Blog do Vozão

Fortaleza 0x1 Ceará – Ao estilo do treinador

2382 48
Lulinha fez mais um e é o artilheiro do time na temporada com 7 gols (Foto: Cearasc.com/Divulgação)

Lulinha fez mais um e é o artilheiro do time na temporada com 7 gols (Foto: Cearasc.com/Divulgação)

Ainda não foi dessa vez que o time mostrou um futebol convincente, mas o futebol apresentado foi o suficiente para vencermos mais um Clássico-Rei. O clássico foi bem ao estilo dos últimos que disputamos, sem emoções, com os times respeitando um ao outro, com o Vozão fazendo isso até com certa demasia.

Do lado de lá, um time tentando dar o que não tem, enquanto que o Vozão parecia não querer dá o que tinha pra dar, mas ainda assim fizemos um primeiro tempo sob controle, sem sofrer qualquer perigo de gol e por duas vezes chegamos ao gol do adversário com bastante perigo, o que a meu ver foi muito pouco.

No segundo tempo fizemos apenas o gol e passamos a maior parte do tempo sendo pressionado pelo adversário e a vitória só foi possível graças a duas boas intervenções do goleiro Fernando Henrique, que por sinal fez uma bela partida, e aí sim, dando uma resposta da maneira correta aos que o vaiaram no jogo passado.

Novamente as substituições feitas pelo treinador Leandro Campos não surtiram os efeitos esperado, pois pelo que deu pra perceber a entrada de Gabriel no lugar de Mota teve como principal objetivo fazer o garoto marcar o lateral esquerdo adversário, ou seja, em vez do lateral se preocupar em marcar o garoto, ele era quem tinha que se preocupar em marcar o lateral.

O fato é que novamente, mesmo vencendo, o futebol apresentado pelo time não me agradou, e pelo visto, acho que teremos que nos acostumar, pois esse é o estilo Leandro Campos de trabalhar, primeiro se defender, depois, se der, atacar, aí e se der, fazer o gol, pra depois, se der, segurar o resultado.

Agora é remontar esse time para o jogo de quinta-feira (18/04), contra o Guarani de Juazeiro, ás 20h15min, na Arena Castelão, haja vista que não poderemos contar com Ricardinho (3º amarelo) e Potiguar (expulso), e ainda com a possibilidade de não poder contar com Rafael Vaz, que sentiu um problema no ombro. Se servir de consolo, ainda bem que voltaremos a poder atuar com onze jogadores, já que Rafael Cruz deverá retornar ao time, e assim nos livraremos de ter o Eric em campo. Só pra registrar, gostei da atuação do zagueiro Douglas, me pareceu um zagueiro seguro, que se não tem muitos recursos, pelo menos joga com seriedade, ao estilo zagueiro, zagueiro.

No mais, valeu pelos três pontos, pela determinação e garra demonstrada dentro de campo, e, apesar dos pesares, estamos aos poucos chegando lá, pois já estamos em segundo na classificação, nos restando agora quatro jogos para lutarmos pela liderança, sendo que destes, três serão em casa, entre eles contra o líder Icasa, e um fora.

Veja os melhores momentos da partida:

[youtube]http://youtu.be/2u1RXDAxkAc[/youtube]

FICHA TÉCNICA
Fortaleza 0x1 Ceará
Data:
14 de abril de 2013
Local: Arena Castelão
Árbitro: Luzimar Siqueira
Assistentes: Thiago Brigido e Armando Lopes
Renda: R$ 228.005
Público Pagante: 15.092 pessoas (1.000 não pagantes) – Total: 16.092
Cartões amarelos: Assisinho, Jackson Silva, Esley, Fabrício e Edson Souza (Fortaleza); Eric, Mota, Ricardinho e Potiguar (Ceará)
Cartões vermelhos: Esley (F), Eric (C) e Potiguar (C)
Gols: Lulinha, aos 15 minutos do 2º tempo

FORTALEZA
: Flávio; Charles, Fabrício e Ronaldo Angelim (Edinho); Edson Souza, Jackson Silva, Esley, Lúcio (Lucas) (Jaílson) e Marinho Donizete; Assisinho e Edson Santos. Técnico: Hélio dos Anjo

CEARÁ: Fernando Henrique; Potiguar, Rafael Vaz e Douglas; Eric, João Marcos, Lulinha, Ricardinho e Vicente; Magno Alves (Pingo) e Mota (Gabriel). Técnico: Leandro Campos.

Saudações Alvinegras!

48 Comentários

  • VITOR disse:

    só discordo quando você diz que o futebol foi suficiente pra vencer,acho que não foi,no final o time pregou,e tivemos sorte,as limitações todos que sabem um pouco de futebol já conhecem,minha preocupação é entrarmos competitivos na série b.qualifica o time diretoria,ano que vem quero ser série a no centenário.

  • Pedro Peres disse:

    Bem que disse que em clássico o importante é vencer. Se não melhora as coisas pro nosso lado, temos certeza que pro outro pioram.

    Mas a verdade é que escapamos de perder. Depois do gol e da expulsão, nosso time parou. Mota além de não estar rendendo o que se espera dele, ainda leva cartão amarelo e sai reclamando de sua substituição. Magnata também não jogou e depois do gol a minha maior alegria foi ver o Eric sendo expulso.

    Quanto ao FH, foi bem típico. Ele é o goleiro das defesas espetaculares. O problema é os gols que ele toma de bolas defensáveis…

  • cesar de sao paulo disse:

    O preparo fisico do ceara e no maximo pra 60 minutos, no proximo jogo jogaremos com 11 jogadores, pois esse Eric e horrivel.

  • Enio Azevedo - sócio torcedor disse:

    A freguesia está cada vez mais fiel!
    Mas, apesar da vitória, também não gostei da forma como o time jogou. O primeiro tempo foi triste. Jogamos como quem busca o empate, só que, estando 3 pontos atrás na tabela, tínhamos que ganhar! Não foi nada agradável ver o Ricardinho jogando de 2º volante.
    Para piorar, o Ceará voltou tomando pressão, quando ele deveria pressionar. Ainda bem que o Ésley estava jogando (espero que ele jogue todos os clássicos) e, com sua expulsão, liberaram o Ricardinho para atacar. E ele não decepcionou, fez o cruzamento perfeito, para o perfeito cabeceio do Lulinha. Gol do Ceará!
    Mas depois do gol, o Ceará pouco produziu. Ver o Gabriel na função de marcar o Marinho Donizete foi triste, e não funcionou, ele não ganhou uma. Mas vamos dar um desconto para o Leandro Campos devido à falta de opções. Só tínhamos o João Marcos e o garoto Diego de volantes disponíveis.
    Enfim, mesmo tendo um time visivelmente superior, jogamos com medo. Por sorte, e também pelo FH estar num ótimo dia (que defesa aquela que ele agarrou a bola, se tivesse dado rebote, era gol), conseguimos sair com a vitória. Mas não convenceu.
    Mas já são 3 vitórias consecutivas, Acho que é a primeira vez que conseguimos isso no ano. O time vem melhorando.
    SA!

  • Neto disse:

    Weiber.
    Você esta certíssimo, no seu comentário. E, diria mais: que o nosso treinador tem complexo de inferioridade. Incrível, como o cara nao se toca, que esta treinando, um grande time de uma torcida imensa.

  • delmax disse:

    o ceara devia detonar essa baba do fortaleza,1×0 foi pouco ai o time derepente,abdica de jogar,o mota nao devia sair,mais perdeu a razao a reclamar a sua saida lulinha e fernando henrique os melhores,mota e magno alves tem que se jogar um para o outro nao para si,a defesa tambem melhorou muito boa estreia do douglas.

  • cavalcante disse:

    Weiber Castro concordo com você em tudo principalmente quanto ao zagueiro Douglas, se essa escalação persistir com a presença do Rafael Cruz em campo ai sim o bicho vai pegar na reta final, o MAGNATA fez o que qual quer atacante faria passou pelo o Goleiro chutou para o gool mais o Mota entrou sozinho do outro lado, ali é gool perdido futebol club, do Dr. Roberto, o Mota estava bem no jogo tinha opções pata LC tirar o Magno ou Eric que também já tinha cartão amarelo, ele lateral parece que vai perder a posição para o RC, o Arbitro ESPANTALHO também foi uma pandega no 2º t, meu DEUS o Ceará só pode ter uma coisa para esses arbitros ter tanta raiva, as expulsões de Eric é Potiguar é demais, VAMOS PRA FRENTE….até quinta no Castelo do VOZÃO….todo treinador SONHA para ter um atacante de velocidade principalmente para o 2ºt ou para quanto se tem um jogador a mais em campo POIS NÃO É QUE O LC foi colocar o PINGO NO FINAL A INFELIZ CEGO….A MEU DEUS….

  • CARLOS LIMA disse:

    o Leandro Campos definitivamente não sabe fazer substituição, vejam que no jogo contra o time de Brasilia (Copa do Brasil) após ele tirar de campo o Mota, Ricardinho, Magno alves, o time simplesmente parou de jogar, e por pouco não tomamos o gol de empate (4×4) que nos tiraria da competição.

    hoje novamente ele errou, tirou o Mota que embora não estivesse tão bem, preocupava a zaga adversária, ele com a sua presença em campo, não deixaria que o adversário tomasse conta do jogo, como aconteceu.

    o Gabriel, simplesmente não acertou uma única jogada no jogo, além de não ter marcado o Marinho Donizete, que foi prá isso que entrou em campo, o Marinho criou várias jogadas ofensivas para o adversário, que só não resultaram em gols, por causa do Fernando Henrique, que estava numa tarde muito inspirada.

    não se tira um jogador de campo, que causa preocupação ao adversário, ao tirar o Mota de campo, os laterais e zagueiros do adversário subiram, e por pouco não conseguiram empatar o jogo.

    ele deveria ter colocado outro atacante, talvez o Pingo, no lugar do Magno alves, que já estava cansado, e deixar o Mota para que ele pudesse lançar o Pingo e o Lulinha nos contra ataques. e assim poderia fazer o segundo gol e liquidar o jogo.

  • Domingos-Massapê disse:

    Rapaz, um fato interessante aconteceu comigo assistindo o jogo. estava eu ao lado de um colega ligado na tela da verdes mares, e na hora que foi expulso o Esley, eu fiquei pensando: que apostar como o luzimar expulsa um do ceará. Aí, eu virei para o colega e disse:Tu vai ver como a ruindade do Eric vai ser expulso. Rapaz, impressionante!! nao deu tempo nem fechar a boca e lástima foi expulso. O quero dizer, é que as vezes agente tá fora e faz a leitura do jogo melhor que o tecnico. Por que que qundo o Esley foi expulso, o Leandro campos nao tirou logo o eric e colocou mais um meia ou mesmo um atacante, (já que iríamos ficar com um homem a mais) no lugar do eric e deslocava o joao marcos prá lateral? Só assim ficamos livres do eric e potiguar. Outra: E o Diego Ivo? como está a situação dele? SA

  • antonio martins disse:

    mais um clássico e mais uma vitoria (tudo bem q só deu pro chá mas vlw) o melhor de tudo foi os 3 pontos,,,,,jogo morno placar modesto,,,times se respeitando muito q o diga o ceará,,,esse for c, é um mamão com açúcar é muito fraco ,,,ceara jogasse mais pra cima tinha enchido a sacola deles de gol,,,,fazer o q o CSC , gosta de respeitar TIMECOS ,,,,em se tratando do futebol apresentado vou resumir gostei do lulinha,,,,não gostei do mota, , gostei do Douglas ,fh, alem do Gabriel q aos poucos ta melhorando para atacar não marcar…….mota bom jogador mais ta com a cabeça muito quente tem de respeitar o técnico,,,,, partida razoável tecnicamente,só isso PARABÉNS VOZÃO SAUDAÇÕES ALVINEGRAS A TODOS

  • CLÁUDIO CEARÁ disse:

    “acho que teremos que se (sic) acostumar, pois esse é o estilo Leandro Campos de trabalhar, primeiro se defender, depois, se der, atacar, aí e se der, fazer o gol, pra depois, se der, segurar o resultado.”
    Weiber, você descreveu o estilo Dimas.
    Dá pena ver o time jogar assim!
    O LC fica o tempo todo com o “freio de mão” puxado, e ainda tira o Mota, é dose! O Mota com uma perna engessada é titular absoluto.
    Olha o FH aí, calando a boca dos críticos. Coloquem essa vitória na conta dele.
    Vale destacar a importãncia do Ricardinho para esse time, é uma luz em meio à escuridão, toque refinado, visão de jogo, faz a diferença.
    Valeu mesmo pela vitória, pelos 3 pontos, mas precisamos de algo mais para a série B, não esqueçamos que esse é o nosso maior objetivo.

    Saudações alvinegras!

    Claudio, obrigado pelo alerta.
    SA!

  • joaquim disse:

    Não vejo nem um tipo de melhora no Ceará, a destacar a boa atuação da defesa.Potiguar mesmo tendo sido expulso foi o mlhor nome do alvinegro em campo.O eric deveria ter sido substituido pois todos sabiam que ele seria expulso apos o esley ter sido expulso,mas esse treinador parece q não pensa.
    Tem coisas que só Visa faz por você,mas ganhar do fortaleza não tem preço.

  • Faoly disse:

    Individualmente o Vozão é melhor e recuado passou a ser pior, no segundo tempo. Você recuar um time com valores individuais acima dos do adversário é brincadeira! Foi exatamente ai onde apareceu um dos mais inconstantes jogadores desse grupo do Vozão: o goleiro. Ontem, o melhor em campo!!!! Salvou o Ceará da derrota. Na verdade, o futebol do Vozão não foi suficiente pra vencer, o outro é ruim demais. Só pra lembrar: dois perdidos em campo. O ERIC E O JUIZ!!!

  • Felipe disse:

    Triste como o treinador conseguiu nivelar o ceará por baixo contra o feC

  • Walber Filgueiras disse:

    Gente, o importante é que ganhamos, não interessa se de um a zero ou meio a zero, o importante é que ganhou e ganhou do rival que já está se tornando freguês de carteirinha. Apesar da minha gozação devemos ver que o time deles é aguerrido e quando jogam o respeito é mútuo. O Hélio dos Anjos, não é bobo, ele anulou o que nós temos de melhor no 3-5-2, ou seja, as invesidas do Vicente pela esquerda e com seus preciosos cruzamentos, ontem, nosso lateral quase não foi a linha de fundo e consequentemente não realizou essas jogadas. Isso fica provado com a marcação severa imposta ao Vicente e na expulsão de um de seus jogadores tentando impedir tais investidas. Minhas restrições é sobre o cinturão defensivo, no que pese não ter tomado gol ainda é muito vulnerável. No mais, é vibrar, vibrar e vibrar…

  • Henrique disse:

    E agora? Agora os corneteiros vão ter que te engolir FH.. Mas é isso, no próximo gol que tomar a turminha com certeza vai meter o pau independente de ser falha ou não.. Não fosse suas intervenções teríamos saído provavelmente com uma derrota.. Ganhar desses times locais é quase que uma obrigação mas o que vejo são vitorias extremamente sofridas e sem necessidade até pela estrutura que temos.. Esse nosso treinador conseguiu de novo errar nas substituições.. Tirar o Mota e colocar o Gabriel não deu pra entender.. Normalmente quando faz as substituições o time cai de produção e tome sufoco.. Esse aí é treinador de time pequeno.. Fiquem de olhos bem abertos diretoria do CSC..

  • Ricardo Sena disse:

    Devemos dar uns descontos ao Leandro Campos nesse jogo, pois devido às contusões praticamente não tínhamos jogadores de defesa no banco. Rafale Vaz jogou (e muito!) no sacrifício porque não tinha nenhum zagueiro no banco para fazer uma substituição, ou até mesmo um volante para fazer aquela função. Por causa também da falta desse volante o Ricardinho teve que jogar recuado, ajudando o João Marcos na marcação. Vicente estava visivelmente abatido por causa de uma virose e mesmo assim teve de permanecer até o final, haja vista que colocar o reserva dele seria outro jogador a menos dentro de campo. Assim fica muito difícil para o treinador.

    Agora o que me deixa com uma pulga atrás da orelha são os nossos Departamentos Médico e Físico. São muitos jogadores com problemas musculares. Rafael Cruz e Vicente ficaram um tempão fora e isso nos prejudicou imensamente no Nordestão. Lulinha demorou uma eternidade para entrar em forma. Diogo Orlando está demorando muito para voltar. Éverton, até um dia desses, estava se recuperando, voltou a jogar umas três partidas e agora já ficou “quengado” novamente. João Marcos foi e voltou umas duas vezes esse ano. Régis acabou de entrar também nessa fila que tem o Romário como primeiro lugar disparado. Pera aí! Diretoria, vamos analisar isso com cuidado, pois casos assim podem nos tirar um tri-campeonato ou a vaga para a Série A em 2014.

  • cavalcante disse:

    Lembrar ao JOAQUIM que o Ceará perdeu TODOS OS VOLANTES, só ficou o JM…vamos pra frente para o tri tri tri…

  • Ronaldo Lemos disse:

    Weiber,
    Ouvi a informação que o CEARÁ já tem 7 jogadores acertados verbalmente para SÉRIE B. Poderia nos dar alguma informação sobre o assunto?
    Saudações Alvinegras.

    Até onde sei é que o Vozão já tem negociações avançadas com alguns jogadores, que poderão ser fechadas logo que termine a 1ª fase de alguns campeonatos estaduais.
    SA!

  • rafael disse:

    nao da pra culpar o treinador

    fomos com muitos desfalques e o juiz nos prejudicou demaiss

  • FJP disse:

    Caros,
    É claro que gostei do resultado, o que é melhor porque obtido em cima do bichano com implante capilar.
    Gostei demais do desempenho da zaga. O Cleiton e o Potiguar jogaram muito. Este último mostrou muita segurança crescente e me surpreendeu. O Ricardinho e Mota fizeram uma excelente partida. Eu pego no pé do Fernando Henrique mas sou obrigado a reconhecer que no meio de algumas limitações uma que ele não tem é a colocação.
    Mas, alguns comentários: pelo time que o Ceará tem, tomar calor de uma buchada como aquela, só vejo como explicação a limitação do técnico. No primeiro tempo até que não deu para perceber muito, mas no segundo ele quase nos mata do coração.
    É bom que se diga que queremos subir para a séria A e tomamos sufoco de um time(co) da série C.
    A substituição em que ele tirou o Mota para a entrada do Gabriel – sobrecarregando o Potiguar – quase enfia a vaca no brejo. Enquanto isso estava (mais uma vez ) o Magnata assistido a partida dentro de campo. Com a saída do Mota a carniça veio – mais ainda – toda para cima. E para completar o Sr Leandro Campos desceu o Ricardinho para marcar – na função de volante.
    Na minha opinião – fosse eu o técnico – teria tirado o inútil do Magno Alves e tinha colocado o Pingo nas costas do lateral esquerdo. Queria ver o desempenho da ala esquerda do bichano de perucas com um atacante veloz nas costas.
    Caro Weiber, uma pergunta ao colega que muito bem informado: tem alguma cláusula no contrato do Magno Alves que imponha ao Ceará ter que escalá-lo independente da bolinha de sabão que está jogando? Para eu não ser injusto, alguém viu alguma coisa que este rapaz fez o jogo todo?
    1 abraço a todos os alvinegros, e rumo à liderança!

  • Magnata disse:

    “…Esse é o estilo Leandro Campos de trabalhar, primeiro se defender, depois, se der, atacar, aí e se der, fazer o gol, pra depois, se der, segurar o resultado.”

    Mais preciso, nobre Weiber, impossível.

    Ganhamos, passando algum susto. Apesar da vitória no clássico, sempre bem vinda e festejada, é claro, mais uma vez vimos alguns “apagões” do time, principalmente no final do jogo. Não vejo o Leandro Campos como um treinador que vá agregar algo ao Ceará. Falo sério. Apesar das carências em qualidade no elenco, que todos sabemos que existem, não se pode jogar todo jogo desse jeito, como bem disseram acima, com o freio de mão puxado. A frase do Weiber que destaquei no início, é a expressão perfeita do estilo dele. Não dá outra. É isso mesmo.

    Fizeram um alarde da reclamação do Mota ao sair. Ele não ofendeu o treinador, não gesticulou, franziu a testa e disse a ele, sem gritos, chateado com a saída o famoso “pô professor, porque eu”. No que foi respondido, igualmente sem gritos, gestos, pedindo que ele fosse pro banco e se aquetasse. Simples. Aí vai o repórter “ele tá achando ruim, tão batendo boca”. Francamente… Eu ficaria contrariado se ele saísse de campo achando bom, dando graças a Deus. Precisamos é de mais jogadores que, bem ou mal, tenham disposição e vontade de jogar, não só em palavras, mas em ação. Sobre o cartão dele, normal. Ele é um atacante/meia que volta, marca, busca jogo, combate. Prefiro mil vezes que ele tome um cartão por jogo sendo combativo em campo do que não tomar, igual meu xará, por ficar em campo só olhando os zagueiros e volantes saindo pro jogo, sem dar um passo em direção a eles. O Potiguar até fez outra boa partida. Mas parece, como sempre, ter um parafuso a menos na cachola. E mais, só não foi expulso no primeiro clássico por dois amarelos porque o Almeida Filho estava num dia incomum. Ontem, só não foi expulso antes, porque o árbitro, sendo bem sincero, deixou passar algumas faltas dele. Não falo em faltas duras não. Mas em conjunto da obra. Porque raios ele deu aquela carrinho/tesoura faltando dois minutos pro jogo acabar? Não sei se foi só eu, mas gostei da atuação do Douglas, na sobra. Sem frescar, jogando sério. Só um detalhe: é a segunda vez que ele atua e pela segunda vez percebi que ele tem uma certa dificuldade em bolas alçadas na área, aquela velha história de marcar a bola e não o jogador. No final do jogo houve uma cabeçada de um jogador adversário que ele deixou o cara subir sem combate. Lulinha está rendendo o que eu não achei, sinceramente, que renderia. Só precisa melhorar o condicionamento físico e a “explosão” para sair em jogadas mais rápidas como as que fazia na época do Corínthians (onde era meia e não atacante). Falaram na transmissão que teríamos 7 jogadores com pré-contrato. Certamente nesse bolo, caso realmente exista isso, estarão um lateral direito e outro esquerdo. Porque só temos dois laterais: Rafael Cruz e Vicente. Tem de ver a situação do Rafael Vaz que ontem jogou bem e teve raça pra continuar visivelmente com fortes dores.

  • Sávio Feitoza Vozão disse:

    Ótima vitória. Time longe do ideal. Adversário fraco. Por favor acabem com essa corja de bandidos das desorganizadas. Saudações Alvinegras.

  • cesar de sao paulo disse:

    O mais fraco de todos e o Leandro Campos.

  • Francisco disse:

    AAALLLoooooooooooooooooooooooooooooooooooouuuuuuuuuuuu!!!!
    Procura-se críticos do FH!!!! Sumiram? Porque?
    Gostaria de saber quando certos vicios de torcedor vao acabar.
    Neguim tem que quebrar muito a cara ainda…
    De repente alguem nao vai com a cara de um jogador e pronto. Nao se pode condenar ninguem antecipadamente…
    Enfim, conseguimos a vitória e isso é o mais importante…
    S.A.

  • Francisco disse:

    Quanto a essas contratações ta me dando um calafrio na espinha!
    E la no fundo uma ponta de esperança. Esta chegando a serie B e nossa chance de retornarmos a serie A. Espero que não desperdissemos mais essa oportunidade com os mesmos erros.
    Se for pra inchar elenco é melhor deixar assim mesmo e nao contratar…
    Espero que essas contratações sejam para as posições certas e jogador que resolva ate mesmo porque dinheiro tem! junta um cinco desses que tao ai sem fazer nada traz um que resolva!
    S.A.

  • Ramon disse:

    FH fenomenal. Grande atuação. Os erros persistem, mas creuio que o tiem evoluiu. Ainda longe do ideal, ou seja, compeititvo para a séire B.

  • FJP disse:

    Estou começando a achar que temos mais time do que técnico

  • MAINHA disse:

    Weiber, ganhamos do nosso fregues. Cade os reforços cara. SA. Tecnico fraco.

  • Richard Ribeiro disse:

    Não gostei do jogo, não gostei da atuação do CSC e o pior, só fica provado que estamos longe de ter um bom time.
    MAS VITÓRIA DIANTE DA CARNIÇA É SEMPRE BOM.
    PÉSSIMA SUBSTITUIÇÃO DO TREINADOS, TIRAR O MOTA PQ??????

    S.A!!

  • CLÁUDIO CEARÁ disse:

    O LC é um caso raro de treinador que começa com o time arrumado e ao longo do jogo vai desarrumando.
    Vai substutuir mal assim lá na China!
    Atenção, o Potiguar precisa de uma atenção especial, é uma pedra bruta, precisa ser lapidada e não queimada, é jovem e pode ser orientado.

    Saudações alvinegras!

  • NAZARENO VOZÃO disse:

    Weiber, não moro em Fortaleza e só acompanho o futebol do Ceará pela SKY (canal 412 Verdinha) e pelo POVO na Internet. Portanto o que me direciona para elogiar ou criticar algum jogador, treinador ou o próprio time, são os comentários que leio, tanto no seu blog quanto no blog Gol. Então meu amigo, desde o início eu fui contra a contratação desse “treineiro” de plantão. O cara já mostrou que é frouxo ou tem medo de perder o emprego. Então depois que o adversário perde um jogador e o time consegue fazer um gol, muito bem feito, diga-se de passagem, ele mexe mal, recua o time e trás o rival todo pra cima dele? Na quarta feira passada foi o mesmo suplício. Para fazer isso o São Dimas (o eterno soldado) faria muito melhor. Detalhe: ele ama o clube mais do que esse bando de fuleiragens (sic) que aparecem por aí, só que tem um monte de gente que não percebe isto e na primeira oportunidade pedem a cabeça dele. De qualquer modo, valeu pela vitória e o fato de já termos ultrapassado o bichaninho na tabela. Agora a meta é faturar mais seis pontos em cima dos juazeirenses e assumir a ponta para ficarmos com as vantagens na seme e final. Saudações Alvinegras. PS. O goleiro malabarista dessa vez salvou a pátria e o emprego do treineiro.

  • milton disse:

    Caros Alvinegros, sem duvida que o potiguar precisa de um acompanhamento especial e uma atencao muito grande por parte do
    treinador pois o mesmo e um bom jogador precisa ser melhor orientado.
    agora a respeito de contratacoes precisamos de laterais. volantes e meia
    amador e atacantes URGENTE e dispensar os come dormes, quanto ao
    jogo continuamos levando sufoco no final por falta de opcoes.

  • Enéas Lins de Mesquita disse:

    Boa vitória , o time já está quase pronto !

    Tem torcedor que não entende, o Leandro Campos tirou o Mota por ter um cartão amarelo e colocou o Gabriel,Gabriel não rende ai ele diz que o Técnico não sabe fazer substiituição ! O Lenadro Campos faz as substituições e os jogadores não dão retorno ai é o Técnico que é culpado,hora essa.
    No jogo anterior o Leandro Campos colocou o Anselmo, colocou o Gabriel e me parece o Válber ai vocês torcedores acharam que os jogadores não entraram bem, o Técnico não tem culpa ele colocou jogadores que atuam na frente ! só que na opinião de vocês eles não foram bem !

    time para quinta-feira contra o Guarani de Juazeiro.

    Fernando Henrique, Rafael Cruz, Rafael Vaz, Douglas e Vicente, João Marcos,Diogo Orlando, Mota e Válber ( Gabriel ). Lulinha e Magno Alves.

    O Ricardinho pegou o terceiro cartão amarelo.

    Enéas Lins de Mesquita.
    Goiânia-Goiás.

  • Enio Azevedo - sócio torcedor disse:

    Fernando Henrique – 10, participação sensacional;
    Potiguar – 8 (tiro um ponto da expulsão e outro num lance que o atacante do bichano bichado passou entre ele e o Douglas);
    Rafael Vaz – 10, com congratulações pela raça;
    Douglas – 8;
    Eric – 5, ô cabra ruim (mas não teve culpa na expulsão ridícula do juiz);
    João Marcos – 6;
    Lulinha – 9 (mais dois pelo gol da vitória)
    Ricardinho – 9 (mais dois pelo passe do gol da vitória);
    Vicente – 8, apesar da virose, jogou bem;
    Magno Alves – 7;
    Pingo – não deu tempo de jogar, sem avaliação;
    Mota – 6 (menos um pelos mungangos e reclamações na substituição)
    Gabriel – 5, mas a culpa não foi dele, ele não é marcador e o colocaram para marcar o melhor jogador do bichano bichado na partida (Marinho Donizete);
    Técnico: Leandro Campos – 6 (mais dois pela falta de opções de zagueiros, alas e volantes);

  • Francisco Jose disse:

    Gostei do jogo. O Ceará jogou bem melhor. Uma pintura o gol do Lulinha: lançamento preciso, cabeçada fulminante. GOLAÇO.
    A substituição do Mota foi errada , pois estava lutando, combatendo enquanto o Magno Alves aos bagaços , esse sim é que deveria sair.
    Injusta a expulsão do Potiguar, não vi motivo para tanto. Rafael Vaz senhor atleta, e não vai ficar muito tempo no Ceará.
    Quanto ao FH não concordo que fez um partidaço. Goleiro está ali para defender, o que é sua obrigação. As bolas foram chutadas em cima dele e os saltos mirabolantes só para enganar os ingênuos. Engraçado é que todo mundo já esqueceu as contantes falhas do Fh no ano passado e a monumental falha contra o ASA com o Castelão lotado, quando deveria sair do gol e não saiu. Um amigo meu que estava atrás da trave quando viu a bola flutuando em direção ao gol ( Pois a bola foi lenta) gritou com sua voz berrante: Sai do gol Fernando Henrique . Ele permaneceu debaixo da trave e deu no que deu . Prejuízo total para o alvinegro. Para mim ele não engana : Frangueiro

  • Lucas disse:

    VOZAO, DE NOVO, TRICAMPEÃO.

  • Freire disse:

    Caro Domingos-Massapê, você, eu e 99% da torcida do vozão imaginaram que o “bruxo” iria expulsar logo logo o Eric, infelizmente só que não viu isso foi justamente o cara que ganha uma fortuna pra dentre outras coisas, enxergar o que nós enxergamos sem ganhar nada. Outra coisa, quando falei aqui nesse espaço que uns amigos de Natal me avisaram que teríamos fortes emoções com o LC, fui criticado por muitos, agora imaginem se pra ganhar desse timeco de série C/D foi um sufoco só, não quero nem pensar como vai ser na série B. Pior é ouvir que o LC tá indicando seus conhecidos, começando pelo tal de Leandrão, sei não.

  • cavalcante disse:

    Weiber não seria possível uma tabela ou coisa parecida para os leitores(criticos) dar a nota a cada jogador nos jogos, claro se não tiver custo…. VALEU…

    Cara, faz que nem o Enio.
    SA!

  • Sorin disse:

    Esse blog é do Barcelona? Que torcida exigente, rapaz, parece até que revelou Zico, Reinaldo, Falcão, sócrates…

    Tudo bem que não fizemos um jogaço e realmente levamos sufoco no 2o tempo. Tudo bem que não podemos ficar achando que tá tudo uma maravilha, mas também não é pra chorar. P… ganhamos de novo da carniça e estamos nos recuperando no campeonato. Xô, baixo astral!

    Injustiça ficar acusando o treinador de ser retranqueiro. O cara entrou no clássico com 4 jogadores que jogam pra frente: Ricardinho, Mota, Lulinha e Magnata e só com 2 volantes de marcação.

    Porém, do outro lado, havia um time com 11 jogadores disposto a não perder, todo recuado. Estou gostando do quarteto de frente do Ceará e acredito que ainda vamos melhorar muito.

    Saudações alvinegras e ó, galera, nós ganhamos p… vocês não sabiam não? Estão com saudade dos anos 2000?

  • Enio Azevedo - sócio torcedor disse:

    Acho que estou no tema: Fortaleza 0 x 1 Ceará e tudo o que gira em torno dele. Pela importância, este jogo é muito mais do que ocorre entre as quatro linhas. O Clássico-Rei, que tivemos este fim-de-semana foi mais uma vez prejudicial à população, com dezenas de ônibus quebrados, medo espalhado, prisões, e o pior, dois torcedores do Ceará mortos e um internado no IJF com uma bala na coluna cervical. Isto sem se falar nos gastos com a mobilização de centenas de PMs, agentes de trânsito, guardas municipais, seguranças particulares etc. Ninguém tem coragem de sair de casa para os terminais.
    Venho aqui, então, clamar que, antes que o Clássico-Rei seja definitivamente proibido, pelos imensos transtornos causados, tenhamos TORCIDA ÚNICA para quem tem o mando de campo.
    Todos ganharão, com redução significativa da violência e dos onerosos aparatos de segurança. Os clubes serão os maiores beneficiados, com rendas maiores, pois o povo não quer mais ir ao estádio em dia de Clássico-rei POR MEDO! A presença de público foi decepcionante. O televisionamento seria mais uma fonte de renda e não afastaria o torcedor, pois quem não quereria ver seu time num Clássico-Rei com segurança?
    SA!

    Caro Enio, o engraçado é que os baderneiros são os mesmos, os locais dos confrontos tb. Não sei pq as providencias não são tomadas como se devem.
    SA!

  • FJP disse:

    Caro Francisco José,
    Concordo com você.
    Acrescento que estamos hohe na série B graças tão somente aos frangos do rapaz, tomados quando estávamos ganhando e ele graciosamente cedeu o empate .
    A memória da nossa torcida é extremamente seletiva ou o sujeito tem um esquema perfeito de “jabás”. O Alan Neto rasgou seda ontem para ele que nem presta.
    Anotei ontem e repito: ou ele tem muita sorte ou se posiciona muito bem. Ou ainda os adversários só chutam em cima dele.
    Enfim, com ele no gol e o Magno alves na linha são dois a menos.
    1 abraço

  • Devemos dar uns descontos ao Leandro Campos nesse jogo, pois devido às contusões praticamente não tínhamos jogadores de defesa no banco. Rafale Vaz jogou (e muito!) no sacrifício porque não tinha nenhum zagueiro no banco para fazer uma substituição, ou até mesmo um volante para fazer aquela função. Por causa também da falta desse volante o Ricardinho teve que jogar recuado, ajudando o João Marcos na marcação. Vicente estava visivelmente abatido por causa de uma virose e mesmo assim teve de permanecer até o final, haja vista que colocar o reserva dele seria outro jogador a menos dentro de campo. Assim fica muito difícil para o treinador.
    Agora o que me deixa com uma pulga atrás da orelha são os nossos Departamentos Médico e Físico. São muitos jogadores com problemas musculares. Rafael Cruz e Vicente ficaram um tempão fora e isso nos prejudicou imensamente no Nordestão. Lulinha demorou uma eternidade para entrar em forma. Diogo Orlando está demorando muito para voltar. Éverton, até um dia desses, estava se recuperando, voltou a jogar umas três partidas e agora já ficou “quengado” novamente. João Marcos foi e voltou umas duas vezes esse ano. Régis acabou de entrar também nessa fila que tem o Romário como primeiro lugar disparado. Pera aí! Diretoria, vamos analisar isso com cuidado, pois casos assim podem nos tirar um tri-campeonato ou a vaga para a Série A em 2014.

  • Henrique Morais disse:

    Eu acho que o Ceará tem que melhorar bastante. A defesa, andou muito mal no segundo tempo, temos que admitir que o Fernando Henrique, nos salvou do empate ou até mesmo da derrota. Potiguar vem melhorando, mas não chega perto do Rafael Vaz, porque não tem nível para ser titular do Ceará. O Mota não tem mais desculpa, tem que fazer um gol, pois anda muito mal, mal passa a bola, e reclama quando o Leandro Campos tira-o do campo, e leva muito cartão amarelo, e fica bravo.

    Caro Weiber, poderia me dizer quando o Romário volta?

    Não tenho como te confirmar uma data, mas acredito que não deve tá mais perto do que longe.
    SA!

  • Lucas disse:

    FJP, é no mínimo estranha essa sua extrema ojeriza ao melhor goleiro do Nordeste.

  • PIO JUNIOR - BIRITEIROS ALVINEGROS disse:

    Meu caro Weiber
    Uma vitória sobre o time de terceira é sempre bom e importante. Mas não gostei nas circunstancias em que ela aconteceu. O adversário é muito fraco e nos deu um sufoco desnecessário no segundo tempo. LC recuou o time sem a menor necessidade, principalmente por ter jogadores velozes na frente para puxar os contra ataques com o Ricardinho. A zaga deles com os dois enganadores que estavam jogando era uma baba. Não atacamos, não os deixamos preocupados, tanto que eles subiram com tudo e não foram ameaçados, a não ser no gol do Lulinha. Outra coisa que ficou evidenciada Weiber, não sei se voce concorda, LC substitui muito mal. Tirar o Mota que vinha bem pra que?
    Gostei da estreia do Douglas, me parece um zagueiro que não brinca em serviço. Gabriel entrou mais uma vez no segundo tempo e mais uma vez decepcionou. O que está acontecendo com nosso garoto de ouro? O primeiro gol dele marcado pelos profissionais fez um efeito contrário?
    Bola pra frente e vamos em busca da liderança!
    Saudações Alvinegras
    http://www.biriteirosalvinegros.com.br

    Escrevi no post sobre a subtituição que ele fez.
    SA!

  • Ricardo Sena disse:

    Caro Pio Júnior, o Gabriel entrou no segundo tempo para fazer a função de lateral-direito, haja vista o Erick ter sido expulso e não termos no banco nenhum outro lateral-direito (Rafael Cruz estava suspenso), zagueiros ou volantes. Não podemos julgá-lo por essa partida atípica, ele estava totalmente fora de posição.

  • CARO AMIGOS QUE COMANDAM A ENTIDADE CEARÁ SPORTNIG CLUB CONTRATE PRA LOGO DOIS LATERAIS DIREITO UM MEIO CAMPO UM BOM ATACANTE PORQUE O CEARÁ JA ESTA PARECENDO COM UM TIME DE FUTEBOL TEM UM GOLEIRO BOM E SÓ QUANDO FOR COMEÇAR UMA PARTIDA O TREINADOR OU O PRESIDENTE CHEGAR PERTO DÊLE E LEMBRAR QUE ÊLE E O GOLEIRO OS NOVENTA MINUTOS E MAIS OS ACRECIMO QUE AI ELE E UM MONSTRO NO GOLTEM BONS JOGADOR COMO RAFAEL VAZ..VICENTE..JOÃO MARCOS RICARINHO MAGNO ALVES ..MOTA LULINHA.. GABRIEL RAFAEL CRUZ DOUGLAS ESTOU MAIS OTIMISTA MAIS ESSE ÉRIC NÃO GOSTO DO JOGO DÊLE PRAMIM E JOGADOR DE TERCEIRA NÃO PODE FICAR NO CEARÁ!!!

\

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *