremos

Raça, Leão!

Melhores momentos:

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=HDVfYd6NDGs[/youtube]

 

Fortaleza 0 x 0 Icasa

Local: Arena Castelão
Data: 12/04/2015
Árbitro: Glauco Feitosa
Cartões amarelos: Ciro (20/1ºT-ICA); Vinícius Hess (22/1ºT-FOR); Rodrigo Vitor (48/1º-ICA); Alan (19/2ºT-ICA); Deola (25/2ºT-FOR); Tinga (39/2º-FOR)
Cartões vermelhos: Lima (46/1º-FOR); Da Silva (10/2ºT-ICA)
Renda: R$ 196.989,00
Público: 13.211 pessoas

Fortaleza: Deola; Tinga, Lima, Adalberto, Wanderson; Pio (Samuel), Vinícius Hess, Corrêa, Everton; Cassiano (Max Oliveira) e Lúcio Maranhão (Cássio). Técnico: Marcelo Chamusca

Icasa: Rodolpho; Everton (Lucas Batatinha), Charles, Ciro, Dieyson; Lima (Guídio), Da Silva, Rodrigo Vitor; Diego Ceará (Robert), Alan e Núbio Flávio. Técnico: Vladimir de Jesus