Blog do Vozão

Atlético-PR 2×1 Ceará – Nem tanto ao céu, nem tanto ao inferno

3060 44

Mota perdeu um gol que não costuma perder (Foto: Agencia Estado – Via O Povo)

Amigos alvinegros, poderíamos ter tido uma melhor sorte se tivéssemos tido a mesma eficiência que teve o nosso adversário. Não jogamos mal, talvez por isso a derrota tenha tido um sabor amargo, mesmo tendo sido para um grande time e um forte concorrente a uma das vagas ao G4.

Voltamos a tomar gol logo no inicio da partida, após uma tremenda desatenção do sistema defensivo, que ainda contou com uma leve contribuição do nosso goleiro, e isso acabou complicando nossa situação, haja vista que tomar um gol nessa circunstancia, contra um adversário forte e ainda por cima dentro da casa deles, não é nada fácil reverter, mesmo assim, tivemos na cabeça de Mota e nos pés de Magno Alves duas chances claras de gols que poderiam ter mudado o panorama da partida, mas, infelizmente, não soubemos aproveitar.

O nosso resultado não foi o esperado, e muito menos os dos nossos concorrentes, mas não podemos de forma alguma baixar a cabeça nesse momento e achar que tudo está perdido, assim como diante dos resultados positivos não podíamos ficar eufóricos e achar que tudo estava bem. Portanto, nem tanto ao céu nas vitórias, nem tanto ao inferno nas derrotas.

Ainda nos restam doze jogos pela frente e trinta e seis pontos a disputar, precisamos seguir firmes buscando atingir a nossa meta, que é conquistar mais vinte e cinco e atingirmos os sessenta e seis pontos, que pelos meus cálculos, seria a quantidade de pontos suficientes para conseguirmos o acesso.

Pés nos chão e foco no alvo. Bola pra frente que atrás vem gente!

Veja lances da partida:

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=Mr4duIPDseg[/youtube]

FICHA TÉCNICA

Atlético-PR 2×1 Ceará

Data: 22 de setembro de 2012
Local: Eco-estádio, em Curitiba
Árbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva/PA
Assistentes: Ediney Guerreiro Mascarenha/RJ e Marcio Gleidson Correia Dias/PA

Cartões amarelos: Mota, Juca (C) e Elias, Henrique, Marcão e Tiago Adan (A)
Público: 5.415 pagantes
Público total: 6.005
Renda: R$ 56.890
Gols: Elias (aos 2 do 1ºT), Marcão (aos 12º do 2ºT) e Márcio Careca (aos 5 do 2ºT)

Atlético-PR: Weverton; Maranhão (Felipe), Manuel, Cléberson e Pedro Botelho; Deivid, João Paulo, Marcelo e Elias (Paulo Baier); Marcão (Tiago Adan) e Henrique. Técnico: Ricardo Drubscky

Ceará: Fernando Henrique; Thiego, Daniel Marques e Luizão; Apodi, Juca (Robston), João Marcos, Magno (Magno Alves) e Márcio Careca; Mota e Itamar (Robert). Técnico: PC Gusmão

Saudações Alvinegras!