Clube da Luta

Após vitória sobre Lamas, José Aldo deve encarar Anthony Pettis pelo cinturão dos pesos-leves do UFC

780 1
Luta entre Aldo e Pettis finalmente deve acontecer. Foto: UFC/Divulgação

Luta entre Aldo e Pettis finalmente deve acontecer. Foto: UFC/Divulgação

 

O duelo que todos os fãs de MMA aguardavam, ao que parece, dessa vez, vai rolar. Logo após derrotar Ricardo Lamas e manter o título dos pesos-penas do UFC, José Aldo confirmou a intenção de enfrentar o americano Anthony Pettis, atual dono do cinturão dos pesos-leves do Ultimate.

“Eu estou esperando o Dana, quem ele mandar eu luto. Estou pronto, e todo mundo quer a minha luta contra o Anthony. Essa luta é a que todo mundo quer, e eu também. Acho que será uma bela luta, que vai entreter a todos, e eu estou pronto”, disse o brasileiro, na coletiva de imprensa do UFC 169, realizado na madrugada de sábado para domingo em Newark, nos Estados Unidos.

Na sequência, o presidente do UFC, Dana White, ‘bateu o martelo’ e deu como certo o combate. “Aí está, ele quer essa luta. Foi fácil. Negócio fechado. Uma coisa a menos para fazer na segunda-feira”, brincou o chefão do maior organização de MMA do mundo.

Aldo deixou em aberto a categoria em que a luta poderia ocorrer, já que ele Pettis lutaram em pesos distintos. Mas Danda White adiantou que o duelo, se concretizado, será nos pesos-leves, com José Aldo abrindo mão de seu título nos penas.

Em recado direto ao brasileiro, White comentou na coletiva: “Sim, se você decidir lutar entre os pesos-leves, terá de deixar seu cinturão vago. E, se depois quiser voltar para os pesos-penas, pode voltar e buscar a disputa do cinturão novamente. Ou, se for campeão dos leves, pode continuar nessa categoria com o seu cinturão”.

HISTÓRICO DO CASO

A luta entre Pettis e Aldo já é cogitada há bastante tempo e chegou a ser marcada ano passado para o UFC 163, no Rio de Janeiro. Os dois até posaram para fotos juntos, promovendo a luta.

Contudo, uma lesão no joelho do americano cancelou a luta e Aldo acabou lutando na sequência contra Chan Sung Jung, vindo a derrotar o sul-coreano por nocaute técnico. Pettis, meses depois, enfrentou Ben Henderson pelo título dos pesos-leves e conquistou o cinturão da categoria, após vitória por finalização.

1 comentário

\

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *