Clube da Luta

Confira os resultados do Ox Revolution: Maurílio Touro nocauteia adversário com 26s de luta

Mário Yamasaki ergue o braço de Maurílio Touro. Foto: Bruno Balacó/O POVO

Mário Yamasaki ergue o braço de Maurílio Touro. Foto: Bruno Balacó/O POVO

26 segundos. Foi tudo que o cearense Maurílio “Touro” precisou para vencer o paraibano Evilasio “Puma” na luta principal do OX Revolution, realizado na noite desta quinta-feira, 10, no ginásio Paulo Sarasate.

Touro entrou no octógono ovacionado pelo público presente e, empolgado, partiu para cima do adversário assim que a luta começou. Na rápida trocação entre os atletas o cearense levou a melhor, ao acertar um dos golpes em Puma, que o levou direto ao chão. Aproveitando a oportunidade, Touro martelou o adversário e, em seguida, conseguiu aplicar uma finalização, definindo o combate ainda no primeiro round.

Maurílio Touro chegou a sua 14ª vitória na carreira, sendo esta a quarta consecutiva. O cearense possui apenas cinco derrotas no currículo. Já Evilásio Puma conheceu a sua 13ª derrota e continua com apenas oito triunfos no cartel.

Jamil x JV

O co-main event do OX Revolution, na noite desta quinta-feira, animou os fãs cearenses de MMA. Jamil Silveira e João Victor “JV” fizeram um grande combate, com vitória de Jamil por finalização no segundo round.

Naja aplica triângulo

Leandro Naja vence por finalização

Leandro Naja vence por finalização. Foto: Ronnald Casemiro/O POVO

Leandro Naja havia revelado ao Blog Clube da Luta a sua vontade de finalizar Lucca França, no OX Revolution, e assim o fez. Em um combate marcado pela trocação, Naja conseguiu encaixar uma finalização ainda no primeiro round e venceu a confronto entre os atletas.

Retorno de Danilo Mota

Danilo Mota conquista primeira vitória após lesão. Foto: Ronnald Casemiro/O POVO

Danilo Mota conquista primeira vitória após lesão. Foto: Ronnald Casemiro/O POVO

Danilo Mota retornou ao octógono com vitória. Após ter uma lesão semelhante a de Anderson Silva, o atleta da Team Nogueira conseguiu finalizar Jonas Tubarão no segundo round com um triângulo.

Irmão de Pepey finaliza

 

Esq. para dir.: Nativo, Godofredo Claudio, Pepey e Macena. Foto: Lucas Mota/O POVO

Esq. para dir.: Nativo, Godofredo Claudio, Pepey e Macena. Foto: Lucas Mota/O POVO

Godofredo Claudio, irmão do atleta do UFC, Godofredo Pepey, fez bonito dentro do cage do Ox Revolution e finalizou Alan Ventura no primeiro round. O atleta da Red Zone alcançou sua terceira vitória seguida.

Seguro na parte em pé, Godofredo Claudio conseguiu controlar a luta no clinch durante os minutos iniciais. Na primeira tentativa de queda, o atleta não só derrubou, como colocou um ponto final no combate com uma chave de braço.

“Correu tudo tranquilo. Nas duas últimas lutas usamos a parte de trocação, e hoje deu certo usar o jiu-jitsu. Foi tudo fruto de treino, muito sacrifício, abdicação. Meu gás estava em dia, graças ao meu preparador físico Macena que esteve me cobrando sempre. Quero agradecer também ao Helson Nativo, que é meu treinador de muay thai, e ao meu irmão Pepey, treinador de MMA”, disse Godofredo Claudio sobre o duelo.

Nocaute relâmpago

Com 20 anos, Genilson Silva impressionou o público do Ox Revolution ao nocautear, com 16 segundos de luta, Carlos Popo. A luta começou e Genilson foi com tudo para liquidar o duelo. Após acertar um potente soco, resultando na queda do adversário, Silva ainda aplicou mais três para encerrar o combate.

“Minha preparação foi muito intensa. Sempre quero dar pressão e recuar pouco”, disse o vencedor após o duelo.

Revelação da noite

jeferson

Jeferson conquistou a vitória ainda no primeiro round

Jeferson Rodrigues foi a revelação da noite. O atleta fez uma apresentação tranquila e segura diante de Gadelha Junior. Com punhos afiados por Pedro Lara, o lutador da Primeiro Round aplicou uma sequencia de socos no adversário e garantiu a vitória.

Após o combate, o atleta falou sobre a ajuda de seus mestres para o combate. “O Pedro Lara (mestre de muay thai) passou a estratégia para essa minha luta na parte em pé. O Abraão (faixa-preta de jiu-jitsu) também me deu uns toques de chão. Eu subo ali para me divertir, é o que eu gosto de fazer”.

Confira todos os resultados da noite:

Lucas Sousa nocauteou Ricardo Capoeira no terceiro round – 61kg
Israel Oliveira nocauteou Renato Alves no primeiro round – 61kg
Jeferson nocauteou Gadelha Junior no primeiro round – 66kg
Genilson Silva nocauteou Carlos Popo no primeiro round – 57kg
Cláudio Oliveira finalizou Allan Ventura no primeiro round – 77 Kg
Sandro “Apaga Luz” venceu Moésio Silva por decisão majoritária – 120 Kg
Danilo Mota finalizou Jonas Tubarão no segundo round – 80 Kg
Cojack Matias venceu Romário Nobre por decisão unânime – 59 Kg

Arlen Benks venceu Caverna por decisão unânime– 70 Kg
Rosy Duarte finalizou Cristina Souza no primeiro round – 61 kg
Jamil Silveira finalizou João Victor ‘JV’ no segundo round – 66 kg
Leandro Naja finalizou Lucca França no primeiro round – 66 Kg
Maurílio Touro finalizou Evilasio Puma no primeirou round – 84 Kg

Recomendado para você