Clube da Luta

Atropelou! Renan Barão nocauteia Urijah Faber no 1° round e mantém o Brasil com dois títulos no UFC

849 2

 

Renan Barão não tomou conhecimento de Faber. Foto: UFC/Divulgação

Renan Barão não tomou conhecimento de Faber. Foto: UFC/Divulgação

Renan Barão é, definitivamente, o cara do peso-galo do UFC. Com uma atuação impecável na luta em pé, o potiguar Renan Barão nocauteou de forma arrasadora o americano Urijah Faber e manteve o seu cinturão no Ultimate.

Subindo no octógono pela 1ª vez como campeão linear de sua categoria, Barão não decepcionou. Pelo contrário. Deu show. Nos pouco mais de três minutos de combate, protagonizando a luta principal do UFC 169, em Newark (Estados Unidos), o potiguar mostrou bastante agressividade na luta em pé e trabalhou muito bem o seu jogo de boxe.

Na primeira sequência, Barão já levou Faber ao chão, após acertar diversos golpes no rosto do Faber. O americano resistiu o castigo no chão e em pé, com algumas joelhadas. Na investida seguinte, não teve jeito. Barão ligou ‘metralhadora giratória’ e não parava de golpear com as duas mãos. O americano acusou um dos golpes, caiu e ficou acoado apenas se protegendo, enquanto o brasileiro batia sem parar (com direito a uma pausa para olhar para o juiz), até que o árbitro interrompeu o combate, declarando vitória por nocaute técnico ainda no 1° round.

Festa de Renan Barão. Festa do Brasil, que segue com dois títulos na maior organização de MMA do mundo, após José Aldo também defender com êxito o seu título no Ultimate.

A noite dos brasileiros só não foi perfeita, porque John Lineker acabou superado por Ali Bagautinov por decisão unânime dos juízes, em confronto válido pelos pesos-moscas. No card preliminar, o manauara Alan ‘Nuguette’ Patrick superou o canadense John Makdessi por decisão e faturou sua 2ª vitória consecutiva no Ultimate.

CONFIRA OS RESULTADOS DO UFC 169

Card principal
Renan Barão derrotou Urijah Faber por nocaute técnico no 1° round
José Aldo derrotou Ricardo Lamas por decisão unânime dos jurados
Alistair Overeem derrotou Frank Mir por decisão unânime dos jurados
Ali Bagautinov derrotou John Lineker por decisão unânime dos jurados
Abel Trujillo nocauteou Jamie Varner no 2° round

Card preliminar
Alan Nuguette derrotou John Makdessi por decisão unânime dos jurados
Chris Cariaso derrotou Danny Martinez por decisão unânime dos jurados
Nick Catone derrotou Tom Watson por decisão dividida dos jurados
Al Iaquinta derrotou Kevin Lee por decisão unânime dos jurados
Clint Hester derrotou Andy Enz por decisão unânime dos jurados
Rashid Magomedov derrotou Tony Martin por decisão unânime dos jurados
Neil Magny derrotou Gasan Umalatov por decisão unânime dos jurados

2 Comentários

  • Ravi Porto disse:

    Excelente vitória e muito merecida do Barão, mas o Herb Dean podia ter esperado um pouco mais para interromper. Provavelmente o potiguar ainda nocautearia no primeiro round, mas Faber não estava grogue, estava se defendendo e seria interessante para não dar margem para nenhum ‘chororô’.

\

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *