Blog do Vozão

Ceará 1×1 Atlético-PR – Não deu

835 29

O Vozão esbarrou nas cobranças de pênaltis (Foto: Júlio Caesar/O Povo)

A Copa do Brasil chegou ao fim para o Vozão, mas o time saiu da competição de cabeça erguida, com a consciência de que fez o seu melhor, apesar de ter deixado aquele gostinho de que poderia ter avançado um pouco mais na competição.

A vitória era o único resultado que interessava aos dois para que a classificação não fosse decidida nos pênaltis, como os dois times tem perfil de sempre jogarem buscando a vitória, ambos se alternavam no domínio da partida, nos proporcionando um jogo daqueles de dar gosto de ver, tudo bem que na segunda etapa os times deram uma caída, talvez até pela intensidade que foi a primeira etapa.

Pelo que apresentaram em campo, qualquer que fosse o resultado da partida seria considerado por mim como normal, mas se fosse para ter um vencedor, pelo segundo tempo de jogo esse vencedor seria o Vozão, que mais uma vez padeceu pela falta de opção ofensiva vinda do banco com condições de fazer algo diferente na partida, mas o empate não foi injusto.

Veio os pênaltis, e por mais que digam que pênalti é loteria, o que faltou mesmo ao Vozão foi competência, e assim a vaga para a próxima fase acabou ficando com o adversário que foi competente nesse quesito.

É claro que uma eliminação chateia qualquer torcedor, mas nem tudo foi perdido nessas duas partidas contra o Atlético, pois elas serviram para nos mostrar o que teremos pela frente na Série A e nos deu a condição de saber o que de fato iremos precisar para melhor nos preparar para encarar a difícil missão de permanecer por lá.

Camisa vestida, cabeça erguida. Pra frente meu Vozão!

Confira os gols da partida.

Confira a ficha técnica da partida AQUI.

29 Comentários

  • Neto disse:

    Deu, caro Weiber. Deu pra mostra alguma eficiencia e deficiencia. Vejamos algumas deficiências, a meu ver: precisamos urgentemente de laterais (Pio e Carioca são bons reservas), de um bom meia (infelizmente o Ricardinho nao dá mais), de um atacante (apostaria no Otacílo Marcos, pois o Artur deve ser lapidado ainda), e Wesclei e Azevedo, nao passam de razoáveis reservas. O resto esta bom. SA.

  • Vander disse:

    Se é para ter uma postura de conformismo, discurso vaselina e achar que a desclassificação para um time fisicamente entregue foi normal. Imagino o nível de análise que virá na série A. Para mim, o ceará não teve ímpeto, não teve disposição para buscar o resultado: Uma vitória simples. Imagino diante de adversários de maior investimento e melhor nível técnico. Acordem senhores, com esse time não tem alegria. Seremos saco de pancadas. Um atlético goianiense da vida de 2017.

  • Bosco disse:

    Mostrou a nossa realidade. 1) Um dos times de baixo investimento financeiro de um estado sem tradição futebolistica, que perde jogadores até para o Sport que tem uma cota muito maior. Mas pela organização administrativa, pela comissão técnica que tem poderemos sonhar que com um pouco de sorte e apoio da torcida poderemos lutar para não cair e conseguir permanecer na elite. É esse o nosso foco e a nossa realidade e quem quiser abandonar o time porque ele vai passar a competição toda lutando para não cair pode abandonar agora. Eu fico com o clube. 2) Com esse time podemos sim sonhar em ir a final da copa do nordeste e vencer caso o estadual não nos atrapalhe.

  • Bosco disse:

    Assino em baixo o comentário do Weiber sem tirar nem botar uma virgula.

  • Bosco disse:

    Weiber já está na hora da diretoria vir a público explicar o caso do Andrigo. Você sabe de algo? Onde a gente liga o rádio ou a tv cada um diz uma coisa diferente.

    Robinson de Castro já deu varias entrevistas falando sobre isso.
    WC

  • Milton disse:

    Caros Alvinegros, Pois é que essa Disputar com o Atlético do PR sirva de Lição para o Robão , que agora vamos disputar é a Serie A , meu medo que até agora o Vozão saiu da Serie B, mais a Serie B não saiu do Robão , Repatriando jogadores do Nivel do Romário e Leandro Carvalho, precisamos é de jogadores que tenham condições de disputarem uma Serie A, fazer uma Limpa no Elenco e contratar no mínimo 07 bons jogadores, Laterais , Zagueiros nadica de Tiago Alves, Meias e Atacantes, se não vamos ficar só no Cheirinho da Serie A e num Baita prejuízo, te alui Robão pois Rapadura é Doce mais é Dura.

  • nribeiro disse:

    O que mais me preocupou foi a postura. Se com o Atletico paranaense não impomos o futebol quem dirá com os times mais fortes. Ontem deixou a entender, que em no jogos com o times grandes, até em fortaleza, vamos dar a bola para o adversário e fica marcando atrás da linha da bola, jogando nos contra-ataques. Esse não é um bom sinal, quem tem medo de perder, acaba perdendo, além do que ficar empatando em casa não vai ajudar a escapar do rebaixamento.

  • Vozão disse:

    Eu escrevi Aki depois do primeiro jogo lá placar perigoso,outra empate com ruimguatu tirou renda esse time é de série b precisamos contratarrrrrrrr

  • Milton disse:

    Caros Alvinegros, Com esse Pensamento que o Vozão é Coitadinho na Serie A, por está entre os Times de Menor Investimento da Serie A, pra que Diacho ficarmos a Lutar para o acesso a da Serie A, me espelho na CHAPE , que tinha um investimento bem Menor que o Nosso Vozão e hoje está muito bem no Grupo da Elite do Futebol Brasileiro , e olhem que estão é longe do Tamanho da Torcida do Vozão e ainda são de uma Cidade do interior de SC que nada é longe em termos da Grandeza de FORTALEZA uma das maiores Cidades do BRASIL e também em termos de PIB, se formos para a Serie A, como Coitadinhos é muito Melhor ficarmos sendo um Time de Serie B, sem ambições, ontem o Seu Chamusca veio com Esse MIMIMI, que perdermos a Classificação para um Time de Grande Investimento no caso o Atlético do PR, imaginem quando o Chamusca enfrentar Adversários do Porte do Palmeiras, ora Bolas quem muito se Abaixa Mostrar a BUNDA, e se a Nossa Diretoria e o Treinador Chamusca não podem com o POTE que não Peguem na Rodilha , e não ficarem com desculpas de Coitadinhos.Temos Torcida, boa estrutura , jogamos num Estádio de Copa do Mundo numa das Maiores Cidades do Brasil, porque não podemos pensar Grande , coisa de Complexo de Vira Lata , Tou Fora ., nunca podemos desistir de Lutar para sermos Grande , podemos até não alcança o OBJETIVO, mais nunca por Omissão.

  • Clodoaldo disse:

    Jogo igual. Se o A. do Pr está meio sem ritmo o CSC já mostra cansaço. Série A exige elenco homogêneo e com preparo físico nos cascos. O Everson é um ótimo goleiro mas eu tenho muita raiva de goleiro que escolhe o canto, principalmente em disputa por pênaltis, em um pênalti ocasional durante o jogo vá lá, mas em disputa o atacante fica esperando o goleiro se adiantar, o Pascoal (da Fox) ainda comentou sobre isso. Perdemos uma grana mais bola pra frente.

  • Bfontenele disse:

    Caros, nem tanto ao mar nem tanto à terra, se os dois jogassem mais umas cinco vezes, possivelmente seriam cinco empates, times muito parecidos, o diferencial pró Atlético é que eles têm banco, foram três substituições por contusão, quem entrou deu conta do resultado, já no Vozão, foi uma por cansaço e as outras por opção técnica do treinador, só que não mudaram muita coisa.
    Alguém precisa avisar ao departamento de fisiologia alvinegro que um garoto de 19 não pode cansar daquela forma, lembro-me de lance ao final do primeiro tempo, com a primeira linha de marcação efetuada pelo Artur e Ricardinho, aliás, só pelo Ricardinho, que deve ser uns 12 anos mais velho que o nosso atacante, corria lépido e fagueiro, marcando e bem, enquanto o Artur só olhava, já no segundo tempo o garoto desabou no campo, aparentemente, de cansaço, trabalho específico deverá ser feito nesse caso.
    Todos nós temos reclamado que o Vozão precisa de alas (laterais), mais um zagueiro, um meia. Caros, precisamos, sim, de atacantes, que venham para resolver, pro CSC fazer um gol é um parto, dois é um sacrifício, de três pra lá, então…
    Mas, não se preocupem, Romário voltou, Carvalho está voltando e em breve todos os problemas do CEARASC encerrarão, a próxima contratação alvinegra, a pedidos, será a volta do enorme, excelente, deslumbrante: CAMETÁ.
    Saudações alvinegras para todos.

  • Eduardo disse:

    De fato, muita coisa ficou evidente:
    1. Temos um time nível série B com muitos jogadores bonzinhos, mas que não resolvem. Não temos no elenco atacantes que fazem gols. E mesmo assim os consideramos atacantes. A defesa ainda está longe de ser confiável e a criação do time não existe. Não dá.
    2. No primeiro jogo, jogando 75% do tempo com um jogador a mais, não conseguimos vencer, nem fazer sequer um gol em um adversário que, parece, ainda está na praia. Esse Atlético é time de meio de tabela do Brasileirão. E nós ainda estamos na série B (elenco e mente).
    3. No segundo jogo, em casa, não soubemos fazer valer o mando de campo. Tá bom?

  • Cesar de São Paulo disse:

    A copa do Brasil era importante financeiramente, mas nem de longe é o objetivo principal do ano. A verdade seja dita, o Ceará é um time de série A com um elenco de série B. Mesmo com à eliminação, da pra ver que temos vários jogadores que tem qualidades para disputar uma série A, que com alguns reforços com nível de série A, temos totais chances de fazer uma série A tranquila. Eu até concordo com a volta do Romário, mas já não concordo com a volta de Leandro Carvalho e nem com a volta do Tiago Alves. Agora o Lima poderia ser uma boa opção para compor o elenco. Em todas às partidas que o Ceará enfrentou uma equipe melhor um pouco, o Ceará teve muitas dificuldades para superar. Na minha opinião, o Ceará precisa de no mínimo uns sete reforços com nível de série A.

  • Oliveira Silva disse:

    Jogão de bola, os time sempre procurando o gol.
    O adversário é mais qualificado que o Vozão, tem o elenco mais “pesado”, mas o Vozão jogou no mesmo nível, obviamente que poderíamos ter encaminhado a classificação no 1° jogo quando eles estavam com menos um se o treinador tivesse arriscado, também não entendi a entrada Douglas Coutinho, apesar de que olhando para o banco tinha , Luidy ou Roberto nada bom né.
    Ainda temos Cearense e Copa do Nordeste, da pra seguir de cabeça erguida.

  • Jairo Brasil disse:

    Isso é futebol, ou ganha ou empata ou perde. Se não fosse assim, que graça teria. Então, o esporte em geral é interessante por isso. Ninguém ganha sempre. Por que ficar intolerante e com raiva. O Ceará tem mostrado um bom espetáculo em quase todos os jogos, são jogos bons de ver. É claro que a torcida quer ganhar sempre, eu também, mas é normal.
    Foi um bom jogo, e pênalti não tem favorito. Durante o jogo, como todo jogo, boas e más jogadas para os dois lados. Mas foi bom de ver o jogo. Vambora Vozão.

  • Bfontenele disse:

    Caros, só esqueci de falar do nosso treinador, na verdade, o Vozão perdeu a classificação na primeira partida, com um jogador a mais desde meados do primeiro tempo, por covardia do Chamusca, fazendo substituições triviais, sem acrescentar nada, uma pena.

  • Francisco Emidio Neto disse:

    Não vejo nenhum desespero, para achar que seremos saco de pancadas na Série A. Fluminense e Botafogo, também foram eliminados, com o agravante de perderem para times de séries inferiores.
    Vejam: Vou me referir a times e não clubes com seus patrimônios.
    TIMES BEM ACIMA DO CEARÁ
    Grêmio – Cruzeiro- Flamengo – Palmeiras
    TIMES UM POUCO ACIMA DO CEARÁ
    Atlético-MG – Corinthians – São Paulo – Internacional
    TIMES DO MESMO NÍVEL DO CEARÁ
    Atlético-PR – Vasco – Sport – América-MG – Chapecoense – Santos – Vitória – Bahia
    TIMES ABAIXO DO CEARÁ
    Fluminense – Botafogo – Paraná –
    Alguns podem questionar Fluminense e Botafogo abaixo do Ceará, mas me refiro a times e não clubes. Hoje, 16 – 03 – 2018, Fluminense, Botafogo e Paraná, tem times inferiores ao Vozão. Para o dia da estreia tudo pode mudar, vai depender das contratações desses times. Hoje, somos melhores sim.
    Voltando ao jogo de ontem, faltou ousadia, faltou postura de time de Série A. No jogo contra o ” Clube das Marmeladas”, em que atuamos por bom tempo com um jogador a mais, era para ter goleado, mas Chamusca mesmo com um jogador a mais quis jogar no erro do adversário.
    No jogo contra o Atlético-PR, também com um jogador a mais, não tivemos forças para vencer.
    Ontem, o Atlético- PR pediu ´para perder, mas Chamusca colocou todo nosso time dentro do nosso próprio vendo passivamente o adversário tocar a bola. Se o Atlético quisesse passava o jogo todo dentro do seu próprio campo e não seria incomodado. Nossa postura só mudou quando levamos o gol, quando empatamos, nossos jogadores voltaram a jogar no nosso campo.
    Chamusca, adianta a marcação, induz o adversário ao erro, não espera que ele erre sozinho, se induz o adversário ao erro marcando saída de bola. Nosso adversário tocou muita a bola sem nenhuma objetividade, fora o gol não criaram nenhuma chance, não tinham velocidade no contra ataque, o Ribamar estava sozinho contra nossos zagueiros, mesmo assim marcamos dentro do nosso campo.
    Tenha mais ousadia Chamusca, só isso.
    Não vamos abandonar o VOZÃO, pelo contrário, vamos juntos conseguirmos .vitórias.
    “Pode ganhar pode perder sou vozão até morrer “

  • Vozão disse:

    Escrevi Aki o empate tinha caído perigoso o empate contra o ruimguatu influiu na renda temos que contratar alas meia e atacantesss

  • Vitor Nobre disse:

    Tô com preguiça de escrever,pra resumir o que achei,faltou imposição,chamusca respeitou demais o adversário,imagina os maiores da série A,no mais fico com o que escreveu o Vander.

  • CLÁUDIO CEARÁ disse:

    Ótimo jogo! Péssimo resultado!
    Faltou raça, gana, ousadia!
    Fomos um time burocrático, sem alma!
    O Atlético estava aos pedaços , morrendo e o Vozão administrando o jogo, parecia querer o empate.
    No lugar do Chamusca eu teria colocado o Roberto ao invés do Douglas (até agora não disse a que veio).
    Outro aspecto interessante é um jovem de dezenove anos ter preparo físico só pra um tempo, tem algo errado aí!
    Pênalti quem quiser achar que é sorte que ache, pra mim é competência, e por causa dessa incompetência 1.800.000 foi perdido, mais as rendas e a midia.
    De todo modo deu pra ver na prática o que vai ser a Azona, então diretoria, bora se mexer!
    E parabéns ao Ferrim!

    Saudações alvinegras!

  • OMAN disse:

    De pra ver, por exemplo, que temos um time mal treinado, que joga (e jogará) contra adversários de maior peso com medo, retrancado, mal distribuído em campo , ao ponto de cansar um garoto de 19 anos porque o menino ficar correndo feito peru o jogo inteiro, sem saber pra onde ir no festival de passes errados e de passes certos , mas curtinhos e inúteis, que não levam a nada. Vejam a diferença de projeto de jogo do Atlético. O CSC jogou com um meio campo lento (Raul , no banco, ontem eu não entendi) poderia dar mais rapidez e qualidade na saída de bola. Pio (sempre esse jogador fraquíssimo e que só tem o bola do carimba, nada mais) de novo entregou a lateral direita em avenida para o adversário, que não soube explorar mais ainda. No primeiro gol do Atlético Pio não estava lá e não tinha ninguém marcando o atacante, que cruzou como quis. O mesmo Pio (que mata esse time e está prejudicando Juninho, por exemplo ) chutou outras bolas ridiculamente. Mas pra quem gosta de circo (e não de futebol) na hora dos penaltes ele mandou aquela booommba e o goleiro nem saiu do lugar. Grande … . O CSC foi um time sem criatividade e ACIMA DE TUDO sem eficiência. Uma palavra especial (crítica) deve ser dita em relação a Felipe Azevedo. Não é a primeira , nem a segunda nem a terceira vez que esse jogador (que tem qualidade) chega cara a cara com o gol e quer dar um toquinho disperso, de um craque que ele não é. Perdeu gol feito em Curitiba, já perdeu vários aqui da mesma forma (em diversos jogos) e inclusive ontem , e o pênalti perdido foi coisa de jogador de várzea , como também foi de alta irresponsabilidade a forma como bateu o Wescley. Esses caras precisam jogar com um mínimo de responsabilidade. Aliás, por falar em responsabilidade, o professor Pardal fez mais uma entre muitas das suas. Eu acho que Coutinho tem que ter mais chances e que está sendo boicotado, mas ontem não era o seu jogo e muito menos (ante a possibilidade de cobrança de penalte ) para entrar no lugar de Ricardinho. Pardal perdeu um gol certo ao tirar Ricardinho. Burrice crônica de um enganador que boa parte da torcida não enxerga pelos resultados que, na verdade, apenas encobrem um trabalho de fraco para regular em um futebol nivelado por baixo. Te cuida CEará. Tá chegando a hora na onça beber água e é inadmissível continuar vendo em campo um time titular com Pio , Valdo , Roberto (nossa Senhora !!!!) e mesmo o Elton , que merece banco, e com uma meia cancha desenhada para jogar nessa lentidão absurda , sem contar que a orientação técnica leva os jogadores todos a raciocinarem demais na troca de bola e na transição e não definir nada imediatamente; sempre lentos e sempre achando que a melhor jogada é um toquinho a mais, mesmo quando o gol está escancarado . Tem muito o que melhorar; tem muito o que acelerar . Há um material humano razoável, mas tem contratar (e logo), sob pena de fazer um papelão na série A.

  • Eduardo disse:

    Mais um ponto. A continuar com esse número de jogos, o elenco do Ceará estará completamente esgotado na parte final da série A. A parada da Copa do Mundo será pra todo mundo, portanto o recondicionamento será melhor para os que estão menos desgastados.
    Não é só o corpo que cansa, além de que até máquinas que são exigidas além do que podem suportar quebram.
    Elenco meia-boca e esgotado é o melhor caminho para o indesejável retorno.

  • Netto disse:

    Resultado normal apesar de que, no primeiro jogo merecíamos uma melhor sorte. O certo é que existem alguns torcedores que ficam felizes com alguns fracassos para destilarem seu ódio contra o Robinson de Castro ao qual chamam-no de robão. parece até algo pessoal! EVANDRO e Robinson transformaram o Ceará de um simples bodega em um supermercado de renome essa é a verdade. Moro no interior mas acompanho de perto tudo sobre o time do meu coração.Ceará sporting club

  • alberto t disse:

    Alô vozão de primeirona, mas com um time de Bzona e venho falando juntamente com outros amigos alvinegros, ñ tenho dúvida nenhuma, se nosso time for esse aí, tendo apenas a volta dos enjeitados tipo Romário, L.Carvalho etc e tal, no final do ano estamos de volta de onde ñ deveríamos ter saído; falei antes mesmos dos 2 jogos contra esse atl/Pr, esse seria mais ou menos o teste pra ver se tínhamos time pra Azona, e pronto, tudo concluído, ñ temos time pra Azona, seu Chamusca, tua sorte acabou viu, te contenta apenas com essa perebagem de manjadinho e nordestão com times tipo Salgueiro, Crato e por aí vai; seu Chamusca, vc vai se lascar em bandas com esse seu esquema q só puxa saco do Robão apóia, com a av Pio, q mais uma vez tomamos gol em cima do seu espaço, chega gente, já extrapolou, todo jogo é gol ali justamente na av Pio, agora fica um bando de bonecos com papo q Pio chuta muito, muito pra onde, qual a diferença disso? sabes qual a diferença, é gol e tome gol na nossa meta, com Ricardinho morto em nada acrescentar e com Andrigo q poderia fazer o papel q sempre fez, vindo de trás pelo meio campo, mas não, fica apenas marcando o lateral e pronto, resultado, nosso meio com apenas 3 homens q se resulta em dois, pq Ricardinho já era e Andrigo lá marcando lateral, aí tome olé de um time q pediu pra perder em Curitiba e ontem, mas dominou todo meio campo por pura brutalidade de nosso treinador.

  • alberto t disse:

    Chamusca, o atl tinha cinco homens no meio campo e nós dois (Richardson e Juninho), sabes qto a posse de bola do atl? 73%, mesmo tendo perdido 3 titulares logo no primeiro tempo e ter ficado com os reserva dos reservas em campo aí tem gente q aplaudiu, eu aplaudir uma desmoralização dessa? nunca; também falo aqui direto, F.Azevedo só tem lampejos, Wescley é jogador de Bzona e nunca e nem será meia de armação ou atacante, nem chutar sabe, viram o pênalti dele? Wescley é apenas um meia camisa 8 de marcação e pronto, alô Vitor Nobre, Milton, com esse timeco com Pio de lateral, Ricardinho de meia titular absoluto e Andrigo de marcador de lateral, final de ano estamos comemorando ou lamentando a Bzona de volta e com muito orgulho, pq lá, se assim for, é nosso lugar conforme pensa o ROBÃO, ía esquecendo, lá em Curitiba o Chamusca ñ quis ganhar e abdicou de atacar com substituições pífias e ontem mais uma vez ele foi um mestre de novo nas substituições, tirou um morto em campo e colocou um pior, quero nem lembrar o nome daquilo, horrível meu, refugo e dos grandes, como q trazem um pereba pra uma competição de alto nível? eita ROBÃO.

  • TORCEDOR ALVINEGRO disse:

    Cabeça erguida, Weiber, me poupe. O que nos vimos mesmo foi um time sem poder de fogo. Cria, cria e nao sabe fazer gol. Estou apreensivo pelo que vem ai (serie A). Eu nao vi o banco, mas se o Reina estava nele deve ter ficado com odio de ter visto o Perebao do D. Coutinho entrar em detrimento de sua escalaçao. E dose.ou nao e.

  • Bosco disse:

    Weiber qual foi a boa partida que o Douglas Coutinho fez para merecer ir no banco ontem e até entrar antes do Wesclay? Até hoje nunca vi uma partida dele que nos convencesse. Pelo menos uma partida boa ele nunca fez. Preocupante. Muito preocupante.

  • Vozão acima de tudo! disse:

    Em minha análise, o faltou ao Ceará um pouco mais de qualidade e sobrou humildade. Qualidade pq tem certos jogadores que realmente são limitados para enfrentar times como o Atlético, humildade pq respeitou muitoo aadversário. Quanto ao Pio, tenho dito que ele é um bom reserva e nada mais, porém nesse jogo achei que ele fez uma boa partida, inclusive recebendo elogios da equipe que transmitiu o jogo. O Arthur, tem esse preparo mesmo, ainda falta a ele maturidade para dosar o gás, inicia a mil e termina a zero, por correr errado. Esse jogo não foi jogo pra Raul, pois Juninho e Richardson foram muito bem. Meu craque Ricardinho, o qual sou fã, parece estar começando a sentir o peso da idade. Douglas Coutinho, Wescley e Romario entraram pra manter o ritmo do time, porém não acrescentaram em nada, muito pelo contrário. Resumindo, foi um bom jogo, mas poderia ter sido melhor se nosso elenco fosse mais qualificado, então temos que buscar pelo menos seis a oito jogadores de Série A para conseguirmos fazer um bom campeonato. Quanto a comparações com outros times, ainda acho cedo, pois o Atlético totalmente sem ritmo foi o único bom adversário que enfrentamos.
    Saudações Alvinegras!

  • carlos disse:

    Meu caro Weiber saberia informar, a duração do contrato de Douglas Coutinho, e outros atletas que vieram para o cearense?

    Coutinho é até o final da temoporada, sem nominar os outros, fica dificil te responder.
    WC

\

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *