Blog do Leão

Futebol x Corona, um jogo muito além dos campos

Jogadores fazem teste para retornar aos treinos. O futebol está voltando. Foto: Bruno Oliveira/FortalezaEC

 

Caros torcedores, desde março vivemos distante das emoções dos gramados brasileiros. Trocamos a torcida pelo gol por uma torcida pela recuperação de pessoas acometidas pela doença causadora do imenso transtorno e preocupação mundial. Muitos países já retornaram seus campeonatos. Alemanha, Espanha, Itália, Portugal e Inglaterra são os principais exemplos. Lembrando que a França deu seu campeonato por encerrado e decretou o PSG campeão.

Aqui no Brasil, o foco é o retorno dos estaduais. Para comparar com a nossa situação aqui no Campeonato Cearense que tem previsão inicial de retorno para 20 de julho, o Blog do Leão fez um levantamento de como andam as decisões sobre o tema nos outros 26 estados do país.
Vejamos:

O Rio de Janeiro foi o primeiro a retornar, Flamengo e Bangu reabriram o Carioca no dia 18 de junho despertando muitas críticas pelo fato do Rio ainda viver momento crítico da pandemia.

Santa Catarina tem retorno programado para dia 08 de julho, com tabela já divulgada.

Distrito Federal trabalha com a data de 13 de julho.

No Acre, a federação divulgou a data de 15 de julho para reinicio do estadual.

A Paraíba já tem o clássico Campinense x Botafogo marcado para 18 de julho.

O Gauchão deve retornar dia 19 de julho.

Em Sergipe, a federação marcou o dia 25 de julho para retornar o estadual.

Minas Gerais espera retornar em 26 de julho, mas vai depender da evolução dos casos no estado.

No Maranhão, os clubes do interior não aceitaram a decisão da Federação em terminar o campeonato com jogos somente na capital e por isso ainda não remarcaram retorno.

No Piauí, a ideia e reiniciar somente em novembro. Assim os clubes manteriam já o elenco para 2021.

São Paulo, Paraná, Espírito Santo, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás, Tocantins, Bahia, Alagoas, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Pará, Amapá, Roraima e Rondônia ainda não têm data marcada para retornar os jogos, alguns voltaram somente a treinar, mas todos estes aguardam definição de suas respectivas federações e governos estaduais.

O Amazonas foi o único que deu o campeonato encerrado e sem campeão. A confusão já começou entre os clubes que brigam pelas vagas nos torneios da CBF em 2021. O Amazonas FC quer a vaga na Copa do Brasil e Copa Verde por ser o líder da classificação geral, o Manaus FC rebate o argumento dizendo que foi campeão do 1o turno, isso sem falar na briga pelas vagas na Série D do ano que vem. A Federação Amazonense vai ter uma boa dor de cabeça pela decisão que tomou.

Quanto a Copa do Nordeste, a Liga já informou a CBF que aceita fazer os jogos restantes em sede única. A CBF deve se pronunciar nos próximos dias sobre a sede escolhida e, talvez, já com as datas. Já a Copa Verde continua sendo um grande ponto de interrogação.

Brasileirão e Copa do Brasil devem retornar em agosto, mas aí é uma decisão mais robusta por parte da CBF que envolve até mudança no limite mínimo de intervalo entre os jogos que poderão ser de 48 horas. Haja fôlego.

É isso aí. Vamos ter paciência que a rotina vai voltando aos poucos. Mesmo sabendo que teremos que nos contentar por um bom tempo em ser torcedor de TV. Porém, a maior vitória não será essa, e sim estar aqui para vivermos o retorno e comemorar juntos de quem amamos.

Este momento angustiante veio para nos mostrar de forma dura que, diferente do futebol, perder na vida é que é deveras dolorido…

Estamos separados, mas estamos juntos. Cuide do próximo. Viva a vida!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 × 2 =