Clube da Luta

VÍDEO: Rashad Evans vence luta apertada contra Dan Henderson; Roy Nelson é superado por lutador croata

Rashad reencontrou o caminho das vitórias no UFC. Foto: UFC/Divulgação

Rashad reencontrou o caminho das vitórias no UFC. Foto: UFC/Divulgação

Num lutão, marcado grandes momentos dos dois lutadores, o americano Rashad Evans interrompeu a série de duas derrotas seguidas ao vencer, no detalhe, o compatriota Dan Henderson, por decisão dividida, na luta principal do UFC 161, na madrugada deste sábado, em Winnipeg (Canadá).

Mais uma vez, Henderson deixou o octógono bastante desapontado, pois sabe que esteve mais próxima da vitória durante o combate, quando aplicou um knock-down e por pouco não nocauteou Evans. Foi a 2ª luta seguida que o veterano de 42 anos deixa o octógono perdendo por decisão dividida e de forma polêmico. Na vez passada, o revés foi para o brasileiro Lyoto Machida.

Confira a entrevista pós-luta de Rashad Evans e alguns dos principais lances do combate com Henderson:
[youtube]http://youtu.be/AHvImS9E_T4[/youtube]

GORDINHO É DERROTADO!

No co-luta principal da noite, não deu para o gordinho sensação dos pesos-pesados Roy Nelson. O americano foi superado pelo croata Stipe Miocic que dominou o duelo ao longo dos três rounds (com um ótimo jogo de trocação e ótimos socos conectados) e venceu por decisão unânimes. Veja os principais lances do combate e a entrevista do atleta vitorioso:
[youtube]http://youtu.be/apXqAmq2Pn8[/youtube]

DETALHE NEGATIVO

Das 11 lutas do UFC 161, nove foram parar na decisão dos juízes. Nas outras duas lutas, uma vitória por finalização e outra por nocaute técnico. Um cenário praticamente oposto ao da edição passada do Ultimate, em Fortaleza, que terminou com 8 finalizações em 12 combates, recorde da história da organização.

Card principal
Rashad Evans derrotou Dan Henderson na decisão dividida dos juízes
Stipe Miocic derrotou Roy Nelson na decisão unânime dos árbitros
Ryan Jimmo derrotou Igor Pokrajac na decisão unânime dos árbitros
Alexis Davis derrotou Rosi Sexton na decisão unânime dos árbitros
Shawn Jordan derrotou Pat Barry por nocaute técnico aos 59s do 1° round

Card preliminar
Jake Shields derrotou Tyron Woodley por decisão dividida dos árbitros
James Krause finalizou Sam Stout com uma guilhotina no 3° round
Sean Pierson derrotou Kenny Robertson por decisão majoritária dos árbitros
Roland Delorme derrotou Edwin Figueroa por decisão unânime dos árbitros
Mitch Clarke derrotou John Maguire por decisão unânime dos árbitros
Yves Jabouin derrotou Dustin Pague por decisão dividida dos árbitros

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *