Blog do Vozão

Proteger, apoiar e valorizar

168 18
Diego Almeida, Rômulo e Caio Cesar na seleção do Nordeste (Imagem: EI/Divulgação)

Diego Almeida, Rômulo e Caio Cesar na seleção do Nordeste (Imagem: EI/Divulgação)

Quando se fala em garotos da base logo surge um certo ar de desconfiança por parte do torcedor do Vozão, que imediatista como é, logo cobra um rendimento cem por cento e acaba por “queimar” boa parte deles, que terminam saindo para “brilhar” em outros clubes, casos de Éderson e Pablo, dois dos mais recentes casos.

Recentemente o Vozão disputou a Copa do Nordeste sub 20 e emplacou três atletas na seleção da competição, o goleiro Diego Almeida, o zagueiro Rômulo e o atacante Caio Cesar. Agora a garotada se prepara para as disputas da Copa São Paulo de Futebol Junior, que será disputada no início de 2016, estando o Vozão no Grupo 8, ao lado de Joinville/SC (02/01), CSP/PB (04/01) e Guaratinguetá/SP (06/01).

Com a participação do Vozão constantemente em competições nacionais, esses jogadores vem ganhando experiência, algo necessário para seu crescimento profissional, e com isso os resultados começaram a aparecer, a conquista do título em todas as categorias disputadas no âmbito estadual já é um fato positivo.

Todo trabalho realizado na base é a longo prazo e o com o pensamento voltado para ter frutos colhidos no futuro e não no presente. Não se pode cobrar de um garoto de dezessete ou dezoito anos uma rendimento de uma jogador de vinte cinco ou vinte seis anos, por isso, o tratamento dado a um garoto da base deve ser diferenciado por parte de seu torcedor, que precisa ter paciência e saber valorizar sua joia.

É fato que algumas vezes esses garotos são usados de forma errada, como foi o caso do Robinho, que sob o comando de Silas ganhou uma responsabilidade de carregar um fardo do qual não estava preparado para suportar, e isso, no meu ponto de vista, acabou prejudicando o garoto, que acabou se desgastando perante a torcida, sendo necessário emprestá-lo ao Confiança para que pudesse respirar um ar diferente e ganhar um pouco de experiência.

Os laterais Búiu e Sanchez, além do atacante Robinho já estão lá, e é pensamento da diretoria do Vozão aproveitar mais alguns garotos da base no elenco profissional em 2016, e o apoio do torcedor será fundamental para que esses garotos possam desenvolver um bom futebol em campo.

Proteger, dar apoio, confiança e valorizá-los no presente, para assim poder cobrar no futuro. Esse tem que ser o comportamento do torcedor para com os garotos da base.

Saudações Alvinegras!

Recomendado para você

18 Comentários

  • Mainha disse:

    Aí sim é correto. Fazer investimento na base. Melhor que está contratando várias apostas sem saber quem vai dar certo. A base começa a dar frutos. Ganhamos todos as competições promovidas pela federação e no campeonato do nordeste tivemos 3 jogadores na seleção final. O caminho é este. Vamos apoiar a BASE . SA

  • VOZAO disse:

    pro estadual coloquem o menino sanches pra jogar os outros vao esperar

  • João Nogueira disse:

    É preciso que a torcida tenha paciência com a garotada. Quanto tempo alguns jogadores contratados a peso de ouro passam jogando sem fazer um gol sequer, e todos têm paciência!! Não tiveram com o Robinho que é um bom jogador. Deixa o garoto jogar, sem grandes cobranças, e vocês verão que ele vai deslanchar. Poderá ser o goleador que precisamos!

  • Angelo disse:

    Gostaria de um dia vernno principal varios da base, com sangue cearense e com amor à camisa do vozão.

  • alberto t disse:

    Uma pergunta, o vozão poderá utilizá-los na copinha são Paulo? da qual o vozão tá no meio, e se puder tomara q entre com força e como anda mesmo o time prá essa competição q se inicia daqui uns 25 dias salve o engano?

    Copa São Paulo Jr só pode utilizar garotos de até 18 anos.
    WC

  • Bosco disse:

    Eu nem perco mais meu tempo pedindo apoio da torcida para a base.
    No primeiro passe errado ou gol perdido o garoto já está acabado para a torcida imediatista e perfeccionista.

    O que fizeram com o Ederson e com o Pablo foi cruel demais.
    Num passado remoto lembro-me do atacante Marcílio que foi triturado pela torcida. Foi dispensado e virou ídolo e artilheiro na Paraiba.

    Arthur era vaiado pela torcida, chamavam ele de lento e dispersivo. Foi um dos melhores jogadores do futebol cearense brilhando em clubes do sul do pais.

    Pablo chegou ao ponto de ser escalado num jogo de série A pelo Dimas sem o devido preparo tático e psicológico. Falhou num lance de marcação sem maiores consequencias e foi substituido nos primeiros vinte minutos do primeiro tempo. Queimou-se definitivamente.

    Nem adianta mil torcedores apoiarem porque cinco idiotas secando já é o suficiente para acabar com o garoto. E idiota tem muita força na hora de secar. Começa pela imprensa.

    Não temos essa tradição de formar garotos.
    Garotos promessas deviam entrar em jogos fáceis já decididos, para que seus erros sejam minimizados. Colocaram o Robinho para resolver o que era obrigação dos profissionais.

    Se montarem time para o estadual com garotos da base e não for campeão pode ficar certo que a culpa será dos garotos. E não dos profissionais mais esperientes.

    A poucos dias atrás vi aqui mesmo nesse blog comentários precipitados e injustos em relação ao trabalho da nossa base. Fazer o que? Se a gente for perder tempo tentando explicar alguma coisa aqui a gente é logo mau interpretado e agredido.

    Quero ver esses caras agora tendo a coragem de darem o braço a torcer. É cedo ainda para a gente ter uma revelação da base no titular. Acho que DENTRO dos próximos tres anos teremos novidades.

    Saudações MAIS QUERIDAS.

  • Bosco disse:

    Célio Miranda a subida de clubes de pequeno investimento como nosso para a elite do futebol brasileiro sempre vem acompanhada da queda no ano seguinte por causa da grande dissiparidade na distribuição das cotas da televisão. Foi assim com o America de Natal e outros clubes grandes de torcida e tradição, mas de pequeno investimento.

    Enquanto Ceará recebe tres milhões clubes como o ‘Ixport’, Vitória e Bahia recebem trinta milhões.

    No caso do Vozão subimos em 2009 disputamos em 2010 muito bem, poderiamos ter ficado na elite em 2011 quando caimos nos detalhes.

    Aqueles tres pontos que perdemos para o Vasco no primeiro jogo no PV quando coloamos um time misto por causa da semi final da copa do Brasil. Não fosse isso poderiamos ter permanecido por tres anos ou mais.

    Administração competente com um pouco de dinheiro pode segurar um clube do Nordeste na elite. O Ixport se preparou bem, ao contrário do Goiás que caiu. Já o Flamengo decepcionou com a sua cota de cem milhões. A mesma do Corinthians que foi campeão.

    Uma boa administração sem dinheiro não resolve nada.
    Tem que ter competência e lastro financeiro para permanecer na elite.

    O Botafogo mesmo perdendo muitos jogadores importantes durante a competição conseguiu substitui-los a altura por causa do lastro financeiro que foi aquinhoado.

  • Ricardo Sena disse:

    Essa é a hora de colocarmos esses garotos da base. Boto fé no Buiú, Sanchez, Artur e Caio César.

    E apoio psicológico para esses garotos é fundamental. Assim eles vão adquirir auto-confiança e gana para quer ter sucesso na carreira, além de perder a timidez e o medo das críticas da torcida e imprensa.

  • Antonio disse:

    Minha torcida para que esse projeto do Vozão de formar um time vindo da BASE é grande e vai dar certo. A torcida também tem que se preparar para recepcionar bem esses garotos.

  • VOZAO disse:

    o torcedor nao tem culpa que na epoca do pablo e do ederson os mesmos nao tiveram personalidade suficiente pra vestir o manto maior e melhor do brasilllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllll

  • Victor Sales disse:

    Tomare que dê certo, pq essas contratações que estão trazendo são desanimadoras….

  • Expedito Junior disse:

    Como a matéria é sobre a garotada da base, temos duas opiniões sobre isso:
    A primeira é sobre a personalidade do atleta, como foi dito aí, o jogador de hoje precisa ter mais confiança no seu futebol, principalmente esse garotada, eles entram no jogo com medo de errar, quem tem medo de errar não acerta, não produz. Ficam com medo de dar um drible e perder a bola, tem medo de dar um chute no gol, se livra logo da bola…tem talento, mas tem muito medo!
    A outra coisa é a disposição física dos atletas, acho os atletas com pouco vigor físico, pouca musculatura, muitas vezes pouca estatura para posições que precisam de maior estatura. Tem bom toque de bola, boa tecnica, alguns até talentosos, no entanto, não se dedicam na parte física como deveria. Dia desses passou uma reportagem sobre o Cristiano Ronaldo, ele com quinze anos já era um atleta muito dedicado na academia de musculação, fortalecimento muscular, fica a dica.

  • Vovozão10 disse:

    Venho por meio deste, parabenizar a base alvinegra pelo excelente ano de 2015, logrando êxito em todas as categorias de base no futebol cearense. Minha aposta para o próximo ano se chama Sanchez, lateral que bate muito bem na bola e cobra falta com maestria e perfeição. Como em todo clube do mundo apenas um jogador da base vinga durante o ano eu fico com ele como sendo o jogador que irá se firmar no grupo alvinegro. AVANCEMOS!!!

  • CLÁUDIO CEARÁ disse:

    Coisa mais sem sentido querer colocar a culpa na torcida porque jogador a ou b não foi bem aqui e se deu bem em outro lugar.
    O Robinho teve todas as chances que um jogador pode ter e se não rendeu a culpa pode ser de qualquer um, menos da torcida.
    O Cametá e muitos outros desse grupo foram criticados e muito (porque não estavam rendendo nada), vou ficar só no exemplo do Vitor Luis, que deu a volta por cima, passou a jogar bola e todo mundo parou de criticá-lo, assim como o Cametá, outro que deu a volta por cima, até o “aposentado” e 0800 Siloé, resolveu jogar bola e ganhou a torcida.
    O responsável é quem escolhe e escala, quem acompanha, quem treina os fundamentos, quem dá o sinal de positivo, a torcida sempre apoia, agora não é obrigada a ficar elogiando quando o jogador quebra a bola seguidamente, não demonstra interesse, garra, só porque é cearense e da base.

    Saudações alvinegras!

  • Andre Lima disse:

    Não concordo que a torcida é que é impaciente, torcida nenhuma tem paciência com o que não está dando certo, o que falta ao Ceará é um profissional que tenha essa visão, saber como lançar o garoto aos poucos, até que o mesmo vá adquirindo confiança e possa mostrar um bom futebol conquistando assim a confiança da torcida, não pode jogá-lo as feras como fizeram com o Robinho, queriam que o garoto fosse a solução dos nossos problemas, onde praticamente ninguém estava jogando nada, assim realmente não tem como ter paciência, vai lançando aos poucos ou empresta para times menores onde ele tenha condição de ser titular ganhando assim maturidade.

    Segundo ponto é que não basta ter só uma grande estrutura, como já temos hoje, o profissionalismo exige resultado e no caso das categorias de base não é ganhar títulos o mais importante e sim a qualidade do que está se revelando, os responsáveis por nossa garotada precisam ser cobrados por isso e se não está dando o devido retorno é necessário a troca, não adianta ser um bom moço, o amigo de todos tem que trazer resultado.

    Não gosto de citá-los como exemplo mas tenho que falar, nosso adversário (a Stella) com uma estrutura bem mais precária, tem conseguido revelar bons valores, já o Ceará continua com as mesmas desculpas, “tem que ter paciência, pois este é um trabalho a longo prazo”, vamos deixar as desculpas de lado e mostrar resultado, pois já passou da hora.

  • alberto t disse:

    Mais 02 jogadores na conta, vamos lá, sobre o goleiro, acho q ñ deve ser pior q LC frangueiro, q graças aos Deuses do futebol foi barrado mesmo tardiamente pelo Lisca q se ñ toma as rédeas para si contra esse furão, com certeza a história hoje seria outra; Régis (volante) do américa RN, tomara q der certo com o outro do paissandu, dois (02) jogadores novos e se acertarem, em?do jeito q eu gosto, garimpar novos jogadores da região, mas tomara q der no peso, ñ acredito q a pisada seja a mesma, nem sonhar galera, Sampaio correa só acerta na mosca, e nós? tomara; um lembrete a galera amiga do homi, vamos lá, ainda mais com quem tem poder de mostrar suas opiniões via OUVIDORIA, a ponte preta e botafogo, tá liberando uma turma q seria interesante dar uma olhada, tipo DIEGO IVO(zagueiro) todos conhecem e o camisa 10 do MACAÉ? afora um monte q outros amigos citaram, ah, ia esquecendo, tem uma outra ruma sendo mandado embora, eu ñ gosto, mas quem sabes, olhem aí: FLAMENGO-L.Antonio, Gabriel, Paulinho, M.Araújo, Canteros, até o preterido do ano passado JONAS(s.CORREA), Marcelo(zagueiro doido, 19 anos, mas polivalente, acho q um bom capricho nele, quem sabes?), valeu.

  • VOZAO disse:

    o que ta me deixando intrigado sao as contrataçoes essa ultima entao vixeeeeeeeeeeee

  • Célio Miranda Albuquerque disse:

    BOSCO, acho que você foi muito feliz e sábio nas colocações, e não tiro uma vírgula.

    Mas qual seria mesmo a sua conclusão? Seria a de que não podemos aspirar a A porque não temos lastro e logo cairíamos? Ou poderíamos aspirar a A , mesmo com pouco investimento, mas de forma inteligente continuarmos?

    Parece então que nossa vocação seria a de continuarmos na B por mais 26 anos, tendo que assistir a evolução de outros estados? Dentro do seu raciocínio correto, cabe ilustrar com o Joinvile e o Avaí, que subiram e já estão de volta. Entretanto, o Figueirense vem se mantendo.

    Sei não viu, Bosco, por você ser mais um torcedor que faz colocações assim, vou me desiludindo e me afastando do futebol, pois não concebo torcer por um time que não aspira a elite, pois B é demérito e não combina com a grandeza da torcida do Ceará e com o crescimento que teve o estado e a capital nos últimos anos.

\

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *