Clube da Luta

Primeiro UFC do ano tem batalha empolgante na luta principal; brasileiro Luiz Besouro é desclassificado por golpes ilegais

O lutador belga minou o adversário com uma série de chutes precisos. Foto: UFC/Divulgação

O lutador belga minou o adversário com uma série de chutes precisos. Foto: UFC/Divulgação

O primeiro do UFC do ano, realizado em Cingapura, teve como luta principal Tarec Saffiedine e Hyun Gyu Lim, que fizeram uma verdadeira batalha dentro do octógono. Foram cinco rounds de muita movimentação e trocação. O belga dominou, praticamente, todos os rounds e machucou bastante a parte externa da coxa esquerda de Lim, mas o sul-coreano foi um guerreiro e nos segundos finais quase nocauteia o oponente. No final, vitória por decisão unânime para Saffiedine.

[youtube]http://youtu.be/cqepqYkN9FU[/youtube]

Com a vitória, o ex-campeão do Strikeforce deve subir no ranking dos top 10 dos pesos meio-médios do UFC. Antes da luta, Saffiedine ocupava a décima colocação, mas pode ganhar um espaço mais próximo do top 5. Após a vitória, o belga pediu um adversário do top 10.

Ponto alto

Além da batalha principal, foram destaques deste UFC, em Cingapura, os duelos entre Max Holloway x Will Chope e Tatsuya Kawajiri x Sean Soriano. Holloway, que vinha de duas derrotas, conseguiu uma vitória por nocaute técnico em grande estilo. Já Kawajiri conseguiu parar a série invicta do estreante Soriano após aplicar um mata-leão no segundo round. Após o combate, Tatsuya pediu para disputar o cinturão.

Ponto baixo

besouro

O brasileiro Luiz Besouro estreou com derrota no UFC. Após muita expectativa para sua estreia, Besouro aplicou golpes ilegais na nuca do adversário e foi desclassificado. Com o resultado, o atleta da RFT foi às lágrimas. Outro brasileiro em ação no UFC deste sábado, 3, Leandro Hissa também foi derrotado. Hissa foi finalizado no segundo round, depois do oponente encaixar um triângulo.

Resultados do UFC Cingapura

Tarec Saffiedine vence Hyun Gyu Lim por decisão unânime dos jurados
Tatsuya Kawajiri vence Sean Soriano por finalização (mata-leão) no segundo round
Kunimoto vence Luiz Besouro por desqualificação (cotovelada na nuca)
Kyung Ho Kang vence Shunichi Shimizu por finalização no terceiro round

Max Holloway vence Will Chope por nocaute técnico no segundo round
Katsunori Kikuno vence Quinn Mulhern por decisão unânime dos jurados
Royston Wee vence Dave Galera por decisão unânime dos jurados
Mairbek Taisumov vence Tae Hyun Bang por decisão unânime dos jurados
Dustin Kimura vence Jon de los Reyes por finalização (chave de braço) no primeiro round
Russell Doane vence Leandro Issa por finalização (triângulo) no segundo round

Recomendado para você

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *