Blog do Vozão

Londrina x Ceará – Avançar é a meta

451 10

Londrina x Ceará – Avançar é a meta (Foto: Cearasc.com/Divulgação)

Agora é Copa do Brasil e o objetivo é dar um passo a mais e avançar na competição, mas para isso o Vozão precisará superar o Londrina dentro da casa deles, ou seja, terá um obstáculo bastante complicado pela frente, mas nada que não seja possível de ser superado.

Além da visibilidade, a grana que entra nos cofres do clube é o maior atrativo da competição e avançar o máximo possível de fase é o objetivo do clube. Sabendo disso, o treinador Marcelo Chamusca tem voltado suas atenções e dado a importância necessária e devida que a partida requer, tanto que trabalhou preparando o que tem de melhor a sua disposição para tentar alcançar o objetivo na partida.

A base do time para esta partida será a que vem disputando os principais jogos da temporada, com exceção de Ricardinho que está contundido e é desfalque certo, com Wescley e Juninho brigando pela vaga, no mais o time deverá ser o que estamos acostumados a ver, só que uma dúvida na lateral direita, se Pio ou Leandro Silva, com este último tendo a preferência do blogueiro, que se treinador fosse mandava a seguinte formação a campo: Everson; Leandro Silva, Valdo, Luis Otávio e Rafael Carioca; Richardson e Pedro Ken; Felipe Azevedo, Wescley e Andrigo; Elton.

Apesar de levar uma larga vantagem nos confrontos, quando em 8 partidas disputadas venceu 4, empatou 3 e perdeu apenas 1, o Vozão nunca venceu o Londrina jogando na casa deles, nesse caso tem tabu na parada, e, se tem tabu, já sabem né? Tabu ficou pra ser quebrado. Então, que seja agora.

Vale lembrar que nessa fase a vantagem do empate para o visitante não existe, é pau a pau, quem vencer avança, empate leva a decisão para os pênaltis.

10 Comentários

  • Cesar de São Paulo disse:

    A minha formação seria com: Everson; Leandro Silva, Valdo, Luiz Otávio e Rafael Carioca, Richardson, Juninho, Pedro Ken e Wescley; Felipe Azevedo e Elton. Na minha opinião, Andrigo faz é tempo que merece um banco. Eu colocava o Juninho para substituir Ricardinho, e Wescley no lugar do Andrigo. Como é um jogo só e na casa do adversário, eu iria com uma equipe um pouco mais fechada, mesmo sabendo que só a vitória interessa. O Ceará passando, além de ganhar uma excelente grana, ainda provavelmente vai enfrentar o Atlético-PR, que serão em dois jogos, trazendo mais uma excelente grana.

  • Eduardo disse:

    Pois, é, vou torcer demais pelo meu querido alvinegro. Mas, com qualquer variação que se fizer com o elenco que temos, nosso time não evoluiu. Diria que apresenta um futebol da média dos times de série B. Laterais, criação e atacantes muito fracos. Time parece engessado, sem dinâmica e troca de posições que possa envolver o adversário. Individualmente, nenhum jogador que possa desequilibrar, embora prefira, no elenco atual, a juventude e a fome de gol do jovem Artur ao Elton (que, para mim, é muito mole, sem técnica, sem velocidade e não aproveita a estatura que tem. Mas, volto a dizer, torcerei pelo nosso Mais Querido (essa grana e a projeção pelo resultado seriam excelentes para nós). Força, Vozão!
    P.S.: não penso que o imprevisto da viagem possa justificar outro jogo apático e abaixo da crítica como aquele contra o Sampaio.

  • Sávio Feitoza disse:

    VISIBILIDADE DA MARCA CEARÁ + $$$$$$$$$$
    PRA CIMA DELES VOZÃO !!!

  • Vovozão10 disse:

    Boa sorte ao Vozão! Sem mais para o momento, fico por aqui. Avancemos!!!

  • Bosco disse:

    Temos que jogar o que sabemos jogar. O que o elenco é capaz de jogar. Se for aquele desempenho pífio que apresentamos contra o Sampaio Correia não avançaremos. Até agora nenhum time da série A se acertou em campo. Todos ainda estão apresentando altos e baixos e dúvidas ao treinador e a torcida. O mesmo acontece com o Londrina da série B. Mas todo cuidado é pouco porque cada jogo tem sua própria história. A salvação do Chamusca é que ele trabalha em cima de uma boa base que ficou do ano passado no ponto de ser pontualmente reforçada. Todos os treinadores que chegaram ao mais querido para montar time a partir do zero durante tendo o estadual e a copa do Nordeste como laboratório se deram mau e cairam por força dos resultados. Um teste bem razoavel.

  • CLÁUDIO CEARÁ disse:

    Time vagalume ! Ora apaga, ora acende!
    Conseguimos montar um time inferior ao que terminou a série b ano passado.
    Das novas contratações nenhuma que encha os olhos, só jogador rodado que não acrescentou nada.
    Pioramos em todos os setores, e agora que perdemos o Ricardinho (que já não vinha rendendo muito) o meio virou uma incógnita. Sem meio o ataque inexiste e aí não faz muita diferença se entra o Elton ou o Vitor.
    A sorte é que os times brasileiros, com raras exceções, estão de mal a pior, quem assistiu o jogo do Sport contra o Ferrim tem uma ideia.
    Mas como torcedor fico sempre na expectativa de que tudo vai melhorar, que o time vai engrenar , que novas contratações chegarão e que “agora vai!

    Saudações alvinegras!

  • Antônio disse:

    Boa sorte Vozao. Jogadores se doem em campo e tragam a Vitória.

  • VOZAO disse:

    time fraco o deles 2×0 vozão

  • carlos disse:

    O Bosco não conhece ou não acompanha o futebol brasileiro, eu acho que ele está acompanhando o futebol em Marte, dos times top da série A com excessão do flu e Corinthians todos vão bem.

  • carlos disse:

    O time do Londrina é o mais fraco dos últimos tempos, com exceção do Germano.

\

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *