Clube da Luta

Glover Teixeira desafia Jon Jones pelo título de campeão dos meio-pesados do UFC

Glover parte em busca do 3° cinturão para o Brasil no UFC. Foto: UFC/Divulgação

Glover parte em busca do 3° cinturão para o Brasil no UFC. Foto: UFC/Divulgação

Chocar o mundo no maior desafio da carreira. O mineiro Glover Teixeira,34, sobe ao octógono hoje, na luta principal do UFC 172, evento que acontece em Baltimore, nos Estados Unidos, às 20 horas, para fazer diferente dos últimos brasileiros que enfrentaram o americano Jon Jones e sagrar-se campeão dos meio-pesados do Ultimate Fighting Championship (UFC).

Glover e Jones entendem de cartéis invejáveis e atravessam fase parecida. O brasileiro não perde desde 2005 e venceu as cinco lutas que fez na organização. No currículo, são 22 vitórias e apenas uma derrota. Já atual campeão da categoria completou, contra o sueco Alexander Gustafsson, a incrível sequência de dez vitórias consecutivas no Ultimate e possui 19 triunfos e uma derrota no cartel.

“Estudei bem o tipo de luta do Jon Jones. É difícil de falar um ponto fraco dele, é um atleta muito bom. Tenho que acreditar em meu wrestling, jiu-jitsu e meu poder de nocaute, encurtando a distância para nocautear”, disse Glover, que tem 14 vitórias por nocaute, durante entrevista em vídeo para o UFC. “Vou buscar a agressividade, pressionar ele e tentar nocautear ou finalizar no chão.”

Jones colocou no bolso todos os adversários brasileiros que enfrentou: Carlos Eduardo Cachorrão, André Gusmão e os ex-campeões Maurício Shogun, Lyoto Machida e Vitor Belfort. O americano é dono do cinturão desde 2011 e segue firme em busca da sétima defesa de cinturão. Para completar, o campeão também lidera o ranking geral do Ultimate.

O desafiante sabe que a luta vai ser difícil e que precisa neutralizar as cotoveladas de ‘Bones’. Por isso, Glover treinou com outro brasileiro. “É difícil treinar essa posição, já que cotovelo corta muito. Mas é claro que treinei movimentação no chão. O Lyoto me ajudou bastante nessa parte de golpe de cotovelo”.

Aos 26 anos, Jones garante que está tranquilo e que o mineiro não o preocupa. “Respeito Glover, temos estilos poderosos e fazemos tudo muito bem. Apenas me preocupo em estar na minha melhor forma para me sair bem. Se eu conseguir colocar em prática tudo o que sei, não há outro resultado que possa acontecer que não seja a minha vitória. Sou o campeão e continuarei assim.”

SERVIÇO
UFC 172
Quando: sábado, 26 de abril
Onde: Baltimore – Estados Unidos
Horário: a partir das 20h30min
Transmissão: Canal Combate

Card principal
Jon Jones x Glover Teixeira
Phil Davis x Anthony Johnson
Luke Rockhold x Tim Boetsch
Jim Miller x Yancy Medeiros
Max Holloway x Andre Fili

Card preliminar
Joseph Benavidez x Tim Elliott
Takanori Gomi x Isaac Vallie-Flagg
Jessamyn Duke x Bethe Correia
Danny Castillo x Charlie Brenneman
Chris Beal x Patrick Williams

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *