Blog do Vozão

Ceará 0x0 Atlético-GO – Que venha 2015

675 83
Bill desperdiçou as melhores oportunidades de gol na partida (Foto: Cearasc.com/Divulgação)

Bill desperdiçou as melhores oportunidades de gol na partida (Foto: Cearasc.com/Divulgação)

Muita disposição, muita luta, muita vontade, muita correria, pouca eficiência, pouca coisa mudou, pois o que se esperava era uma vitória e ela não veio, o que veio foi a confirmação de que temos mesmo é que começar a pensar o nosso futuro para 2015.

Falou-se muito que o problema era esse, que o problema era aquele, que a culpa era cicrano, que a culpa era de beltrano. Enfim, trocaram treinador, mandaram um monte de jogadores embora, mas, o que se viu é que onde se esperava mudanças e resposta, que era dentro de campo, nada mudou.

Com relação ao jogo, o que vimos foi um time desarrumado em campo, com um treinador fazendo mudanças contestadas. Foi uma repetição do que aconteceu na partida contra o Santa Cruz, a diferença foi o placar.

De nada irá adiantar ficar aqui tentando buscar desculpas ou justificativas para o que aconteceu, mas que é estranho é. Um time que aparentava ser bom, que fez jogos maravilhosos, que encheu seu torcedor de esperança, terminar a temporada dessa forma é de se estranhar. Algo de errado acontece nos bastidores do Vozão, essa é a única certeza que eu quero ter.

Mesmo que os mais otimistas sigam acreditando, até porque existe a tal da matemática, a minha pessoa, pelo que vejo desse resto de time que ficou não acredito mais em acesso. O melhor agora e começar a pensar o 2015. E nem vou mais pedir que aprendam com os erros, pois é pregar no deserto.

Ahhh, não adianta só mudar o saco, é preciso que se mude a farinha também.

Confira lances da partida:

[youtube]http://youtu.be/XpNlHsnmpy8[/youtube]

Ficha Técnica

Ceará 0x0 Atlético-GO

Local: Arena Castelão, em Fortaleza-CE
Data: 7 de novembro de 2014, sexta-feira
Horário: 21 horas (de Brasília)
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden/RS (Fifa)
Assistentes: Marcelo Bertanha Barison/RS e Maurício Coelho Silva Penna/RS
Cartões amarelos: Artur, Adriano Alves e Jonas (Atlético-GO)

Renda: R$ 68.863,00

Público: 7.484 (pagantes) e 433 (não pagantes) – Total: 7.917

Ceará: Luís Carlos; Marcos, Sandro, Diego Ivo e Samuel Xavier; Michel (Felipe Amorim), João Marcos e Ricardinho; Assisinho (Lulinha), Magno Alves e Bill (Eduardo) – Técnico: PC Gusmão

Atlético-GO: Márcio; Mateus Caramelo, Artur, Adriano Alves e Diogo Goiano; Willian Arão, Pedro Bambu, Thiago Primão (Jonas) e Jorginho; André Luís (Thiago Feltri) e Kayke – Técnico: Wagner Lopes

Saudações Alvinegras!