Blog do Vozão

Vem, não vem

420 29
Jorge Sotter acertou com o Vozão, depois deu pra trás (Foto: Christian Alekson/CearaSC.com)

Jorge Sotter acertou com o Vozão, depois deu pra trás (Foto: Christian Alekson/CearaSC.com)

Após tudo acertado e o Vozão anunciar oficialmente o retorno do preparador físico Jorge Sotter ao clube, uma semana depois, a diretoria foi pegue de surpresa com o pedido de demissão por parte do mesmo, que alegou preferir retornar ao Atlético-GO, de onde saiu no meio do ano para voltar a fazer parceria com PC Gusmão, no Marítimo, de Portugal.

Jorge Sotter é aquele mesmo que trabalhou com PC Gusmão no Vozão nas vezes em que o treinador esteve no comando do time, inclusive fazendo bons trabalhos e deixando saudades, tanto que o anuncio de seu retorno agradou a grande maioria dos alvinegros.

Segundo o presidente Robinson de Castro, o interesse no retorno partiu do próprio Jorge Sotter, que por varias vezes ligou para o presidente pedindo para voltar a trabalhar mais uma vez no Vozão.

Quanto à situação da diretoria diante do episodio, de minha parte, ela está totalmente isenta de qualquer tipo culpa, afinal, empresa nenhuma é obrigada a permanecer com um funcionário que de uma hora para outra demonstra total falta de interesse em trabalhar na empresa.

Em tempo, a novela Magno Alves segue de vento em popa. Em termos de proposta salarial, o clube chegou ao seu limite máximo, sendo esse máximo o mínimo que pede o empresário do jogador, segundo disse o presidente do clube em entrevista a imprensa.

Voltando a dar os meus pitacos, digo que o atacante Mota tem muito mais história no Vozão do que Magno Alves, e a paciência do Clube com ele foi bem menor. Acho que tudo tem limite, a diretoria deveria bater o martelo e encerrar o caso dizendo: Só tenho isso pra te oferecer, vai querer? Não. Então, tchau!

Vozão, campeão da popularidade!

29 Comentários

  • Vitor Nobre disse:

    Já comentei sobre o caso Magno Alves,vou repetir,me recuso a tratá-lo por ” magnata”,na minha opinião o mesmo não fez história no ceará,ao contrário de tantos outros,sempre que se inicia uma negociação,vem esse enchimento de saco,ele se acha,só relembrando as outras passagens;1-quando estava pra fechar a segunda passagem pelo ceará,veio o Sport e o levou, foi banco lá, 2-ano passado disse ” vou encerrar minha carreira no clube do meu coração,foi banco lá, 3-agora vem com esse papo de Bahia,que vá é se for,vai ser banco lá,portanto meus amigos, vamos olhar pra frente,ele não está com essa bola,se contratar será mais uma cagada,tenho dito !

  • MILTON disse:

    Caros Alvinegros, concordo plenamente com o seu comentário caro WEIBER , já erá para a DIRETORIA ter dado um basta nessa novela , que ele volte para o FLU ora bolas, o vozão não é casa de mão chica nem SPA de luxo de aposentados, e ainda tem a novela lelê que só fechar com o vozão se não der certo a proposta do JAPÃO depois que chamamos o ROBSON DE PIRULITO os BABÕES pegam AR, o ROBSON tem que botar moral não adianta ficar forçando barra com jogador pois se ficar insatisfeito por não ter recebido o valor que queria e nem por
    ter dado certo a proposta que ele estava aguardando não vai render 100 por cento, chega de contratar jogadores que ACIMA de tudo só pensam em dinheiro, já basta os monte de erros do passado jogadores caros e improdutivos que viviam praticamente de DM e faziam corpo mole na hora de jogar , tem quem contratar de fato quem quera jogar no vozão e não negociando com jogadores LEILÃO , bora ROBSON bota moral e forma logo um elenco vitorioso pois 2017 está em cima chega de ficar bajulando jogador interesseiro.

  • Luiz carlos marciel disse:

    MEU amigo oq eu escultei do preparado fisico! é de da tristeza sobre o ceara, é só mentira!! Vai embora presidente vagabundo e mentiroso !!!

  • MAURO VOZÃO disse:

    Não vou mais comentar sobre Magno Alves, mais vou dizer so mais uma coisinha, presidente RC, não deixe passa essa oportunidade de levantar so moral, dê um não a esse mercenário,eu quero ver qual o time hoje que vai pagar 50 mil a ele Magno, jogador desagregador, que ser estrela, RC, de um basta neste velho metido a besta,

  • Raimundo Angelo Magalhães disse:

    Vamos a procura de jogador novo que quer aparecer para o cenário nacional. Não importa a serie que esteja, mas que jogue com vontade, tipo Richardson que veio do CSA, terceira divisão das Alagoas.
    Este dinheiro do magnata dava para investir em quatro bons jogadores da região. Isto se a torcida deixar e não pegar no pé, que é o mais provável, pois muitos só gostam dos bondes das bandas do Sul.

  • alberto t disse:

    Olá galera, concordo sim com Milton e o Vitor Nobre, é como bem frisou o Milton, e aí depois os puxas sacos de diretorias ficam de beicim com a gente, ROBÃO, toma tua posição de diretor seu PIRULITEIRO sem crédito, bate o prego e vira a ponta e pronto seu frouxo, esse negócio de ficar se humilhando a esses mentirosos leiloeiros safados, chama logo esse tal Lelê e diz prá ele, quer ou não quer, ou então manda ele ir esperar proposta na casa dele; qto a M.Alves, avisa a ele também ROBÃO, quer ou não seu M.Alves os 40, 50 paus ou por produção e nada mais, ficar nessa pelengagem de humilhação para com esses porras, ora mais, se eu fosse o ROBAO, já tinha dado um basta nessa frescuragem desses caras, alô seus babões comedores de FARINHA DO SACO DO ROBÃO, levem essa minha proposta prá ele e esperem o q ele diz.

  • Bosco disse:

    Não acho que a diretoria esteja errada em negociar com Jorginho, Lelê e Magno Alves.

    Os três demonstraram vontade em negociar para virem compor o nosso clube em 2017.
    Jorginho se ofereceu depois desistiu.
    Magno Alves se ofereceu ouviu o que o mais querido pode oferecer e tem um prazo para decidir. Não acredito nessa história de Bahia.

    Lelê quer ficar, mas se tiver uma proposta melhor do Japão não fica e ele está certíssimo. É um profissional que honrou o dinheiro que recebeu no mais querido e tem o direito de decidir com calma sobre seu futuro.

    Não tiro a razão do Lelê.
    Ainda temos quase duas semanas de férias, então ele tem ainda 13 dias para decidir.

    Correm o risco de quando decidirem, Lelê e Magno Alves, já terem outros nomes em seus lugares. Mas jogadores responsáveis como os dois não ficam desempregados.

    Mesmo assim acho que o Lelê está certo em esperar um pouco mais já que estamos de férias.
    Uma definição sobre o Japão é importante para ficar ou ir embora. Lá o salário é muito mais alto. Nem se compara com o daqui.

  • Bosco disse:

    A grande vantagem para ele Magno Alves se ficar no mais querido é que terá um contrato de dois anos. Coisa que nenhum outro clube grande vai querer oferecer a ele. Renovar contrato com 43 anos num clube grande é uma coisa muito rara no futebol. Só vi uma vez na minha vida com o ‘ZERO BERTO’ do Palmeiras.

  • MILTON disse:

    Caros Alvinegros, estamos chegando no final do ano e nada da montagem do elenco depois mais uma vez vão montarem com o carro andando e sabemos onde isso vai dá , sufoco e decepções , tem que acabar com essa novela do Magnata do lelê e de quem mais estiverem botando dificuldades para fechar o contrato e montar logo um elenco é esse tipo de coisas que acabam com o administração do Robson adora postegar , e quando tomar providências a vaca já foi para o brejo , junto com os seus babões de carteirinhas . que adora o PIRULITO do ROBÃO.

  • Todos q vienher e se deperar com esse presidentezim ai nao fica ele nao entende d futebol fora …

  • Antônio disse:

    Devemos nos espalhar nos vencedores: Chapecoense e Atlético goianiense que com times modestos, mas bem introsados e sem estrelas conseguiram ser vencedores. FORA ESTRELAS.

  • MILTON disse:

    Caros Alvinegro, caro WEIBER e demais alvinegros, o vozão.com fez uma entrevista com o Jorge
    Sotter sobre os motivos do mesmo não ter ficado no vozão e ter optado pelo Atlético GO, muito bom para termos uma noção como as coisas funcionam nos bastidores de porangabusu, por sinal de acordo com a suas palavras o nosso departamento fisico não é la essas coca colas, e ao mesmo tempo o mesmo fala que não sentiu tanta segurança pelo momento politico atual do vozão, muito boa a entrevista para tirarmos conclusões de ambas as partes, não sábia dessa entrevista assim também se o caro WEIBER ouviu a mesma , mais é bom que todos participam desse blog acesse no vozão.com., na minha opinião de acordo com a entrevista do jorge não está essas coisas que os BABÕES gostam de ENALTECER.

    Tomei conhecimento do que disse Jorge Sotter, mas isso não invalida a falta de carater dele diante da situação. E outra, o que ele disse, com relação a instabulidade politica vivida pelo clube, não é novidade, pelo menos para mim.
    WC

  • Alves disse:

    Nesse caso a diretoria do mais querido não pode responder pela falta de carater do Jorginho. Essa entrevista é uma desculpa do Jorge para o mau caratismo dele.

    Como só agora ele vem falar da instabilidade política? Porque então se ofereceu?
    Então porque se ofereceu e fez o clube demitir todo o departamento físico?

    Pelo que sei essa “instabilidade política” (acho um exagero chamar de instabilidade política ter uma oposiçãozinha fraca) vem desde quando o clube caiu para a série B em 2011.

    Não é de agora.
    Daí em diante nunca tivemos mais uma unanimidade dentre os conselheiros do clube.
    Mas isso é crise política? Pelo contrário. Acho até salutar.

    Mas qual o clube que não tem uma oposição mínima que seja dentro do quadro de conselheiros. Acho até salutar ter uma oposição forte. A nossa oposição é fraca até demais para ser promovida a esse nome bonito de “instabilidade política”.

    O erro do presidente em 2011;
    O presidente optou em colocar um time misto para jogar contra o Vasco no PV na segunda rodada do jogo da série ‘A’ 2011 por causa da copa do Brasil. Era uma semi final contra o Curitiba e o primeiro jogo foi zero a zero no PV.

    Perdemos do Vasco, nós com um time reserva de 3×1 de virada e foi exatamente a perda desses três pontos que nos derrubaram no fim do campeonato.

  • Bosco disse:

    Milton manda para nós o link desse blog para a gente acompanhar diariamente.

  • Bosco disse:

    Vi a entrevista do Jorge preparador físico.
    Só Migué.

    Não justificou absolutamente nada.
    Não teve um só argumento que justificasse sua ação nojenta.

    Só blá blá blá daqueles que o alberto T e o Carlos H adoram.
    O pior é que ele fez a merda e culpou os outros.

    Só mostrou o tamanho do cinismo e do maucaratismo dele.
    Como diz o Weiber ele é par para o PC Gusmão pelo idêntico caráter que eles tem.

    Jorge disse: – “senti o clube num momento de instabilidade política é muita reformulação”.

    Desde quando reformulação significa crise política meu povo? Reformulação está sendo feita para se evitar a repetição dos erros recentes suponho eu. Ou não?

    Não tinha que reformular tudo mesmo? Claro que tinha.

    Ele desistiu porque viu vantagens do lado de lá depois de fechar tudo com o mais querido.
    Não foi pelas lindas camisas do Atlético nem pelos lindos olhos do presidente do Atlético.

    Não foi pela reformulação em tudo dentro dos departamentos do mais querido.
    Não foi pelas queixas dos funcionários que eu não duvido que sejam invenções dele.

    Foi pelo tal de ‘faz me rir’ oferecido pelo Atlético.
    Já tinha acertado tudo com o mais querido e roeu a corda. Achei até melhor viu? Chega de tanto mau caráter perto da gente.

    Duas coisas nessa entrevista me encabularam MILTON e Weiber Castro:
    1) Não foi uma entrevista foi um monólogo. – Até parece matéria paga porque não houve nenhuma pergunta. Nem a voz do entrevistador se ouviu. Tipo matéria paga por prefeito explicando porque não pode dar aumento aos servidores.
    .
    A imprensa não interrompe o prefeito nem permite a voz dos servidores prejudicados.
    Claro que não foi matéria paga. Tô só comparando, fazendo uma relação verossímel.

    2) O blog não buscou para publicar a outra versão. A versão da outra parte. O clube contratante do serviços do Jorge para dá a explicação deles.

    Em todo assunto, problema, caso, história, briga, que aconteça nesse mundo tem sempre TRÊS versões.

    Primeiro:
    A versão de uma das partes

    Segundo:
    A versão da outra parte antagônica

    Terceiro:
    A versão final verdadeira formada após se ouvir as duas primeiras versões.
    Essa terceira versão é que é a versão mais perto da verdade.

    A versão verdadeira é tirada pelo ouvinte ou leitor, mas somente após ele ouvir as duas primeiras versões.

    Ai depois de conhecer as duas posições é que temos subsídio suficiente para construirmos a versão verdadeira que o bom senso mostra depois de ouvir as

    Ai entra também o caráter das partes.
    A falta de caráter diz muita coisa na hora de se formatar a versão final. Não vamos nos precipitar antes da outra versão aparecer na imprensa lá pela semana vindoura.

  • Paulo Victor disse:

    Magno Alves falou no programa Grande Jogada, que não é hora de pensar em valores, não pode colocar o dinheiro em primeiro lugar para acertar com o Ceará, quem assistiu ai?. 130 ou 150 Mil é palhaçada, esse papo de que o Bahia está querendo ele é mentira. Ele ta querendo é aparecer..

  • Magal disse:

    É vamos nos contentar com os bondes do Sul Sudeste em detrimento de quem quer mesmo jogar no mais querido. Quanto ao Jorginho ele parece que aprendeu com o ex treinador da carniça.

  • VOZAO disse:

    momento politico ruim la vem peia de novo eguaaaaaaaaaaaaaaa

  • Mainha disse:

    PRESIDENTE pirulito. Magno vale 100 mês !

  • otoniel disse:

    Tem se falado muito na Chapecoense,mas em quatro jogos que tivemos com eles,ganhamos tres e empatamos um,inclusive uma vitoria de 2 x 1 la em chapeco.Em relaçao ao nosso clube,não podemos deixar de reconhecer a organizaçao e a parte financeira como o nosso clube vem sendo administrado.A aquisiçao do nosso CT e a construçao do nosso ginasio (uma bela obra de arquitetura) é so fazer uma visita “in loco”.Quanto a parte do futebol houve muitos equivocos durante o ano de 2016,mas também temos que dizer que alguns jogadores apesar de receberem rigorosamente em dia os seus salarios,não foram profissionais dignos de vestirem a camisa do nosso club.

  • TADEU SAMPAIO disse:

    Por mim Magno Alves já não seria contratado desde a história com o Sport. Se ele tá dizendo que tem essa farofa toda, porque então não vai logo topar as propostas que ele diz que tem? Me lembrei daquele zagueiro Fabrício, deu uma declaração dizendo que tinha muitos times interessados no futebol dele, inclusive no exterior, aí logo depois estava jogando no interior da Paraíba. Até concordo que a pessoa diga que joga por dinheiro, so acho que não necessita ser tão explícito. Ele deveria era procurar a Leoa e jogara a terceirona. Se é que vão quere-lo.

  • MILTON disse:

    Caros Alvinegros, sem duvidas caro Bosco faltou ser ouvido a Diretoria sobre a desistência do Jorge Sotter , se blog conseguisse entrevistar a Diretoria seria muito bom para a torcida pois só uma das partes se manifestou, por isso falei que tirem as suas conclusões , só me assustei um pouco sobre a parte que ele comentar sobre as deficiências do nosso departamento fisico, coisa que ultimamente não vem bem no elenco.

    Presidente soltou uma nota sobre o ocorrido, disse que a atitude do Jorge Sotter foi deselegante.
    WC

  • Antônio disse:

    Aonde que Magno Alves vale cem mil meu caro Mainha! você está louco? Esse dinheiro todo para jogar num campeonato deficitário como o nosso?

  • Carlão, um vozão na bahia disse:

    Por mim, eu mandava o Magnata pras bandas do Pici. Vá jogar lá no time do Alberto T. Aqui na Bahia ninguem fala nele. O cara já chega desagregando. Ceará não tem cacife pra pagar jogador de 120 mil, o Rafael Costa não jogou po…. nenhuma e ganhava isso. Vamos formar um time com os pés no chão, arranjar um bom treinador e ver no que vai dar. Eu acho que jogar com vontade e garra é melhor que encher o time de medalhões que vem aqui só pra farrear e comer as garotas daqui nas praias, nas baladas e no final do contrato, depois do time se lascar, vão embora e tchau ceara!!! Ainda acho que com esse presidente pirulito não vamos a lugar nenhum. Portanto, sou a favor de uma renovação geral, do porteiro ao presidente.

  • zé alvinegro - opinião disse:

    Caro Weiber e amigos, discordando da maioria aqui, eu concordo com a contratação do Magnata. Ele já ganhou campeonatos cearenses, nordestão e ajudou a gente a permanecer na Série A em 2010, ou seja, Magnata é vencedor. Outra coisa, ano passado ele fez boas partidas pelo Flu, contra times de série A. Acho que, por ele ter sua família aqui, ele joga Ceará por menos grana que em qualquer outro clube do Brasil. Sabendo usar o Magnata, será uma excelente contratação. O Atlético-PR contratou o Grafite, e qual o problema. Vejo comentários dizendo que ele está botando banca pra vir pro Ceará, mas acho exatamente o contrário: pra ficar perto da família ele aceita jogar Ceará ganhando menos que em outro clube. Vamos deixar de pensar pequeno. Pôxa, se o treinador tá querendo, se o cara tem intimidade com a camisa alvinegra, vamos contratá-lo e apoiá-lo. Quem deve estar torcendo para ele não vir é a torcida da carniça, pois o Magnata já foi campeão em cima deles, goleando e humilhando o timeco de terceira, juntamente com o Mota. Estamos precisando de qualidade e o Magnata, junto com o Ricardinho, vai nos dar essa qualidade. Abraço a todos!

  • Bosco disse:

    Alguns pontos da entrevista do Robinson de Castro no programa A Grande Jogada pinçado pelo Mário Veríssimo da Cangaceiros alvinegro:

    Amado tem contrato até maio, mas pediu pra voltar antes dessa data porque tá com medo da guerra civil na Turquia;
    Tá tentando contratar um ótimo atacante diferenciado, mas a negociação é complexa, e envolve várias partes; [estão dia a dia desenrolando cada um dos nós para conseguir concluir a negociação]
    Informou que acertou as bases com o Magnata, que deverá assinar até próxima quinta;
    Disse que Lelê terá uma resposta de uma proposta do Japão até amanhã. Já acertou com o jogador, e que, no Brasil, só joga no Ceará;
    Repetiu o critério das contratações, sendo fator técnico, financeiro e extra campo;
    Disse que confia no Sandro, que voltará a ser o grande zagueiro de 2014;
    Disse que Rafael Costa ficou porque é jogador de confiança do treinador;
    Dal Pozzo tá ligando pessoalmente para as pessoas que conhecem os futuros reforços, para saber comportamento e outras coisas;
    Disse que rachou com as federações do Nordeste [sabotaram o Ceará no caso com o Uniclinic], e que a partir de agora vai ver o que é melhor do Ceará disputar futuramente, se nordestão ou primeira liga, inclusive já recebeu apoio do Mauro Carmelio, e foi bem recebido pelo Del Nero, quando foi explicar a entrada do time na Primeira Liga;

  • Bosco disse:

    1) Rafael Costa acertou a redução pela metade e receberá R$45 mil reais por mês.
    Ganhava antes R$90 mil e não cento e vinte mil como diziam.

    2) Magno Alves acertou por R$50 mil mensais de salários dentro do teto do clube.

    FONTE: As informações foram confirmadas pelo sotorista Del Luis da verdinha que cobre o mais querido. Divulgada no programa shou de bola com Bosco Fárias hoje segunda feira as 18:00hs. O Bosco não acreditou nesses valores, mas o setorista Del Luis garantiu que os valores estão corretissimos.

    Isso desmascara muitas fofocas da imprensa.

  • Vitor Nobre disse:

    Infelizmente pegaram a corda, na copa do Nordeste pegamos dois grandes,Bahia e Vitória,nesses quatro jogos quem brilhou foram Ricardinho e Marinho,campeonato cearense ganhou e perdeu,nada de mais e ajudar a ficar na série A,lá se vão seis anos,é tempo pra caramba pra que tem quarenta anos e quer jogar em alto nível, mas não adianta chorar,a maioria da nossa torcida adora jogador retrô,daqui a pouco vão pedir o Sergio Alves pra fazer dupla com o Magno.

\

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *