Clube da Luta

Últimas do MMA: Shogun volta a lutar em dezembro; Jacaré sobe no ranking; Overeem pode deixar o UFC

Shogun tem no currículo os cinturões do Pride e do UFC. Foto: Divulgação

Shogun tem no currículo os cinturões do Pride e do UFC. Foto: Divulgação

Notícia: O UFC confirmou a próxima luta de Maurício Shogun. Vindo de derrota para o falastrão Chael Sonnen, o ex-campeão do Pride e do UFC tentará sua reabilitação contra o neozelandês James Te Huna, que vem de derrota (por finalização) para o brasileiro Glover Teixeira. O duelo está marcado para o o UFC Fight Night no Combate: Silva x Hunt, que acontece na Austrália, no dia 7 de dezembro.

Comentário: Shogun tem uma grande chance de calar os críticos e mostrar que ainda pode lutar em alto nível. Ele certamente tirou lições da derrota para Sonnen e voltará mais forte. Ah, favoritaço para conquistar a vitória, em que pese Te Huna ser um cara duro.

 

Ronaldo Jacaré sobe no ranking do UFC

jacareufc

Notícia: Jacaré venceu o japonês Yushin Okami ainda no primeiro round, durante o UFC em Belo Horizonte, e agora ocupa a terceira posição do ranking da organização.

Comentário: Fera no jiu-jitsu, o brasileiro demonstrou grande melhora na trocação e poder de nocaute. Jacaré soma 19 vitórias na carreira, somente três derrotas e segue com moral alta no UFC. E, na minha opinião, o lutador pode mais, vai manter sua ascensão e chegará a disputar o cinturão dos médios.

 

1325179172alistair_overeem635x365

Divulgação / UFC

Alistair Overeem diz que deixará o UFC se perder para Frank Mir

Notícia: “Se eu perder para Frank Mir, tenho que encontrar outra coisa para fazer”, disse o holandês ao portal norte-americano MMA Fighting. O duelo entre os pesos-pesados está marcado para o dia 16 de novembro, nos Estados Unidos.

Comentário: Overeem leva vantagem na trocação, e Mir tem melhor jiu-jitsu. Um vem de duas derrotas, o outro de três. Quem perder provavelmente dará adeus ao UFC. O americano deverá ter muita dificuldade para levar o grandalhão holandês para o chão e, como tem queixo de vidro, corre grande risco de ser nocauteado. E de deixar a organização.

 

Amanda-Nunes-2_

Divulgação / UFC

Amanda Nunes enfrenta Germaine de Randamie em novembro

Notícia: Após estrear com vitória no UFC, Amanda “Leoa” Nunes volta ao octógono no dia 6 de novembro, contra a holandesa Germaine de Randamie. O duelo acontece no card preliminar do evento.

Comentário: Se recuperar de última derrota, vencer na sua estreia na maior organização do mundo e não fazer feio diante do público brasileiro. Amanda superou tudo isso ao vencer durante o UFC: Aldo vs Zumbi. De quebra, triunfou ainda no primeiro round e ganhou moral. Mais experiente no esporte, a Leoa tem tudo para conquistar mais uma vitória contra a holandesa, agora longe de casa.

 

tn_620_600_Jon_Jones_Presser

Divulgação / UFC

Jon Jones quer bater recorde de Anderson Silva

Notícia: O “Spider” conseguiu defender o cinturão dos médios por dez vezes, até ser derrotado por Chris Weidman e perder o título. Jon Jones tem cinco defesas de cinturão e quer quebrar o recorde do brasileiro: “Esperei muito tempo, tenho muitos objetivos na minha carreira e esse é definitivamente um deles”.

Comentário: Logo de cara: jones conseguirá?! metade do caminho já foi percorrido e o americano tem dois adversários pela frente: o sueco Alexander Gustafsson, no dia 21 de setembro, e o brasileiro Glover Teixeira, confirmado como próximo desafiante dos meio-pesados.

O palpite? vitória do americano em ambas as lutas. Se confirmar, Jones chegaria a sete defesas de cinturão. Se pensarmos nos lutadores da categoria, não vejo alguém se destacando, o que significa que Jones tem boas condições de alcançar o recorde do brasileiro. Já se subir para os pesados, como cogita, a situação muda.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *