Clube da Luta

UFC Rio: o Brasil é um ótimo negócio!

“Esse evento passou a ser um sucesso antes mesmo de ser realizado. Como vocês sabem, os ingressos esgotaram. Esses caras cumprem o que prometem”, disse o presidente do Ultimate Fighting Championship (UFC), Dana White, durante a coletiva de imprensa depois do UFC Rio, na madrugada de hoje, apontando para os brasileiros Anderson Silva, Rodrigo Minotauro e Maurício Shogun. E Dana não poupou elogios à torcida brasileira. “Há dez anos, tenho feito o UFC ao redor do mundo. O Brasil com certeza ganha pela torcida mais barulhenta de todos os tempos”, riu-se Dana, que viu a Arena do HSBC estremecer durante o show. Como ele mesmo diz, o ginásio esteve lotado desde o card preliminar. Eram 16 horas e uma multidão já se aglomerava diante do local do evento.

Multidão se aglomerava na entrada do HSBC já às 16 horas. Os portões só foram abertos às 17 horas.

Futuro de Anderson Silva

A cada vitória, Anderson Silva deixa no torcedor a dúvida sobre ainda ter algum adversário bom o suficiente para desafiá-lo. Com a compra do Strikeforce pelo UFC Dan Henderson é um nome cogitado, assim como Chael Sonnen, que perdeu para Anderson Silva, numa luta bem dficícil para o brasileiro. Chael foi flagrado no exame de dopping, foi afastado por um tempo e agora está com luta marcada para 8 de outubro contra Brian Stann.

Por enquanto, Dana White afirma que ainda não existe uma confirmação se um deles será o próximo adversário do Brasil, mas também não descartou a possibilidade. Na coletiva, Dana voltou a falar sobre o possível confronto entre Anderson e o canadense Georges St. Pierre. “Uma coisa que tem que ficar clara: Com certeza, Anderson é o melhor peso por peso do mundo. Vocês estariam loucos se pensassem diferente. A categoria de peso dele tem um monte de bons lutadores. Mas ele é tão fantástico,  que faz os adversários parecerem fáceis. Mas na realidade, não são”, disse.

Segundo Dana, Anderson e St. Pierre ainda tem algumas lutas por fazer. “St. Pierre também quer fazer grandes lutas. Talvez chegue o momento em que essa luta vai ter que acontecer. Seria um ótimo negócio (para o UFC). Não sei se a gente teria um estádio tão grande quanto seria essa luta entre St. Pierre e Anderson Silva”, disse.

A volta de Minotauro

Minotauro comentou a alegria de voltar a lutar, na condição de estar em casa e com uma bela vitória.  “Para mim, foi a realização de um sonho. Eu vim de três cirurgias ano passado. Tive que pararde treinar evoltei há quatro meses. Contei com o apoio de Anderson Silva e de todo o meu time. Todos me ajudaram muito. Essa foi a minha luta 40 e eu não conseguia olhar a torcida, porque fiquei nervoso”, confessa. Só depois que a luta acabou, foi que Minotauro conseguiu encarar a torcida e perceber o barulho que ela fazia. Agradeceu ao UFC pela oportunidade e disse que esperava que fosse um grande show, mas não tanto quanto foi.

As chances de um novo UFC no Brasil

A pergunta mais recorrente de todas as coletivas voltou a se repetir: Afinal, o UFC volta ao Brasil no ano que vem? Especula-se que no Amazonas já existem conversas bem adiantadas sobre a realização do evento lá. No entanto, Dana White desconversa. “A gente está conversando com várias cidades. Queremos muito  levar o UFC para várias cidades. Queremos trazer o UFC de volta ao Brasil, provavelmente até para o Rio de Janeiro”.

Shogun, Dana White, Anderson Silva e Forrest Griffin, na coletiva pós-UFC 134

No embalo, Dana White revelou que o UFC está bem próximo de montar escritório aqui no Brasil. “Esse é um mercado muito grande para a gente. Mas não quero me antecipar. Quando se faz negócio em outro em país, a gente tem que aprender muita coisa antes. Mas sem dúvida, faz muito sentido a ideia de ter um escritório aqui no Brasil”, afirmou.

Acompanhe as novidades

Ao longo da semana, o blog Clube da Luta trará mais novidades e curiosidades do UFC Rio. Na edição de segunda-feira, o jornal O POVO também trará matéria sobre o evento.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *