Clube da Luta

Tiro, porrada e bomba: Caio Monstro visita Batalhão do Raio após homenagem no UFC

748 4
Caio Monstro com os policiais do Raio. Foto: Lucas Mota/O POVO

Caio Monstro com os policiais do Raio. Foto: Lucas Mota/O POVO

O Blog Clube da Luta conferiu de perto o encontro entre Caio Monstro e os policiais da Ronda de Ações Intensivas e Ostensivas (Raio). O lutador do UFC fez uma homenagem ao Batalhão em sua última luta, no dia 19 de abril, quando entrou para a pesagem com uma camisa do Raio.

O cearense recebeu o carinho e a admiração dos policiais. Em poucos minutos, o lutador estava rodeado dos militares, tirando fotos e batendo um papo. O semblante concentrado dos policiais, prestes a entrarem em serviço, foi substituído por um descontraído durante o encontro com Caio Monstro.

Fiquei adrenalizado perto desses caras“, diz Caio.

A admiração entre eles é mútua. O cearense gosta do trabalho dos policiais e garante que vai repetir a camisa do Raio em outras lutas. A aproximação com o Batalhão ocorreu através do mestre de Caio e líder da Nova União Ceará, Guilherme Santos, que também é policial do Raio.

Monstro durante a pesagem do UFC. Foto: reprodução/Youtube

Monstro durante a pesagem do UFC. Foto: reprodução/Youtube

“Meu professor Guilherme Santos (faixa-preta de jiu-jitsu) trabalha no Raio há alguns anos, e sempre fui fã desse batalhão porque é uma galera que está em confronto direto com os bandidos. É a Polícia que mais tem contato com a população. As pessoas pensam que, por causa daquele fardamento todo, os policiais não são tão compreensivos, não conversam muito. Mas, isso não é verdade. Os caras são todos legais, pessoas de família. Esse contato fortalece muito a gente”, conta Monstro.

Caio se mostrou bastante empolgado durante o encontro com os policiais. Para o cearense, o contato com o Batalhão é uma motivação a mais para o lutador. “Foi muito bom representar o Raio na pesagem do UFC. Usei a camisa em homenagem a eles. Todos assistiram minha luta, me deram parabéns. Alguns tiraram foto comigo. Isso é uma retribuição muito boa do meu trabalho. Com certeza vou voltar a homenageá-los. Isso não tem preço, representar o Ceará, a Polícia daqui, não só do Raio, mas todos os policiais estão de parabéns pelo trabalho que estão fazendo pelo meio que eles têm e pelo que eles ganham.

Da esq. para dir.: defensor público Vicente Alfeu, promotor de Justiça Brasilino de Freitas, major Márcio Oliveira, Caio Monstro e Guilherme Santos. Foto: Lucas Mota/O POVO

Da esq. para dir.: defensor público Vicente Alfeu, promotor de Justiça Brasilino de Freitas, major Márcio Oliveira, Caio Monstro e Guilherme Santos. Foto: Lucas Mota/O POVO

O comandante do Batalhão do Raio, major Márcio Oliveira, acredita que o contato entre o atleta do UFC e os policiais motiva ainda mais os militares durante o trabalho. “Se espelhar em pessoas vencedoras que usam o esporte para se projetar na vida traz uma carga de motivação maior no dia a dia, em ter ele como amigo, uma pessoa próxima. E sabemos que ele admira nosso trabalho e nós o admiramos. Isso também vem enaltecer o nome do Batalhão. É gratificante”, afirma o militar.

Recomendado para você

4 Comentários

  • Marílio disse:

    Homenagem merecida!!!! O RAIO realiza um trabalho árduo, estressante e muito perigoso, principalmente nos dias de hoje.

  • agnaldo carlo disse:

    Sou Pm e me sinto orgulhoso,mesmo nao fazendo parte do Raio,justa homenagem,que este reconhecimento se estenda a todos daqui do nosso estado.
    Que DEUS nos abencoe…

  • Maria Dijesus disse:

    Eu acho sinceramente, que deveria ser os policiais mais bem pagos, por que desenvolvem um trabalho com seriedade e responsabilidade. Há todos do Raio, meus parabéns, vocês todos, são os caras!

  • Maria Dijesus disse:

    São por causa desses policiais do RAIO, que eu acho que nosso estado ainda tem chance de sair do topo das pesquisas que dizem que estamos em primeiro lugar no que se refere a violência.

\

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *