Clube da Luta

Lutaça! Jon Jones vence Alexander Gustafsson por decisão dos jurados e mantém o cinturão dos meio-pesados

Jon Jones defendeu com sucesso o cinturão dos meio-pesados pela sexta vez. Foto: Divulgação / UFC

Jon Jones defendeu com sucesso o cinturão dos meio-pesados pela sexta vez. Foto: Divulgação / UFC

Jon Jones sofreu, mas derrotou Alexander Gustafsson por decisão unânime dos jurados e continua dono do cinturão dos meio-pesados. O sueco foi melhor nos primeiros rounds, mas Jones se recuperou e o público foi a delírio com o equilíbrio do combate entre os atletas.

Gustafsson surpreendeu ao partir para cima logo no início da luta. O sueco aplicou socos no rosto de Jones, enquanto o campeão focava nos chutes no corpo do adversário. O desafiante conseguiu derrubar o campeão, algo inédito até então, mas Jones logo se levantou e acertou o dedo no rosto de Gustafsson, sendo advertido pelo árbitro. Jones ainda conseguiu uma cotovelada no rosto do sueco antes do fim do primeiro round.

No segundo round, o desafiante continuou se movimentando bastante e buscando sequência de socos no rosto de Jones, que respondeu com chutes rodados no abdômen do rival. Um dos chutes do americano foi defendido por Gustafsson, que aplicou uma rasteira em seguida. Jones tentou então levar a luta para o chão, mas o sueco fez boa defesa de queda. O campeão desferiu chutes altos no rosto do sueco antes do término do segundo período.

A essa altura, os lutadores já eram aplaudidos de pé pela torcida, que vibrava com o alto nível e equilíbrio do duelo. Gustafsson novamente soltou uma sequência de jabs e diretos, um deles acertou o americano, que sentiu o golpe. O campeão respondeu com mais chutes e acertou uma cotovelada rodada. O sueco demonstrou cansaço e sua movimentação diminuiu bastante, mas ele ainda conseguiu ir para as costas do adversário no final do terceiro round.

No quarto round, Jones voltou melhor, castigando o oponente que já estava bastante cansado. O americano aumentou a frequência dos chutes e cotoveladas no rosto, que foram sentidas pelo sueco. Com os golpes, Gustafsson balançou e quase foi nocauteado no final do período, sendo salvo pelo tempo.

No último período, o desafiante recuperou um pouco do fôlego e novamente aplicou socos, enquanto o campeão investia nos chutes e conseguiu aplicar uma queda. O sueco se levantou rapidamente, mas terminou o combate visivelmente sem forças e sofrendo com mais chutes do americano, que saiu vitorioso por decisão unânime dos jurados.

Com a vitória, Jones consegue a sexta defesa de cinturão na carreira e alcança sua 19ª vitória. Já Gustafsson conheceu sua segunda derrota, mas saiu do octógono aplaudido pelo belo espetáculo que proporcionou junto ao americano.

UFC 165
Toronto, Canadá
Sábado, 21 de setembro de 2013

Card principal
Jon Jones derrotou Alexander Gustafsson por decisão unânime dos jurados
Renan Barão derrotou Eddie Wineland por nocaute técnico no segundo round
Brandan Schaub finalizou Matt Mitrione com um triângulo de mão no primeiro round
Francis Carmont derrotou Costa Philippou por decisão unânime dos jurados
Khabib Nurmagomedov derrotou Pat Healy por decisão unânime dos jurados

Card preliminar
Myles Jury derrotou Mike Ricci por decisão dividida dos jurados
Wilson Reis derrotou Ivan Menjivar por decisão unânime dos jurados
Stephen Thompson derrotou Chris Clements por nocaute técnico no segundo round
Mitch Gagnon finalizou Dustin Kimura com uma guilhotina no primeiro round
John Makdessi derrotou Renée Forte por nocaute técnico no primeiro round
Michel Trator derrotou Jesse Ronson por decisão dividida dos jurados
Alex Caceres derrotou Roland Delorme por decisão dividida dos jurados
Daniel Omielanczuk nocauteou Nandor Guelmino no terceiro round

Recomendado para você

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

12 − 10 =