Clube da Luta

Radicado em Fortaleza, Fernando Moura é o mais novo árbitro do UFC

Árbitro de eventos de MMA no Ceará, Fernando Moura avaliará, de fora do octógono, as lutas do UFC

Árbitro de eventos de MMA no Ceará, Fernando Moura avaliará, de fora do octógono, as lutas do UFC

A nata de nordestinos da principal organização mundial de MMA ganha mais um agregado. Fernando Moura, nascido em São Paulo-SP, mas que vive no Ceará desde a infância e representa o Estado nas artes marciais, vai ser um dos julgadores do UFC Fight Night – Maia x Shields, nesta quarta-feira (9), em Barueri-SP. Segundo ele, será a primeira vez que um juiz do Nordeste vai participar de um evento do Ultimate Fighting Championship (UFC).

Atualmente, os irmãos árbitros Mário e Fernando Yamasaki, além de Guilherme Bravo, são os únicos brasileiros que participam do comando de lutas da associação.

Membro da Comissão Atlética Brasileira de MMA, Moura, 35 anos, há três como juiz, foi convidado para realizar uma espécie de teste e será um dos três responsáveis, a cada luta, por avaliar o desempenho de cada competidor durante os rounds.

“Não tem perigo o UFC gostar ou não de mim. Quem decide quem participa são as comissões. Agora tenho que provar que eu tenho capacidade de continuar”, afirmou Fernando, explicando que o UFC não escolhe os árbitros e juízes de cada evento.

Sem saber ainda quais combates julgará, por conta da determinação da organização de só passar a escala duas horas antes do início do evento, Fernando acredita que será um dos juízes a avaliar, fora do octógono, quatro ou cinco lutas.

Uma pessoa vai analisar o desempenho do juiz após cada decisão, confirmando ou não a permanência do cearense. Possuidor do certificado do curso do árbitro Mario Yamasaki, um dos mais conhecidos no mundo, Fernando ressalta a importância do feito para os adeptos do MMA no Estado: “Acho que o que mais me alegra é saber que vai qualificar cada vez mais os cearenses”.

Desejo Maior

Cumprida a meta de chegar ao UFC, o sonho agora é comandar de dentro do octógono as principais lutas de MMA no País. “É lógico que todo mundo sonha em participar em Las Vegas, mas a minha meta é ser árbitro dos eventos do UFC no Brasil. Já estarei muito satisfeito”, declarou Fernando Moura.

Lucas Catrib, especial para o blog Clube da Luta

Recomendado para você

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *