Blog do Vozão

Ceará x Fluminense – Momento pede superação

469 9

Ceará x Fluminense – Momento pede superação (Foto: Cearasc.com/Divulgação)

A situação em que se encontra o Vozão o proíbe de pensar em qualquer outro resultado que não seja a vitória nesta partida, e a grandeza do adversário não diminui em nada a obrigação da conquista dos três pontos, pois no plano feito para escapar do rebaixamento consta vencer esta partida.

E para não deixar a chama ainda acesa do fio de esperança apagar, o torcedor será fundamental apoiando o time durante toda a partida, mesmo sabendo das deficiências, das limitações do elenco e das dificuldades que serão encontradas nessa caminhada, pois o momento é de superação. Jogar contra é ser mais uma adversário pelo caminho.

Suspenso pelo terceiro amarelo, Richardson será desfalque certo, e Reina com sua improdutividade são dois de vários problemas que Lisca terá que encontrar uma solução para montar o time que irá encarar o Fluminense. Para a vaga de Richardson é bem provável que Edinho seja o escolhido, fazendo sua estreia com a camisa do Vozão. Quanto a Reina, não é possível que Lisca continue insistindo com ele time.

Calyson, Cardona e Juninho Quixadá são opções para a posição, a expectativa é que algum deles entre no lugar de Reina e Lisca não peque por omissão na tentativa de dar uma melhorada no setor ofensivo do time, que por sinal tem sido pouco produtivo, corroborando para que o time esteja na situação em que se encontra. Nesse caso é possível que as alterações no time do meio de campo para frente poderá não fique apenas na saída de Reina.

Éverson; Samuel Xavier, Tiago Alves, Luiz Otávio e João Lucas; Edinho, Fabinho, Cardona e Juninho Quixadá; Leandro Carvalho e Arthur. Precisando vencer, vai que de repente, essa seja a formação que Lisca mandará a campo para enfrentar o Fluminense, que por sinal vem embaladíssimo e invicto sob o comando do novo treinador.

Não tenho duvidas de que será mais uma partida onde o sofrimento será constante, mas jogo de superação será será dessa forma. Portanto, será preciso mais uma vez que o torcedor alvinegro jogue junto e carregue o time nos braços, assim como fez na ultima partida em que jogou em casa. O “Pevezin de açúcar” tem que ser transformado em um caldeirão para que a energia produzida na arquibancada vá para dentro de campo.

E não nos esqueçamos das orações para que os deuses da bola estejam conosco.

9 Comentários

  • Eduardo disse:

    “Ceará paga dívida de R$ 2.2 milhões por jogador que passou pelo clube em 2010 e fez três jogos”.
    https://blogs.opovo.com.br/futeboldopovo/2018/07/27/ceara-paga-divida-de-r-2-2-milhoes-por-jogador-que-passou-pelo-clube-em-2010-e-fez-tres-jogos/

    O que é isso???????

    Uma divida q está sendo paga. Pois é né?
    WC

  • Oliveira Silva disse:

    Mais uma dura batalha! Em qualquer circunstancia jogar contra o Fluminense não é nada fácil, tomara que o Lisca siga esta escalação do blog ou algo parecido, existe também a possibilidade do Calyson no lugar do Leandro Carvalho, acredito ser no momento o que de melhor temos.
    Ainda tem a pressão dos últimos resultados do Brasileirão que não foram nada favoráveis ao Ceará. Que o Vozão vença!!!

  • Cruz disse:

    Enquanto dirigentes negligentes não responderem com seus patrimônios, os prejuízos causados aos clubes, continuará esse festival de dividas trabalhistas. É inconcebível um jogador ser dispensado sem o pagamento de seus direitos e rescisão legal de seu contrato de trabalho.

  • Cruz disse:

    Enquanto dirigentes negligentes não responderem com seus patrimônios, os prejuízos causados aos clubes, continuará esse festival de dividas trabalhistas. É inconcebível um jogador ser dispensado sem o pagamento de seus direitos e rescisão legal de seu contrato de trabalho.

  • Bosco disse:

    Avante Ceará para cima dos coloridos.

  • Vander disse:

    Muito interessante essa dívida trabalhista…. EDSON SITTA… Você lembra desse Jogador WC? Será que o Bosco lembra? E ainda deve vir muita novidade por aí! Hein.
    São as famosas contratações “estranhas”… Aqueles jogadores “interessantes”, como alguns gostam de falar. Ou para outros, aquele jogador quem vem de contra-peso com outro… Aqueles jogadores do naipe do Salazar…. Lembram do colombiano? E do Sodinha? Esqueceram? E como se justifica as idas e vindas de tantos jogadores no ceará? Parecem até aqueles grandes animais marinhos: eles vêem, ficam em nossas águas quentinhas, vão embora e depois voltam novamente para procriarem… Que coisa linda!! Seriam assim, Wesley, Reina, Felipe Azevedo, Leandro Carvalho, Ricardinho, Romário, Robinho… Uffa! Cansei. Ajudem-me!

    Lembro sim.
    WC

  • Cesar de São Paulo disse:

    Gostei da equipe titular, pois já que foram contratados esses jogadores achando que são reforços, o certo é colocar como titulares mesmo. Lamentar mesmo só o desfalque do Richardson, mas torcer para que Edinho consiga dá conta do recado. Juninho Quixadá, Cardona e Leandro Carvalho, sinceramente não considero jogadores capazes de tirar o Ceará dessa situação, mais como só me resta torcer, irei torcer e muito. Eu nem vou reclamar da saída do Rafael Pereira, que apesar de ser um bom jogador, esse ano ele só deu prejuízo, passando praticamente sete meses no departamento médico. Hyuri foi outro que deu pé, mais desse ninguém nem vai lembrar. Agora à notícia dessa ernome dívida trabalhista confesso que foi uma surpresa, pois pelo o menos na parte administrativa e financeira do clube, o Robinson de Castro tinha credibilidade com a torcida.

  • Dragão Alvinegro disse:

    PRESIDENTE PEREBA! KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

  • VOZÃO disse:

    2×0 vozãooooooooooooooo

\

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *