Blog do Vozão

Paraná x Ceará – Importância redobrada

533 9

Paraná x Ceará – Importância dobrada (Foto: Cearasc.com/Divulgação)

O Vozão nunca venceu o Paraná em Curitiba. Um fato. Mas tudo na vida tem sua primeira. Uma certeza. Diante de um fato e um certeza está a necessidade do Vozão em ter que vencer mais uma partida na competição para somar mais três pontos e se manter firme na luta contra o rebaixamento.

Assim como o Vozão, o Paraná também luta contra o rebaixamento, ou seja, teremos um confronto direto, o que dobra a importância de uma vitória nesta partida, ou seja, quem vencer garante os três pontos e impede o concorrente de somar pontos na competição. No entanto, em caso de vitória do Vozão, a lanterna da competição passará para as mãos do Paraná.

O time a cada partida ganha consistência. A parte ofensiva era o que causava problemas, mas ao que parece esse problema vem sendo resolvido, pelo menos foi isso que vimos na partida passada e é isso que esperamos para esta partida.

Lisca não deverá ter problemas para escalar o time, mesmo tendo duas ausências para a partida, Samuel Xavier, suspenso pelo terceiro amarelo, e Luiz Otavio contundido. Com o retorno de Richardson, o volante Fabinho deverá ser deslocado para lateral direita e Eduardo Brock fará dupla de zaga com Tiago Alves.

Sendo assim o time deverá ter a seguinte formação para esta partida: Éverson; Fabinho, Tiago Alves, Eduardo Brock e João Lucas; Edinho, Richardson, Cardona e Juninho Quixadá; Leandro Carvalho e Arthur.

Na cartilha preparada pelo Vozão para escapar do rebaixamento diz que é preciso vencer as partidas em casa e pontuar fora, mas que em partidas contra adversários diretos na briga contra o rebaixamento, ela precisa ser encarada como uma final de campeonato, e os três pontos passam a um efeito diferenciado, tornando-se fundamentais, independente do local da partida.

Meu avô sempre diz que para tudo na vida tem sua primeira vez, de repente, vai que chegou a vez do Vozão. Só sei de uma coisa, eu estarei nessa junto com o meu avô e com meu Vozão!