Blog do Vozão

América-RN 1×0 Ceará – Vacilamos

464 59
Vicente foi um dos poucos que se salvou na partida (Foto: Magnus Nascimento)

Vicente foi um dos poucos que se salvou na partida (Foto: Magnus Nascimento)

Se olharmos os resultados que obtivemos nos últimos quatro jogos, percebe-se que na hora do pega pra capar deixamos a desejar. Foram três empates e uma derrota, ou seja, dos 12 pontos disputados só conseguimos três, muito pouco pra quem almeja um acesso. Tudo bem que matematicamente ainda temos chances e os mais otimistas irão dizer que ainda dá.

Com Lulinha sumido, Mota dormindo em campo, Magno Alves querendo ser o Rogerinho, pois toda bola que passava por seus pés terminava nos pés do adversário, e Ricardinho errando muitos passes, ou seja, com o quinteto que vinha fazendo a diferença e que foi peça importante na arrancada do time no returno deixando a desejar o resultado não poderia ter sido outro.

Nosso time não é de todo ruim, mas, para disputar uma competição longa como a Série B se faz necessário ter muito mais que um time, é preciso ter um elenco de qualidade, coisa que não temos. Diante do América-RN, por exemplo, quando mais precisamos dos jogadores de qualidade que temos no elenco, eles não foram capazes de corresponder nossas expectativas.

Não costumo analisar as coisas apenas pelos resultados, mas também pela produção dos jogadores dentro de campo ao longo da competição, pela qualidade do elenco, pelo que escuto nos bastidores e etc. E analisando esse conjunto de fatores percebi que a nossa principal meta deveria ser a permanência, depois de garantida, caso houvesse chances de brigar pelo acesso, aí sim, mudaria o foco, e foi isso que fiz, apesar das criticas.

Restam seis jogos, estamos a seis pontos do G4, a matemática diz que ainda temos chances, mas, que me perdoem os otimistas, pelo que o time tem produzido dentro de campo nos últimos jogos é meio complicado nesse momento ficar agarrado na matemática.

Na hora da onça beber água, ficamos sem a água, na hora do vamos ver, não vimos o que queríamos ver. Agora é bola pra frente e começar a olhar 2014.

Confira o gol da partida:

[youtube]http://youtu.be/TvcB4L1qHB0[/youtube]

FICHA TÉCNICA
AMÉRICA-RN 1X0 CEARÁ
Local: Estádio Nazarenão – Goianinha (RN)
Data: 26 de outubro de 2013, sábado
Horário: 16h20 (de Brasília)
Árbitro: Guilherme Ceretta de Lima (SP)
Auxiliares: Márcio Luiz Augusto (SP) e Celso Barbosa de Oliveira (SP)
Cartões amarelos: Max (América-RN); Ricardinho (Ceará)
Cartões vermelhos: Édson Rocha (América-RN); Mota (Ceará)

Gol: Max, aos 36 do segundo tempo.

AMÉRICA-RN: Andrey; Norberto, Cléber, Édson Rocha e Wanderson; Adílson Goiano (Cascata), Fabinho, Coutinho e Régis; Rodrigo Pimpão (Adriano Pardal) e Max (Edvânio) – Técnico: Leandro Sena.

CEARÁ: Fernando Henrique; Marcos, Gustavo Silva, Potiguar e Vicente; João Marcos, Ricardinho, Lulinha (Dinélson) e Rogerinho (Thiago Humberto); Magno Alves (Léo Gamalho) e Mota – Técnico: Sérgio Soares.

Saudações Alvinegras!

59 Comentários

  • emidio neto disse:

    Weiber, talvez tenhamos feito nossa pior jogo no 2º turno. Com certeza nenhum jogador se destacou no jogo de ontem.
    Não sou muito de falar sobre arbitragem, mas esse ó terceiro jogo que fomos prejudicados. Contra o Figueirense, Chapecoense quando atacante estava impedido e ontem o árbitro deixou de marcar um pênalti absurdo em cima do Vicente. O pênalti cometido foi desnecessário,. mas isso não importa, pênalti é pênalti e pronto.
    Weiber, você colocou ‘ o “dedo na ferida”, nosso problema é peça de reposição, infelizmente não temos.
    Perder para o América na sua casa, e com ele precisando desesperadamente da vitória, não é nada absurdo, o que está nos fazendo falta foram os jogos em casa contra Atlético-GO, Paraná e América-MG. Foram 7 pontos deixados de ganhar, estaríamos com 54 pontos já quase classificados. Mais ainda dá, vamos ter fé que vai dar certo.
    Lamento profundamente os acontecimentos ocorridos antes do jogo, torcedores do “Clube das Marmeladas” infiltrados na torcida do América, não que eles não possam torcer contra o Ceará, eles tem todo o direito, mas insuflaram a violência como é de costume da TUF. Lamentável.
    “Pode ganhar pode perder sou vozão até morrer”

  • Magnata disse:

    Complicando quando Rogerinho, que 100% fisicamente joga quando quer, avalie com metade ou menos da condição… Com Ricardinho que nem dominar uma bola conseguia, Mota sumido, Lulinha que quando tá perto de chegar à condição de jogar 90 minutos sempre se quebra e a cada jogo que perde parece que perde 25% da condição física… Um meio campo que não ligava nem conseguia uma sobra sequer… Eu não tava muito confiante, confesso, por conta do que ouvia nas entrevistas pré-jogo. Presidente dando a vitória como quase certa, alguns jogadores idem… Parecia que nem adversário tinha. Esqueceram do América, que apesar de na minha opinião ter um péssimo time (Pardal faz parte do elenco pra se ter uma idéia), tinha no jogo uma chance de isolar-se da zona de rebaixamento. Não era jogo de um time só… Apesar de que, no decorrer do mesmo, virou, pois só o América parecia querer jogar. Arbitragem? Vou repetir o que repito aqui há 3 ou quatro anos… Tem que jogar o suficiente pra arbitragem não ser fundamental pro resultado. Não adianta chorar. O cara não marcou o pênalti porque não quis. Não é ruindade não. Ele não quis marcar e pronto e isso não é novidade. Vejam quantos “erros” foram decisivos pros resultados negativos pra nós? Mas se o Ceará tivesse competência seriam apenas pequenos empecilhos os tais “erros” e não fatores decisivos. Nós sempre jogaremos com essa desvantagem mas parece que só os gênios que formam nosso elenco não veem isso. Há de se dizer também que nos dois últimos jogos o Sérgio Soares saiu de seu costumeiro acerto pra substituir muito mal. Eu, particularmente, não acredito que o Ceará suba esse ano se depender apenas dele. É incrível como não saímos do canto quando o time depende apenas de si. SA.

  • FAOLY disse:

    Caro Weiber, perfeita a sua observação. Otimismo é esperar o melhor, mas cautela e cuidado significa saber como se lidará com o pior. Sobre estatísitca. Matematicamente falando, o que é uma lombada? R: um buraco elevado a -1. Isso ai é o nosso Vozão em 2013. Lombada demais no seu caminho igual a redução de velocidade.

  • Freire disse:

    Além da questão de elenco sem muita qualidade, acrescento a volta da falta de disposição, sangue no olho, para querer subir realmente. Jogadores muito burocráticos, raça apenas nos discursos pra tv, só gogó.

  • César disse:

    Weiber , já estamos no final do segundo turno e a nossa zaga continua ruim . Agora eu pergunto : isso é uma atitude de quem quer realmente subir ?
    E para o meu desespero o Leitão terá mais um mandato . Subimos em 2009 com muita sorte . Em 2013 , a cada rodada , tudo fica muito mais difícil .
    Agora quem duvida que o Leitão ganhará o manjadinho de 2014 ? Isso sim é uma pândega .

  • josé disse:

    já era, galera………. vamos nos resginar………… aliás, já era desde que começou………… mais um ano só de manjadinho e mais nada………… essa é a “espetacular” gestão da nossa dupla manjadinho (o imperador evandro e o rei robinson)……….. eu venho dizendo desde sempre, eles são espertos……. são políticos e politiqueiros……….. eles tiram proveito de tudo………….. são cínicos e mentirosos………….. e agora conseguiram mais dois anos…………. vamos nos preparar, galera………….. mais dois anos de enganação pura……….. desafio alguem a provar alguma coisa que essa dupla tenha afirmado e que depois nao ficou mostrado que era pura balela……….. gente, mais uma vez eu imploro, vamos acordar!…. agora é torcer que esse time de pernas de pau e de jogadores velhos possam ajudar ao icasa…………. sobrou isso pra gente torcer………..

  • MOREIRA disse:

    É galera não deu mas o trabalho foi realizado. Esperamos que no centenário o GLORIOSO consiga mais um TETRA além da subida para a primeira divisão. Parabéns Evandro e toda a diretoria pelo esforço e dedicação. Não podemos ganhar sempre mas essa diretoria nos tem dado muitas alegrias. Não vamos deixar o CSC chegar ao nível do nosso adversário de terceira. Vamos continuar, renovando o sócio torcedor, comparecendo aos jogos e acima de tudo torcendo para que o time de maior do nordeste brasileiro possa cada vez mais buscar a transformando em clube empresa e ser acreditado por todos. Um abraço fraterno a todos os verdadeiramente alvinegros. Vamos que vamos VOZÃO.

  • W.Sousa disse:

    Que apresentação horrível, aparecia que os caras tinham se conhecido 5 minutos antes de começar a jogar. Que m…. de jogo foi aquele, parecia o Ceará do início da série B. Time sem objetivo, sem alma.

    Quem pensava que uma semana de descanso seria uma boa, se enganou, tirou foi o foco e o ritmo de jogo. Mota, Magno Alves, Lulinha, Rogerinho e Ricardinho perdidos sem conseguir trocar dois passes certos.

    O time do América é tão ruim que se fosse um pouquinho melhor tinha enchido a gente ontem, porque pelo que o Ceará jogou merecia ter levado uma goleada.

    Agora é aguardar para ver o que nos esperar no restante da competição. Matematicamente ainda dá, mas jogando o que jogou ontem e o que jogou no 2° tempo contra o América-MG…melhor esquecer.

  • Célio Miranda Albuquerque disse:

    Não sei como um torcedor que lida com paixão, pode manter a fleugma ante o desastre de ontem e fazer um comentário lúcido e equilibrado, a exemplo do que você, WC, postou acima. Diria você, mas sou âncora de torcida e tenho que ser frio como um britânico.. Tudo bem., mas dava para radicalizar um pouco porque ontem, não foi somente o escore que irritou a torcida, considerado normal pelo EMÍDIO NETO (ver seu post) e mais alguns, menos pela maioria, que ficou decepcionada, pois havia um resto de luz . A irritação veio por posturas de atores fora e dentro de campo, que pra mim, foram decisivos na derrota. A fora de campo foi a do senhor Evandro Leitão, que a la Robston de Castro(não sabem ficar calados em momentos crucias) havia dado declarações à imprensa, antes do jogo, dizendo o óbvio de que o Ceará precisava de 5 vitórias para chegar lá, das 7 partidas restantes, passando recibo de desânimo, de derrotado anunciada, de que se tratava de missão impossível e de que já estaria de bom tamanho a permanência. Todos perceberam nas entrelinhas. A do campo, o reflexo disto: jogadores apáticos, indolentes e indiferentes porque sem ambição e responsabilidade, uma vez que, o comandante da esquadra , ao invés de dar injeção de ânimo à tropa , fez foi causar ansiedade. Quando um comandante, numa frente de batalha,diz que a missão é quase impossível, com que ânimo, os soldados vão lutar?

    Há muitas histórias de heroísmo da guerra desproporcional Vietnam x Estados Unidos, em que os vietnamitas venciam passo a passo, com armas precárias, graças ao desejo(fome de conquistar/patriotismo-vestir a camisa), a determinação e naturalmente, seguindo a orientação firme e otimista das lideranças das frentes de luta. Por isto, credito, a derrota de ontem, à falta de um comandante firme , determinado e otimista, que contaminou a tropa com abobrinhas ou que já vinha contaminando(leia-se Robston de Castro). Weiber Castro, convenhamos, nos bastidores do Ceará, já corria, à boca miúda, o derrotismo e a convicção de que a permanência(vitória parcial da guerra, que não foi obra dos vietnamitas), já era missão cumprida. Aliás, este comportamento de se contentar com pouco, é próprio do Ceará, particularmente, de alguns diretores(que ainda influenciam) pra baixo que temos por lá, há anos, pois, não se admite o time passar 15 anos na B, sem que não houvesse algum dedo negativo de diretor freando, com pensamento de que não se trata de clube de nível A e fugindo das responsabilidades de ser de A. Aí tem coisa! Será dívidas e na A só iriam aumentar?

    Estamos sendo imbecilizados no campo de jogo. Minha aprovação à essa diretoria, no ponto de vista de estrutura e patrimônio. Minha reprovação no campo, nos últimos anos, nossa alegria foram as conquistas de disputas domésticas, evitar tri do rival, coisa pequena para um um clube centenário e que já disputou uma Sul-Americana, foi vice da Copa do Brasil, foi duas vezes campeão do N/NE, várias vezes terceiro colocado e semi-finalista em torneios nacionais e que por isso mesmo tem um nome a zelar e o compromisso com a torcida que pensa grande, menos a diretoria.

  • Chico da Sucatinga disse:

    Time teve uma boa sequência mas na hora do “pega pra capar” os erros da Diretoria aparecem. Mesmo assim poderíamos numa sorte subir como em 2009. Mas a sorte nos deixou.
    O jogo decisivo na minha opinião foi contra o Paraná. Se Mota não tivesse sido tão displicente, teríamos ganho e os resultados dos jogos posteriores teriam sido diferentes.
    Naquele jogo fui ao Castelão e no outro dia cedo, por coincidência, encontrei alguns jogadores no Aterro da Praia de Iracema, especificamente o lateral-direito baixinho que não sei o nome e o volante Ricardo Conceição. Puxei papo e ambos contaram que temiam uma goleada, especialmente porque haviam ficados impressionados com o futebol do veterano Magnata, rápido e habilidoso.
    E que só saíram com um bom empate por causa do Mota, que até brincaram que ele devia entrar pro Inacreditável F.C.
    É isso: sem sorte, com Mota dormindo nos últimos jogos e uma Diretoria que se contenta com o título do Manjadinho, ficaremos no lugar de sempre, no limbo de uma Série B mais fraca dos últimos anos.

  • Bosco disse:

    Se o árbitro marca aquele pênalti teríamos vencido o jogo.
    Todo jogo tem um erro grave na arbitragem contra nós e nenhuma providência é tomada pela FCF e CBF. Nossas chances se eram fáceis agora se tornaram remotas.

    No entanto, acho que a torcida tem que continuar apoiando o time nos jogos seguintes para que possamos melhorar a classificação e angariar recursos para poder renovar com os que merecem ficar.
    Além de tudo precisamos fazer boas contratações para a copa do Nordeste e testa-las para a série B 2014.

    Quem não jogou bem: O quinteto de ouro.
    Quem JOGOU BEM: FH, Marcos, Gustavo Silva, Ricardo Silva e J.Marcos. Esse resultado não teria sido tão mau se tivéssemos feito um bom primeiro turno.

    O jogador de número dez deles, emprestado pelo SPFC e o lateral direito tomaram a responsabilidade para si e ganharam o jogo.
    Saudações mais queridas.

  • milton disse:

    Caros Alvinegros, concordo com o WEIBER, agora o que chateia e
    que os caras ficam reclamando dos jogos muito proximos quando os
    mesmos tem uma folga de uma semana entram cansados sem GARRA
    e pararecem que desaprenderam ASSIM nao DA, enquanto ISSO a nossa DIRETORIA passa a impressao que o objetivo e a permanencia
    na serie B e ai ALVINEGROS so com muita sorte.

  • Enio Azevedo - sócio torcedor disse:

    Triste, muito triste essa atuação sem brio. O que me pareceu é que o time entrou morto dentro de campo, apesar de ter uma semana para descansar. É como se tivessem exigido demais dos jogadores em treinos muito pesados e matado o time. Não deu para entender nada! Foi a pior partida de muitos jogadores no ano.

    Ainda vem um árbitro daqueles não marcar uma penalidade em que não houve dúvida alguma.

    QUE VERGONHA CEARÁ!!!!

  • Maris Má disse:

    Weiber, saudação alvinegras

    Sou a Stela Má , que a partir de hoje, iniciando participação neste Blog do Vôzão, vai pegar no pé do presidente Evandro Leitão, até ele repor o Ceará na Primeira Divisão. Somente interessa pro torcedor evoluído do Ceará, a séria A,Copa do Brasil e Sul-Americana. Ser campeão cearense é rotina, ademais, que vale este título pra projetar o clube nacionalmente?
    Este presidente precisa tomar uma injeção anti-provincianismo e se espelhar em times de estados mais próspero como Santa Catarina, Bahia e Pernambuco. Mas, parece que não tem jeito porque “o pau que nasce torto, continua torto”. Quero dizer, como fazer o presidente ser evoluído em termos de visão macro se seu berço é humilde, lá da periferia. Precisamos na presidência é de Edson Queiroz Filho; um M Dias Branco; um Tasso Jeressati.

    Você acha, ôh Weiber de Castro, que se o presidente do Ceará fosse o Tasso Jeressati,ele não iria querer fazer um Ceará Grande tal como suas empresas?

    Ser humilde e vir da periferia, sem parâmetro de sofisticação, não quer dizer que necessariamente, deva ter uma visão tacanha. Tudo é uma questão de adquirir através de leitura e de convivência, uma forma de pensar além do horizonte em se é criado. É o caso do ex-presidente Franzé Morais. O Dr. Eulino, criado na riqueza, poderia ter feito um Ceará grande, mas, seu defeito era o de ter prazer de ser campeão cearense pra ver a torcida gozar com o Fortaleza. O Rabelo, é outro que tem orígem humilde e trouxe este espírito pra dentro do Ceará também.

    Vou pegar no seu pé, presidente,até você nos devolver a autoestima, fazendo o Ceará voltar a divisão de elite. Vai deixar a gente no castigo é?

  • Becão Coelho disse:

    Se o Magno Alves só tem fôlego pra um tempo,por que não colocá-lo no segundo tempo,pegando o adversário mais cansado ?

    muitos aqui disseram que o SS não é chegado a uma retranca. Pois acha que ele é. Mais uma vez o Ceará jogou buscando o contra ataque, pra fazer um gol e se retrancar.

    Nós estamos precisando é de jogadores guerreiros e não dos tipos chamados cinco diferenciados, que parecem mais umas mocinhas em campo. Em terra de cego quem tem um olho é rei…

    Estou passado. Acho que vou dar um tempo. Perdi meu tempo neste sábado, ao deixar pra assistir o jogo e não ter ido bem acolá…

  • Telmo disse:

    Fora Sergio Soares, 4 partidas sem vencer. Pra muitos apressadinhos aqui, ele é o melhor técnico que passou pelo Ceará… Pooodeee,um negócio desse?

  • francisco disse:

    pra mim esses últimos 4 jogos tiveram os seguintes fatores influenciando: pequena parcela da arbitragem, pequena parcela tbm de azar, e o mais importante de todos o fator psicológico! não temos nem capitão nem técnico pra acalmar o time. nos jogos aqui no castelão, no segundo tempo o time ficava completamente nervoso…
    pra mim esse é o principal motivo… Concorde que quiser!!
    Claro tudo isso sem falar obviamente do que depende do próprio elenco…
    Apesar de tudo, a esperança é a ultima que morre.
    S.A.

  • À respeito do jogo,
    Hoje o América entrou em campo para ganhar, e merecia até mais, um time limitado e inferior ao nosso más com mais vontade. Já o Ceará até parecia estar classificado, não fez por onde continuar vivo na competição.

    Individualmente vi o FH nos salvar de um placar maior, Potiguar e Gustavo bem, JM joga a mesma bola sempre, e mais ninguém me pareceu bem. Lulinha não foi a campo, Rogerinho mal, Léo Gamalho mal, e o pior, nosso grande Mota que tantas glórias nos deu vem comprometendo há várias partidas e já deveria ter sido sacado do time. Hoje além de jogar mal foi irresponsavelmente expulso, e agora?

    Nosso bom técnico errou demais nas substituições e tem boa parcela de culpa na derrota, mexeu errado, tirou quem não devia e escalou mal também, enfim, nada deu certo hoje.

    À respeito do campeonato,

    O Ceará não perdeu as chances hoje, perdeu no início do campeonato, más eu não quero voltar esse assunto. Sem mais……acabou.

  • Flavio disse:

    Eu escutei o ex-presidente do rival,que se assumisse,contrataria o Magno Alves e o Mota,como bombas de mil megatons. Ambos, se percebe pelo rendimento,são quase ex-jogadores. Poderia até não se-los, não fossem tão acomodados e displicentes, pois o Paulo Baier, na mesma faixa,ainda dita as cartas pelo Atlético-PR e outros. Relembro este fato só para dizer o quanto o nosso futebol adora reciclar ou involuir. Estes nossos dirigentes precisam urgentemente aprender como se monta time de futebol eficiente com pouco dinheiro, inclusive. Comparem a folha da Chapecoense ou do Icasa , com a do Ceará?

    É bom que se diga que o Icasa vem evoluindo com outra mentalidade porque se espelha ou é mais influenciado pelo futebol pernambucano, em função da proximidade e em razão disto, não é contagiado pelo vírus da mediocridade gerencial da capital.

    No seu comentário, Weiber Castro, afirma que o Ceará não produziu para ganhar o jogo, citando como terem pouco rendidos, jogadores como Lulinha, M Alves,Mota,Rogerinho e um outro do meio campo que não lembro o nome, mas que erra passes longos que é uma desgraça e acrescenta que temos pouca qualidade. Pronto,esta é a palavra que diz tudo, Como podem render se têm pouca qualidade ou se já estão em fim de carreira, como no caso do MA e do M. O Rogerinho tem apenas lampejo de craque(não aprovou no Náutico e os paraenses não o quer mais, mas o futebol cearense….), assim como o que eu esqueci o nome. Salvaria o Lulinha,que foi bastante marcado na partida, que pra mim, findou o sonho de voltar à série A, que não é difícil, basta se fazer um time competitivo, até sem muito investimento, de jogadores criteriosamente avaliados, novos e que queiram mostra serviço para ganhar mercado. É fácil. Difícil é mudar a mentalidade desses dirigentes novos apenas fisionomicamente falando.

  • Marisa Oliveira disse:

    Tchau. É hora de dizer tchau. Ceará , só ano que vem se eu sentir que estão fazendo um bom time pra subir, pois não aguento mais ver esse nosso futebol nas divisões inferiores.
    Quando acabar reclamam que não estamos na telinha da Globo em rede nacional por discriminação ao Nordeste. Que grande mentira. Mostremos futebol com altivez que divulgam…
    Um exemplo é o Ceará. Quando estava na série A,saiu até numa mini-série da Globo. A cantiga do grilo é como na mesma linha do dizer do Gleidson Serafim, ao se referir a tabela de classificação que o Alan Neto gosta de exaltar: ganhou, sobe. Perdeu, desce. Então digo eu: praticou um bom futebol e está na divisão de cima, sai na Globo. O resto é: papo fuuuuraaadoooo!

  • Nadiuska disse:

    Meu Deus do Céu,o Ceará, dizem,que não vai subir mais para a Primeira Divisão. Também, perder para o América de Natal Fosse ao menos para o Américo de Minas Gerais!

    Sei não hein,se não vai rolar Primeira Divisão esse ano, quando vai ser?
    Trabalho em hotel da Beira Mar e o que ouço os turistas dizerem é que o nosso futebol não acompanha o ritmo de crescimento de Fortaleza. Eles dizem que Fortaleza é uma pujança em termos de beleza, festa, serviço e equipamentos, mas no futebol é muito fraca . Dizem ainda que a Arena Castelão não merece o nosso futebol porque está bem acima.
    Acho que entendo assim, por exemplo, uma casa muito massa, mas os móveis muito pebas ou os moradores muito bregas. Gente, vamos botar esse futebol pra frente!
    Cordialmente
    Nadiusk

  • CARLOS LIMA disse:

    temos que vencer os seis jogos restantes para sonharmos com o acesso e ainda depender que Sport, America, Avai, não vençam os seus jogos.. ou seja é quase 0.000% de possibilidade.

    quando as chances apareceram elas não foram aproveitadas, nos jogos contra o Paraná, Chapecoense, America (mg), America (rn)..na verdade um time que pensa em acesso não pode levar gols nos últimos minutos dos jogos. e o Ceará é “especialista” nessa modalidade.

    levou gols do Oeste, America (mg), Figueirense, Paisandu, Chapecoense.. sempre nos minutos finais..

    a verdade é uma só..NÃO temos elenco, os reservas são na grande maioria de baixa qualidade técnica, e os titulares não suportam a sequência de jogos e viagens, caindo de rendimento.

    temos uma zaga muito fraca, começando pelo Potiguar, o João Marcos não mais o mesmo de 2009/2010/2011.. até pela sua idade, ou seja NÃO temos um time com elenco para subir para a Série A, o temos time apenas para ficar entre os 10 primeiros colocados.

  • Sávio Feitoza Vozão disse:

    Resultado mais justo seria empate de -1 X -1 pela bola furada jogada pelos dois times. Gente nova no Blog hein !!!!!! Weiber vc é muito democrático meu caro !!!!! Saudações Alvinegras.

    Sávio, procuro ser o mais democrático possível. Você não tem ideia do que leio por aqui e não publico.
    SA!

  • PAULO disse:

    Concordo com tudo q foi postado ,pra mim faltou dizer q fomos operado pela arbitragem no jogo contra Parana,chapecoense.e principalmente contra o América ,aí meu caro não tem time q suba .

  • Bosco disse:

    PAI DO ACESSO.
    Evandro:
    Quer subir? Chama o homem! Entenda essa história: http://bit.ly/1dBbrqC
    Saudações MAIS QUERIDAS.

  • JR disse:

    Péssimo jogo! Triste atuação de TODOS os jogadores do CSC. Talvez, escape só o FH, tão criticado outrora. O tal quinteto de ouro não jogou absolutamente nada. O Mota, além de apresentar a ruindade de sempre, ainda conseguiu ser expulso para coroar sua atuação “grandiosa”. O Magnata e o Ricardinho parecem que cansaram ou desaprenderam. De Rogerinho e do Lulinha não se pode esperar grandes coisas mesmo. São inúteis em quase todos as ocasiões. A defesa permanece ruim demais, mantendo a média de horrível exibição. Quando vão perceber a ruindade ao extremo deste Potiguar que agora quer mudar até de nome, mas não de futebol? Os laterais foram horríveis. Parece até que aquele Marcos jogou algumas partidas e acertou alguns cruzamentos na pura sorte. A grande surpresa negativa foi o Vicente que conseguiu se nivelar aos seus colegas na mediocridade completa. E, observem que aquele time do América do RN é um dos piores times desta competição. Não deve haver acesso neste ano mesmo, salvo se houver algo inusitado. Aliás, cá para nós, eu nunca acreditei neste time formado incompetentemente por esta diretoria fraca que parece não aprender com os próprios erros. Time que dependente de um Mota, por exemplo, não vai para lugar nenhum. Já foi uma glória ter escapado do rebaixamento, pois bem se observa que o Ceará não é muito melhor do que os que estão na zona da degola.

  • Carlão, um vozão na bahia disse:

    Tudo que se poderia falar, ja foi dito aqui. Pelo que jogamos no sabado, não tenho mais ilusão de acesso, pode até ser que pela sorte chegue lá, mas os concorrentes não estão vacilando. Esse ceara que eu vi sabado não foi o mesmo do inicio do returno, completamente apático. Parece que viajaram em ônibus semi-leito ate Goianinha e cansaram. Uma lástima. E ainda tem um bando de bestas que vão até o RN brigar se ser preso.

  • zé alvinegro - opinião disse:

    Prezado Weiber e amigos. Como a grande maioria aqui, o que me deixou mais triste foi a falta de garra e de postura do time. O que fez a gente passar a acreditar no time, a partir do segundo turno, foi a vontade dos jogadores, a garra, a determinação do time, somado à qualidade dos nossos jogadores de frente. Neste jogo, entramos sem alma. Fico triste, pois nesta hora começamos a fazer suposições, que, às vezes, não é verdadeira. Será que a diretoria, sabendo que o time está livre do rebaixamento, passou a não pagar o bicho “molhado”(aquele que é pago no vestiário)??? Vejam bem, amigos, não estou afirmando isso, é apenas uma suposição, pois não entendo como um time que vinha se matando em campo, que estava decidido a ir pra Série A, de repente, depois de uma semana de descanso, perde a vontade de jogar. Bem, amigos, vamos colocar a atuação de sábado naqueles dias que o time não se encontra e vamos pra frente. Não adianta ficar lamentando, temos de ter atitude. Vejam bem, jogar fora com apenas um volante (com mais de 30 anos) já ficou demonstrado que não dá. Pro próximo jogo, entraria com J.Marcos, Diogo Orlando e Galiardo (3 volantes). Esperaria o Atlético no nosso campo e tentaria matar o jogo no contra-ataque, com Rogerinho, Lulinha e Magno Alves. Faria isso sim. Amigos, no momento dependemos de sorte nos outros resultados. Temos de torcer Atlético-GO contra o Avaí, amanhã. Se o Atlético vencer, ele vem pra cima da gente com tudo, aí será a hora de joga com inteligência, esperando o adversário e matando o jogo no contra-ataque. O Avaí pega o Figueirense no domingo e pode ser que ele perca também, pois é um clássico. Temos de torcer pro América-MG também vacilar, o que não é impossível. Bom, o mais importante é a gente voltar a jogar bem, voltar a ter vontade de ganhar, voltar a ter postura de time grande. Ainda temos chances, amigos, mas temos de fazer nossa parte. Abraço a todos!!!

  • Ricardo Sena disse:

    O que mais doeu nessa derrota foi a postura indolente e resignada dos jogadores, reflexo talvez da direção. Sem sangue no olho não se vai a lugar nenhum, visto que os obstáculos são inúmeros. Além do mais outro erro grosseiro da arbitragem contra nós.

    Faço coro aqui a todos que postaram comentários criticando a mentalidade provinciana da nossa diretoria e repito abaixo comentário que fiz no post http://blog.opovo.com.br/blogdovozao/chapecoense-1×1-ceara-gostinho-de-vitoria/

    “Minha gente, não vamos nos rebaixar e ficar fazendo comparações com o ‘Amareliaum’. Desse jeito não vamos sair das fronteiras do nosso estado. Vamos pensar grande, pensar em atingir o mesmo nível do Atlético/PR, por exemplo. Pensar em atropelar os adversários aqui no Castelo do Vozão (independente do goleiro adversário tá pegando até pensamento) e lá fora também. Empate fora, nessa altura do campeonato, é péssimo resultado porque eu quero é subir pra Série A. Não quero ficar na B. Que se acabe a C. Quem provou filé não quer mais ficar roendo osso.”

  • Sávio Feitoza Vozão disse:

    E futebol tem lógica ???
    Como é que esse timeco do América mete 4 no Paraná hein !!!!
    Acho que são as consequências da terceira. KKKKKK
    Saudações ALVINEGRAS !!!

  • Magnata disse:

    “O calendário é puxado” – É puxado pra todo mundo
    “O campo é ruim” – É ruim pros dois
    “O juiz roubou” – Roubam sempre, mas perdemos mais gols feitos do que eles roubam
    “O pênalti mudaria o jogo” – Ou não… Se a cobrança fosse perdida, o revés poderia ser pior

    Não acho que nosso preparo físico seja dos melhores. Porque nossos jogadores demoram tanto pra se recuperar, pra ter fôlego pra 90 minutos? “O Romário é chinelinho, só vivia no DM e gordo”. A contusão do rapaz já aposentou muita gente, tipo o Guga do tênis e quase aposenta o Kaká. Será que o problema é só o jogador? Mas o grande problema do Ceará está nas mãos dos dois mandatários que querem e insistem em ser os responsáveis pelas contratações, por dirigir o futebol quando muito menino ainda no colégio entende mais de futebol do que os dois. Thiago Humberto, que não teve uma passagem que valesse a volta, passou dois meses treinando aqui pra ser regularizado e quando finalmente foi, se machucou no treino da véspera. Aí passou quase um mês pra ficar em condições e quando ele finalmente entra em campo é aquela pasmaceira de costume. Tentem contar quantas contratações foram feitas só esse ano? Que tal no fim do ano fazer um post e enumerá-las, comentando-as, nobre Weiber. Não é hora pra isso, porque tudo pode acontecer ainda, por mais difíceis que sejam as probabilidades. Mas deixo aqui a sugestão. Queria muito que fosse um post comemorando o acesso, mas alertando ao mesmo tempo os erros cometidos. Só acho muito difícil que isso ocorra. SA.

  • milton disse:

    Caros Alvinegros, concordo que a nossa DIRETORIA se PLANEJOU
    somente pela permanencia da serie B pois a mesma nao aproveita o
    potencial da torcida e da cidade de FORTALEZA que esta entre as
    GRANDES CIDADES DO MUNDO e quem pensar pequeno nunca vai
    ser GRANDE NAO E MAIS ADEMISSIVEL QUE PARA O PROXIMO
    ANO essa DIRETORIA SE mantenha penssando PEQUENO POIS
    O TEMPO NAO ESPERA POR NINGUEM( ACORDA DIRETORIA
    LENTAO CHEGA DE ECONOMIA DE PALITO) na minha opiniao o
    culpado mais uma VEZ PELO NAO ACESSO E A DIRETORIA QUE
    POR SINAL FEZ UM PAPELAO JOGANDO A TOALHA ( ATITUDE
    RIDICULA TIPICA DE INCOMPENTENTE) agora se eles mesmos
    reconhecem a LIMITACAO DO ELENCO QUE MONTARAM POIS QUE
    TOMEM UMA ATITUDE PARA NAO MAIS REPETIR OS ERROS
    ANTERIORES E QUE MONTE UM ELENCO DE VERDADE e NAO
    DE MENTIRINHA.

  • Ronaldo Lemos disse:

    Pessoal, é normal ficar p… quando o time não joga nada e ainda perde o jogo. Fiquei mais pela displicencia de alguns jogadores, mais ainda acho q dá. Sempre q o CSC joga contra times de menor expressão, é provável que faça m…., e não jogue nada. É f…, mas é a realidade. acredito q contra esses times mais difíceis, TALVEZ a coisa seja diferente. Mas, futebol tem dessas coisas.
    Vamos ver no que vai dar. Cada jogo é um jogo. E faltam 6. Pelas contas ainda dá. Mas pelo futebol, é melhor ficar onde está.
    S.A

  • Leonardo Lemos disse:

    A respeito do jogo América 1×0 Ceará:
    O América fez uma partida muito boa sim, procurou o tempo inteiro a vitoria como vem acontecendo do final do primeiro turno até a presente rodada, mas infelizmente conta com deficiências dentro do plantel e fora das quatro linhas. Jogar contra o Ceará nunca é facil pelo poder de investimento com o clube tem, mas não venham dizer que o América é super inferior tecnicamente ao alvinegro, pois temos um time razoalvel a ponto de ser injusto estarmos até pouco tempo brigando contra o rebaixamento.
    A vitoria de sabado foi muito justa e se tivessemos saido com um 3×1, 4×2 não teria sido nenhum absurdo. Confesso que realmente existiu penalti contra o Ceará, mas seria injusto um resultado que fosse diferente da vitoria para os alvirrubros.

  • CLÁUDIO CEARÁ disse:

    Faltou atitude e isso é fundamental em tudo!
    Não dá para entender o que ocorre com esse elenco, parece uma montanha russa, com tanto sobe e desce, e o pior é que tem mais desce do sobe.
    De um dia para o outro jogadores passam de craques a pernas-de-pau sem nenhuma explicação plausível, descansam um semana e entram mortos em campo.
    Parece haver um descompasso entre o que pretende a diretoria e o que deseja a torcida, enquanto aquela vacila e se dá por vencida antes do tempo, essa sonha e acredita num passo à frente querendo mudar de patamar.
    Carecemos antes de tudo de uma diretoria que sonhe o sonho da torcida, que não se contente com pouco, que tenha ambição, que queira voar alto, caso contrário nossa morada eterna será a série B.
    Acredito que o acesso passou para o mundo do impossível, espero, no entanto, que terminemos com dignidade, que não se repita a vergonha que foi o final do campeonato passado.

    Saudações alvinegras!

  • Cruz disse:

    A indignação da torcida é valida, mas tem-se que levantar um questionamento mais profundo, que é a forma amadora como se dirige o nosso futebol, sem qualquer planejamento de medio e longo prazos, ficando a mercê de salvadores e vendedores de ilusão em sua maioria dirigentes que tem como objetivo principal tirar proveito politico-eleitoreiro, pouco importando o que acontecerá com o clube, servido de trampolim para suas aspirações, não é sem motivo que o CSC passou mais de uma década na segundona, e, diga-se de passagem se não abrirem os olhos, nosso valoroso rival tambem caminhará para tal na terceirona. e não adianta o fiel torcedor perder tempo buscando entre jogadores e tecnicos a razão do desastre de vez que a responsabilidade total é dos dirigentes que contratam mal, administram mal, “sustentados” por uma propaganda enganosa de certos membros da “imprensa esportiva” que lá estão, sabe Deus como. Ou a Torcida apoiada pela Imprensa Esportiva Séria e Responsável, inicia um amplo e profundo debate sobre o nosso futebol, objetivando mudanças radicais no modelo de administração à partir da escolha de dirigentes comprometidos com o interesse dos Clubes, ou estaremos fadados ao fracasso total.

  • mauri disse:

    Mais uma vez nosso vozão foi garfado pela arbitragem, ta certo, não jogamos nada, mas merecíamos algo melhor que esta derrota.
    Analise dos nossos impotentes craques:

    Fernando Henrique: Não comprometeu e fez algumas defesas importantes.
    Marcos: jogou bem mas pouco apoio ao ataque.
    Gustavo Silva: Não comprometeu vem pegando rítimo.
    Potiguar: O melhor em campo, apesar de vir de contusão, mesmo assim, foi aquele zagueiro rápido de sempre.
    Vicente: Um dos piores em campo mudou do vinho para água, que fizeram com ele neste semana de folga?
    João Marcos: Não comprometeu, mas participou daquele lamentável incidente com o Rogerinho, deveriam serem punidos os dois, por pouco não são expulsos de campo.
    Ricardinho: Um dos piores em campo isso vem acontecendo ultimamente, que ta havendo?Algo extra campo?
    Lulinha: O menos ruim do ataque, mas sem folego.
    Dinélson: Ele entrou mesmo?
    Rogerinho: Não entrou em campo, veio somente brigar com os colegas.
    Thiago Humberto: Não comprometeu, menos mal, por que quem ele é nós já sabemos.
    Magno Alves: Esforço sem conexão, perdeu todas as bolas que pegou, um verdadeiro zagueiro do America.
    Léo Gamalho: Escalado errado como sempre.
    Mota: Péssimo um dos piores em campo e com um agravante, expulso por cometer uma falta desnecessária, deveria ser punido juntamente com Rogerinho e João Carlos.

    Obs: Nosso time mudou da água para o vinho e agora retornou a água, o que houve???Será algo extra campo ou será por que acabou a eleição para diretoria?Enfim,o que está acontecendo?Ou será por que são pernas de pau mesmo?

    Obs2. Já que estamos quase sem chances de acesso ou de cair, não seria bom, colocarmos em campo um time base para o próximo anos, afastando aqueles que vão sair.

  • cavalcante disse:

    Weiber castro cabra bom de Itapiúna vou dizer uma notícia boa para os torcedores preto é branco-Cearense Ceará sporting Club vamos ganhar as 03 próximas partidas PODEM ACREDITAR, no momento não falo de acesso mais lhe garanto que as pedras estão virando a nosso FAVOR OXALÁ….kkkkk..

  • Francisco Jose disse:

    Fui nocauteado com essa derrota. Não sabia o que escrever, mas com esse frangueiro no gol não tem placar em branco. Quando mais precisamos do Mão de Alface, mais ele entrega o ouro
    35 minutos do segundo tempo a bola é chutada de fora da área, no meio do gol , ocara dá um pulo espalhafatoso e espalma a bola para o meio da área e deu no que deu: gol do América
    Antes aos 11 minutos ainda do segundo tempo cometeu outra falha grotesca , a bola passou debaixo do seu corpo , igual ao gol do América MG, e o Potiguar conseguiu salvar
    Entretanto dessa vez a culpa não foi só dele , mais de todo o time que não jogou nada. Ningúem se destacou. Mota mais uma vez procurou expulsão. Assim não dá. Só resta ganhar do Atlético-Go. E o Icasa?
    Como é que pode? Tem tudo para se classificar apesar de todos procurarem impedir, mas acho que vai dá zebra histórica

  • Pedro Peres disse:

    O problema de ficar na B é que ela está se tornando um zoológico de espécies exóticas. Quem era Oeste? Boa Esporte? E agora, quem tanto zoamos por ir jogar nos cafundós do Pantanal, terá sua vingança. Sim, O Luverdense 2mg subiu e, se tudo caminhar pelo que parece nós o enfrentaremos ano que vem.

    E se perdermos, aí que a gozação virá em dobro, com juros e correções.

    Nossa torcida não merece uma coisa destas. Um time como Chapecoense que tem estádio pra uns 10 mil não consegue nem lotá-lo, ainda que o time esteja fazendo campanhas maravilhosas, tanto na Série B como nas séries que participou nos anos anteriores. Pegou um elevador da D e vai pra A sem escalas.

  • milton disse:

    Caros Alvinegros, depois de uma semana somente treinando para
    o jogo contra o AMERICA e o time entra MORTO em campo sem
    duvida que e muito estranho , quanto ao gol do AMERICA o FH
    fez uma dificil intervencao a DEFESA FOI QUE DEU MOLE
    DEIXANDO O ATACANTE DO AMERICA CHUTAR NA CARA
    DO GOL NESSE JOGO O FH NAO TEVE CULPA DA DERROTA
    O RESTO E AMOR MAL CORRESPONDIDO.

  • Mirtes disse:

    Com esse técnico que não foi dispensado, após 4 jogos sem vencer, não curto mais jogo do Ceará esse ano. Não foi dispensado simplesmente porque a diretoria não está nem aí pra subir, pois acha mais confortável a B que gasta menos.

    Nós somos mesmo uns trouxas que ficamos alimentando ilusão.

  • Mainha disse:

    Concordo com quase todos e resumo em poucas palavras. Faltou PLANEJAMENTO . Péssima defesa ou melhor grande avenida. Precisamos de sangue novo .SA.

  • Franferro disse:

    Weiber, soube de comentário na imprensa que a receita total do Ceará, este ano, está em torno de 10 milhões de reais. Sabe de quanto foi a receita do 20º time brasileiro (Figueirense), em 2012, conforme dados oficiais? 41 milhões. Isso pra comparar com o menor dos grandes, porque se for comparar com os gigantes, a diferença é chocante. Podemos até subir, mas pra cair em seguida, como aconteceu recentemente com o nosso Vozão. Estou lembrando isso pra ajudar a torcida alvinegra a cair na real, a desfazer-se dessa ilusão inviável e redirecionar nossos objetivos, que poderia ser entrar no Campeonato do Nordeste com vistas a conquistar o título, revigorar nosso estadual e outros torneios regionais e esquecer esse sonho impossível de realizar que é o de entrar nas disputas dos campeonatos sulistas de igual pra igual. Aqui são revelados bons jogadores, bons técnicos, bons dirigentes, mas existe uma barreira intransponível entre o NE e o S, e não é só monetária. Por falar em técnico, olha aí o nosso Flávio Sapim, o rei do acesso (4 vezes). Só não serve pros times de Fortaleza. SA

  • Maris Má disse:

    Weiber Castro, meu boa noite

    Em respeito àqueles que ainda acreditam e aos jogadores , não darei opinião sobre idéias de contratações para 2014 e nem criticarei diretoria. Irei respeitar o fim da B. Logo depois, iniciarei meu processo de pegar no pé do presidente e somente largarei, depois que éle devolver a auto-estima do torcedor, recolocando o Ceará na Primeira Divisão , pois não aguento ser Rei só no doméstico, vai ser minha ladainha. Vou fazer os cálculos com meu contador, quanto tempo, traduzidos em dias, meses, anos, horas,minutos e segundos, estamos fora da A e quanto tempo será preciso pra chegar lá, na A
    Por absoluto ÓDIO MORTAL, vou riscar a famigerada letra B, inclusive, você, nos meus escritos, não vai encontrar uma palavre sequer, com a letra B.
    Quem vem comigo, na reedição da carroça desembestada rumo a Primeira Divisão 2014? Quero adeptos para formar aquela corrente só aqui no blog mesmo, não precisa outro lugar porque sei que este espaço é lido pelos diretores do mais querido e logicamente eles vão sentir o peso da responsabilidade e vão encarar.O Ceará não é poste, que não sai do lugar e os dirigentes não são robôs pra não entender o apelo, não torcida? Não é Weiber Castro.
    No meio do ano que vem, é hora da tempestade passar

  • Bosco disse:

    Alvinegro Pedro Peres
    Tenho uma ótima notícia para você que detesta enfrentar times desconhecidos:

    Curitiba, Portuguesa, Bahia, Fluminense, Ponte Preta, Vasco da Gama, Criciuma, e Náutico, além de Figueirense, Joinville, América MG, Paraná, e icasa são os ‘desconhecidos’ possíveis de enfrentarmos em 2014 na série B.

    Torçamos para que os desconhecidos Fluminense, Curitiba, Bahia e Criciuma (este quase rebaixado) não caiam junto com o Vasco para não enfeiarem a nossa vida no ano do centenário em 2014.

    Sobre estádios lotados nós também não temos muito a nos orgulhar a anos. A não ser em alguns jogos especiais como na semi final contra o ASA e o clássico contra o Palmeiras.
    Muito pouco para mangarmos dos outros.

    E daqui para frente principalmente, diante dos últimos resultados que tivemos nem sei se continuaremos com aquele público carimbo de oito mil pagantes.
    Saudações mais queridas.

  • Jussier disse:

    Já que me chamaram de poeta alvinegro, vou assumir este papel, embora o momento não seja de poesia e nem sou poeta – talvez esteja poeta por uma exigência da vida , haja vista que na vida em geral e particularmente em qualquer empreitada, não se atinge os objetivos sem se ter poesia na cabeça, que é nada mais nada menos do emoção, entusiasmo,sonho, tudo isto que vem faltando ao nosso parece ex-glorioso de Porangabuçu. Claro, Jesus à frente. Mas não quero ser um poeta igual ao da música que é um poeta que não aprendeu a amar, como certos dirigentes que parece que não zela pelo clube à altura de suas exigências Século XXI, pois parece que ainda estão no século XX, de um Ceará se rastejando na série b quase que eternamente.Como não existe poeta sem poesia, o torcedor deve está querendo dizer, Carlos Drumond de Andrade tupiniquim, deixa de blá, blá, mostra aí uma poesia de autoria própria, afinal foi ungido à poeta alvinegro pra que?

    É mesmo. Então lá vai mexa:

    Sei que não subir hoje
    Não é o fim
    O fim´?
    O fim é se não tiver
    o fim das tentativas
    Que pode virar vício
    como antigamente
    Aí, aí, aí,
    temos que que formar um côro:
    Abaixo o Presidente!

    Muito obrigado.Dar pra perceber que não mereço esse título, como o Ceará não merece estar na b.:Vamos projetar a A com poesia alvinegrada !

  • Jussier disse:

    Corrigenda:
    No texto acima, final da linha 4, acrescentar que, após o do
    Na linha 10, substituir está, por estar.
    Vamos projetar a A com poesia alvinegrada!

  • Bosco disse:

    A idiossincrasia da torcida cearense. (idiossincrasia não é palavrão).

    Um jogador que foi contratado para fazer gols e que hoje é o artilheiro do Brasil, ou seja, está cumprindo com a sua missão de artilheiro IMPECAVELMENTE, ai aparece alguém para chamar o artilheiro de EX JOGADOR!
    Ai tem catinga de abadá. E como tem.

    Dizer que o Icasa se espelha no bom futebol pernambucano!
    Que bom futebol pernambucano é esse que ninguém ver?
    O Náutico com uma cota de 30 milhões está na lanterna da série A desde a primeira rodada do brasileiro.

    O Ixport com uma cota de 30 milhões disputa com grandes riscos de perder a vaga para os clubes de pequeno investimento como o Icasa e o Paraná ou ainda para o América mineiro.

    O Santa Cruz, maior torcida do estado, mergulhou fundo na mediocridade e foi até a série D.
    Está a anos na série C subindo agora para a série B muito mais pela mediocridade dos adversários da série C do que pela sua força futebolística.

    Que bom futebol pernambucano é esse meu povo?
    A única diferença dele para o nosso futebol está nas altas cotas que Náutico e Ixport recebem da televisão e nada mais.

    Agora o futebol baiano eu acho bem superior ao nosso porque vem empregando bem o que recebem da CBF/Globo que é idêntico ao que os pernambucanos recebem e não sabem gastar.

    Quem garante que se os nossos clubes recebessem a mesma cota deles nós não estaríamos tão bem quanto os bahianos? É possível sim.

    Concordo com vocês que há ERROS GRASSOS sim, cometidos por cartolas alvinegros e tricolores.
    Mas se os tricolores patinam na série C a séculos, há uma evidente evolução principalmente por parte do mais querido nos últimos seis anos em todos os setores. Futebol, administração e principalmente na infra estrutura patrimonial.

    Na entrevista que o cartola ex presidente ‘for Dista’ Ribamar Bezerra deu numa TV domingo passado ele falou das dificuldades que os dirigentes de clubes cearenses tem em acertar uma contratação de um craque assim de cara. A falta de recursos obriga-os a apostar em indicações que nem sempre dá certo na maioria das vezes.

    Para o cartola Ribamar Bezerra é quase impossível se acertar mais de 30 a 40 por cento nas contratações de jogadores no mercado do futebol quando se trata de times do nordeste de pouco investimento que são OBRIGADOS a apostar em nomes desconhecidos já que nomes de gabarito devidamente comprovado são caros e inacessíveis.

    Esses jogadores medianos são ídolos em seus clubes, estão bem empregados só saem se for para clubes de maiores investimentos ou para fora do país.
    Saudações MAIS QUERIDAS.

  • Bosco disse:

    Alvinegrada:
    A culpa de não estarmos no G4 hoje é da arbitragem caseira da FCF/CBF.

    Mesmo jogando ruim contra o América fomos roubados.
    O gol deles foi impedido e não marcaram um pênalti a nosso favor.
    A arbitragem tremeu diante da confusão feita pela Cearamor no estádio. Essa torcida tem prejudicado mais do que ajudado o clube.

    Time nenhum joga bem indefinidamente em todas as partidas.
    Há momentos de queda na qualidade do futebol praticado.
    O que importa não é jogar bem, o importante são os três pontos.

    Se não fosse a arbitragem caseira da CBF contra o mais querido teríamos trazido os três pontos em pelo menos cinco jogos fora de casa e estaríamos no G4 com folgas e dentro de mais uma ou duas rodadas teríamos a nossa subida para a elite facilmente garantida.
    Mesmo tendo feito um primeiro turno ruim.
    Saudações MAIS QUERIDAS.

  • Francisco Jose disse:

    Eu não quero ficar de férias antes do tempo, comentário do Mão de Alface em Porangabussu. No meu entender totalmente sem sentido. Se ele falou isso é realmente o que está pensando. Na minha opinião ninguém deve entrar de férias antes do final do campeonato. Além do mais acho muito difícil o Evandro renovar com o frangueiro, pois seria o atestado de burrice

  • aldair maia disse:

    e o pior é que a gente consegue perder pra estes,Guaratinguetás,Boas,Oestes,Ipatingas,Bragantinos,todo ano,e não se espantem,se o Luverdense ano que vem fizer o mesmo que o Chapecoense,por que lá, o dh corre solto e eles não têm medo de arriscar.

  • Ricardo Sena disse:

    Rapaz, esse post trouxe tanto comentário maluco. Temos sim do que reclamar, pois uma vez que provamos do filé (Série A, depois de tanto tempo) não queremos mais ficar roendo o osso (passar mais não sei quantos anos na Série B). Mas vamos colocar os dois pés no chão, sentar numa cadeira e escrever com as mãos e o cérebro.

  • Não adianta tentar colocar a culpa na arbitragem, essa torcida que comenta por aqui não é burra.

    Tentar desviar a culpa é uma estratégia muito antiga e não acho que vá enganar o pessoal que comenta aqui.

    Sim a arbitragem é uma m….., más é para todos inclusive tivemos um penalti clamoroso do FH contra o Icasa que não foi marcado.

    Torcida do Ceará, não caia nessa dos manipuladores de opinião que querem desviar a sua atenção do real culpado pela permanência na B esse ano, isso já foi falado aqui exaustivamente, a culpa é unicamente da Diretoria, sendo o Evandro o presidente portanto o principal culpado.

    Não começamos o campeonato com time formado, portanto não tivemos um bom planejamento. Ele só acertou no técnico na 4ª contratação, enquanto ele procuravam, os outros times marcavam pontos que já não pudemos tirar. Além de ter errado infinitamente nas contratações de jogadores, pense aí na lista de bombas que ele trouxe esse ano.

    Ah, vá ser puxa-saco assim prá lá.

  • Enéas Lins de Mesquita disse:

    Você tem razão Bosco, aquele gol do Chapecoense aos quarenta e sete minutos impedido ,aquele pênalti diante do América foi um absurdo, o arbitro estava em cima do lance, o narrador da TV falou que o arbitro pensou em marcar mais não marcou,foi um verdadeiro absurdo, o jogador do América deu uma Roçadeira no Vicente que quase pegava nas partes íntimas dele,um verdadeiro absurdo em não marcar aquele pênalti, aliás eles só erram contra o Ceará Bosco.
    Bosco eu estou achando que ele sabia que o América tem perigo de cair,ai então talvez ele não marcou por isso,de repente alguém deu o toque nele,no futebol nem todos é confiável.
    Zé Alvinegro,respeito seu ponto de vista,mas o Ceará tem que jogar é para cima,com muita garra e pegada dar para ganhar do Atlético.

    Fernando Henrique, Marcos, Gustavo, Ricardo Silva e Vicente.João Marcos, Ricardinho e Rogerinho, Lulinha, Magno Alves e Léo Ramalho.

    S e o Sérgio Soares não entrar c/ o Léo Ramalho,cabe no meio mais um jogador,o Dinélson ou o Thiago Humberto.

    A minha escalação seria essa : Fernando Henrique, Marcos, Gustavo, Ricardo Silva e Vicente. Diogo Orlando,João Marcos,Ricardinho e Rogerinho, Lulinha e Magno Alves.

    Enéas Lins de Mesquita.
    Goiânia-Goiás.

  • Bosco disse:

    Obrigado Enéas pelas suas palavras.
    Na verdade eu não quero ir atrás de bode expiatório NENHUM.
    Eu citei FATOS INSOFISMÁVEIS, fatos mostrados pela própria imprensa, foram vários erros indiscutíveis, visíveis em vários jogos fora de casa.

    Foi gol com mão, foi gol em impedimento, pênaltis não marcados em muitos jogos fora de casa, erros que se não tivessem acontecidos poderiam ter nos colocado no G4 apesar dos pesares.
    Saudações MAIS QUERIDAS.

  • NAZARENO MAIS DO QUE VOZÃO disse:

    … E já dizia minha bisavó nos velhos tempos: —“quem nasce pra tostão, não chega a milhão” e chega, né??? ou alguém quer mais???

  • Magnata disse:

    Concordo com todas as críticas à arbitragem. Mas se o time fosse mais competente e não perdesse tanto gol, esses erros (propositais ou não) seriam apenas pedras no caminho e não barreiras.

\

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *