Blog do Vozão

Ceará x Guarani – O obstáculo da vez

1401 19

Ceará x Guarani – O obstáculo da vez (Foto: Cearasc.com/Divulgação)

Restam cinco obstáculos pelo caminho, e esse diante do Guarani mais do que nunca precisa ser encarado como uma final de campeonato, isso porque, além dos três pontos em disputa, também estará em jogo a questão psicológica, já que em caso de resultado negativo (toc, toc, toc…) o fantasma do “quase” poderá reaparecer, e no momento isso não seria nada bom.

Não é fácil manter uma forte pegada por tantos jogos seguidos, por isso é natural que uma hora ou outra haja uma queda de rendimento, e quer a gente queira ou não, isso tem muito a ver com o tipo de adversário. Creio que já deu pra perceber que, independente do tipo e da posição na tabela em que se encontre o adversário, vencer nesse momento tem que ser prioridade, pois o acumulo de pontos nessa reta final de competição credencia o time a lograr êxito naquilo que tem como pretensão, no caso o acesso.

Sem ninguém suspenso e nem contundido, o treinador Marcelo Chamusca terá todo o elenco a sua disposição, com isso Romário deverá voltar a lateral esquerda e o restante do time deverá ser o mesmo que vem atuando nos últimos jogos, até porque numa altura dessas não há motivos para mexer no que vem dando certo, a não ser por conta de algum imprevisto.

Éverson; Richardson, Rafael Pereira, Luiz Otavio e Romário; Raul e Pedro Ken; Leandro Carvalho, Ricardinho e Lima; Elton. Essa deve ser a formação para encarar o Guarani.

O momento requer equilíbrio, mas ele também nos mostra que não existe outra alternativa a não ser vencer, vencer e vencer, mas, para isso, será fundamental que time e torcida joguem juntos, que unam forças para ficar ainda mais forte e assim gerar energia positiva no estádio, que tenho certeza servirá como um oxigênio a mais para os jogadores em campo.

O Vozão chega na reta final da competição dependendo apenas de si para poder conquistar seu objetivo. Fazer o dever de casa nessa partida é dar um largo passo em direção ao acesso, e todo o grupo tem consciência disso.

Não foi fácil chegar até aqui e não será fácil chegar ao objetivo final, sempre se soube que seria dificil. Mas para o Vozão, basta ser possível. Então, vamos a luta!

Pra cima deles Vozão!

19 Comentários

  • Vitor Nobre disse:

    Assim como contra o Juventude,caberia ao treinador não deixar que os jogadores levassem para o jogo o resultado contra o Inter,infelizmente isso ocorreu,agora contra o Guarani é indispensável que isso não ocorra,o jogo além da questão de pontuação,vale pelo aspecto emocional para as outras quatro finais. Pra cima deles vozão !

  • ..Alencar disse:

    Todos ao estádio. Todos jogando com o time. Nossa ajuda é fundamental.

  • VOZAO disse:

    jogo perigoso pelo nome da lhe vozaooooooooooooooooo

  • Bosco disse:

    Jogo dificil.
    Não há jogo fácil, mas eu acredito.
    A nação infelizmente não estará presente em massa amanhã.
    Não sei porque pois em dez jogos perdemos somente uma.
    Até esse momento, 21:30hs só venderam vinte mil ingressos.

    Fede a peixe.

    Intenacional empatou mais uma. Desta vez diante de um time da zona de rebaixamento. Antes porém empatou em casa com o fraco CRB que ronda a zona de rebaixamento e perdeu em casa para o Ceará. Disputou nove pontos em tres jogos e perdeu sete pontos.

    Se essa sequencia do Inter fosse com o mais querido tinha ‘fede a peixe’ dizendo que era ordem da diretoria o time perder para não subir.

    Segundo os fede a peixe é a diretoria e o conselho deliberativo junto com os conselheiros que não querem que o time suba.

    Sinceramente a nação alvinegra não precisa desses ‘fede a peixe’.

  • Chegaram domingo o fator cansaço vai jogar contra. Torcida do vozao deve comparecer. Vencendo essa fica praticamente impossível não subir

  • Helder disse:

    Chamusca, o senhor é um técnico competente.Não precisa inventar, como o senhor inventou naquela substituição do último jogo.Temos time qualificado para vencer .Vamos ao estádio amanhã. Vamos vozão. Acreditamos.

  • Milton disse:

    Caros Alvinegro, Sem Duvidas Caro Weiber numa altura dessas do Campeonato não pode Errar o deve de Casa, tem que jogar todos os jogos que Faltam com a faca nos Dentes, ou então o Cavalo mais uma vez passa Selado , chegou a hora da onça beber Aguá ou calça de veludo ou Bunda de Fora, tem que partir para cima com unhas e dentes, não tem mais espaço para MIMIMI, é vencer , vencer , vencer se fato querem o Acesso., apoio da torcida é que não vai FALTA. mais para isso tem que jogarem com Transpiração.

  • MOREIRA socio torcedor disse:

    Amigos alvinegros!

    É só o vozāo manter a pegada. Precisamos de duas vitórias e um empate para garantir a subida. Tudo tranquilo. Equipe consciente. Vamos que vamos vozão.

    Bosco você taxou alguns aqui, tipo Alberto T tricolor, de “fede a peixe”, na verdade eu batizei esses caras de “VERME NA ALMA”. KKKKKKKKKKKKKKKKKKK

  • antonio dos santos-sócio torcedor disse:

    tem que ver esse pessoal que nao aguenta 2 tempos tem uns quatro.

  • Luiz Gomes ! disse:

    O jogo será bem disputado mas o que está em jogo fará o Alvinegro se agigante em campo e,se Deus quiser, consiga outra grande vitória. O que eu estou lamentando é a postura do torcedor que só quer ir ao estádio com o time ganhando. Meu povo está na hora de nossa torcida fazer uma grande corrente positiva no estádio e empurrar o time do começo ao fim para conseguirmos o nosso objetivo.
    Eu acredito!

  • Vicente disse:

    pelo amor de Deus queridos torcedores alvinegros vamos ao estádio e incentivar do começo ao fim nosso querido vozão.

  • Bosco disse:

    Luis Gomes, esse pessoal que só quer ir ao jogo de vez em quando são os torcedores pé de geladeira. Que fiquem em casa mesmo ou mudem de clube.

  • Pedro Peres disse:

    “Não é fácil manter uma forte pegada por tantos jogos seguidos, por isso é natural que uma hora ou outra haja uma queda de rendimento”

    Weiber, você descreveu o Inter. Que não sejamos nós! Estarei no estádio e a todos jogos que fui nesta série B ostento uma invencibilidade. Que assim seja.

  • Sávio Feitoza Vozão disse:

    VOZÃO 2 x 0 !!!
    61 pontos sem soberba e sim com garra e pegada !!
    PRA CIMA DELES VOZÃO !!

  • francisco - sócio Torcedor disse:

    Estarei no Castelão hoje, sempre para apoiar nunca para vaiar.
    Vaiar os jogadores durante o jogo, não ajuda em nada, ajuda o adversário, depois do jogo podem cobrar e esculhambar esse ou aquele jogador. Apreendam com o Corinthians e os times argentinos. Os Torcedores cantam o jogo todo apoiando seus times, ai se os jogadores não derem o sangue, serão cobrados.

  • CLÁUDIO CEARÁ disse:

    “A faca e o queijo na mão!”

    É essa a nossa situação, só precisa calma e competência para cortar direitinho.

    Implorar ao Chamusca que não queira inventar, fazer o feijão com arroz e ganhar o jogo, somos os favoritos e por várias razões, mas favoritismo não ganha jogo, tem que vencer no campo, com garra, com entrega.
    E o papel da torcida nesse momento é apoiar, ajudar o time a encurralar o Guarani e dar força e confiança aos nossos jogadores.

    O Lisca, de doido não tem nada, é especialista em ressuscitar defunto , já salvou a gente e agora quer salvar o Guarani, todo cuidado é pouco, fica esperto seu Chamusca!

    Vamos vencer Vozão, a vaga está quase na mão!

    Saudações alvinegras!

  • Gilson Rocha disse:

    Jogo perigoso! Se o Ceará não tivesse dificuldade para fazer gol, não veria muito problema. Entretanto, como é dificil esse time achar o buraco entre as traves que não é tão pequeno assim.Vamos chutar no gol. A bola não entra sozinha. Hoje é uma decisão. Não podemos imaginar um resultado que não seja de vitória. Estamos em nossa casa. Vamos, portanto, fazer valer o mando de campo.

  • Bfontenele disse:

    Caros, jogo perigosíssimo, o Vozão tem que parar com essa mania de ressuscitar os mortos, por isso a preocupação da gandaia alvinegra.
    Concordo com o colega acima, a bola só entra se for chutada em direção ao gol, então, coloquemos o Pio de volta na lateral direita, e teremos um cobrador de faltas de média e longa distância, achei o Richardson meio perdido na última partida, aliás, como todo o time, uma mistura de salto alto e cansaço.
    Que o Chamusca faça o simples, é assim que se ganha jogo.
    Saudações alvinegras para todos.

\

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *