Blog do Vozão

Ceará x Paraná – Caráter decisivo

649 13

Ceará x Paraná – Caráter decisivo (Foto: Cearasc.com/Divulgação)

Vencer. Esse será o principal objetivo do Vozão na partida. Teoricamente, pelas posições na tabela e pelas pretensões de ambos, o Vozão é o favorito na partida. Mas favoritismo e o “teoricamente” não entram em campo. Jogar contra franco atirador é muito perigoso, por isso se faz necessário muita concentração, atenção e equilíbrio durante todo os noventa minutos.

O Vozão não sabe o que é uma vitória há quatro partidas e chega nesta reta final precisando vencer para ficar muito próximo de atingir seu objetivo principal na competição, por conta disso e de outras coisas mais, a partida ganhou caráter de decisão, e precisará ser encarada como uma final de copa do mundo.

Com exceção de Richardson que cumprirá suspensão pelo terceiro cartão amarelo, Lisca praticamente terá todos os jogadores a sua disposição, mas, apesar de confirmar que usará força máxima, faz mistério para divulgar o substituto de Richardson, e se promoverá ou não o retorno de Ricardinho.

Como o retorno de Edinho foi confirmado pelo treinador, não quero acreditar que Ricardinho deva estar entre os que iniciarão a partida, tendo em vista que nas vezes em que jogaram juntos como titulares o rendimento do time não foi satisfatório, some-se a isso Calyson não ter ido mal na partida passada, quando foi utilizado na função outrora feita por Ricardinho, além da necessidade de ter que vencer a partida para ficar muito próximo de garantir permanência na competição no ano que vem, creio que Lisca mandará a campo um time com características mais ofensiva.

O fato é que só momentos antes da partida é que deveremos ficar sabendo quais os escolhidos de Lisca, mas apostaria na seguinte formação para esta partida: Éverson; Samuel Xavier, Tiago Alves, Luiz Otávio e Felipe Jonatan; Edinho, Juninho, Calyson e Felipe Azevedo (Éder Luis); Arthur e Leandro Carvalho.

O adversário costuma ser pedra de tropeço para o Vozão, o que já é uma dificuldade certa que o time terá pela frente, mas para chegar até aqui nada foi fácil, e foi nas dificuldades que o time mostrou poder de superação. Precisamos fazer valer nossa força jogando em casa, e o torcedor é peça importante para isso. Falta pouco, dependemos apenas de nós mesmos para alcançar o objetivo.

À luta, Vozão!