Clube da Luta

Carlos Eduardo Cachorrão estreia hoje no GP do Bellator: “Vou para ganhar essa luta”

Cachorrão celebra a história vitoriosa no Bellator. Foto: Reprodução TV

Cachorrão celebra vitória no Bellator. Foto: Reprodução TV

O cearense Carlos Eduardo Cachorrão sobe ao octógono do Bellator pela terceira vez na carreira nesta sexta-feira, 6, para fazer história. O atleta faz sua estreia no GP da organização – única forma de chegar ao cinturão – sendo o primeiro lutador do Ceará a alcançar o feito. O peso-meio-pesado da Nova União enfrenta o lituano Egidijus Valacivius.

A estreia de Cachorrão no GP já era aguardada desde sua entrada no Bellator. O trampolim para a organização concorrente ao UFC foi o cinturão do Shooto – quando o conquistou em abril de 2012 diante de Marcos “Pezão” Rogério (ex-TUF Brasil 3) e, em julho de 2013, fez uma defesa bem sucedida contra Marcus Montanha.

Contra o lituano, o cearense quer mostrar serviço e dar um grande passo em direção ao cinturão do Bellator. Vencendo, Cachorrão passaria para as semifinais e enfrentaria o já classificado Liam McGeary.

“Estou bem preparado e focado. Vou com mais sede dessa vez, sabendo que não vai ser uma luta fácil, mas estou bem preparado. Vou para ganhar essa luta. Treinei bastante. Agora é só fazer o dever de casa”, disse com exclusividade ao Blog Clube da Luta.

No Bellator, o cearense fez duas lutas (fora do GP) – uma vitória e uma derrota. Contra Wayman Carter, Cachorrão venceu por finalização no primeiro round. Já diante de Rodney Wallace, Eduardo perdeu por decisão unânime, mas o combate foi bastante contestado.

Momento em que Cachorrão finaliza a luta. Foto: Reprodução da TV

Momento em que Cachorrão finaliza a luta contra Wayman Carter. Foto: Reprodução da TV

Além de Cachorrão, o parceiro de equipe Philipe “Monstro” Lins, de Natal, estreia no GP do meio-pesado contra Austin Heidlage. Essa é a segunda vez que a dupla brasileira luta no mesmo card. Sobre enfrentar o amigo e companheiro de Nova União, Carlos Eduardo revelou que só pretende realizar o combate pelo cinturão. Monstro pensa da mesma forma. E, de fato, os atletas vão se encontrar apenas se chegarem à final do torneio, já que estão em chaves diferentes.

Da esq. para dir.: Guilherme Santos (mestre da Nova União Ceará), Cachorrão, Phillipe Monstro, Jair Lourenço (mestre da Kimura Nova União)

Da esq. para dir.: Guilherme Santos (mestre da Nova União Ceará), Cachorrão, Phillipe Monstro, Jair Lourenço (mestre da Kimura Nova União)

“Quero agradecer meus professores Danilo Dragon e Guilherme Santos. O Ricardinho da Boxer Raça, o Dedé Pederneiras e todos da equipe Dragon Fight e Nova União. Se cheguei aonde estou é graças a eles”, finaliza Cachorrão.

GP do Bellator

GP do Bellator

A Fox Sports realiza a transmissão a partir das 0h30.

Bellator 121
Oklahoma, nos Estados Unidos
CARD PRINCIPAL:
Peso-pesado: James Thompson (19-14) x Eric Prindle (8-5)
Meio-pesado: Rameau Thierry Sokoudjou (14-12) x Terry Davinney (10-6)
Meio-pesado / abertura de torneio: Austen Heidlage (6-1) x Philipe Lins (8-0)
Meio-pesado / abertura de torneio: Egidijus Valavicius (26-10) x Carlos Eduardo (11-3)

CARD PRELIMINAR:
Peso-pena: Stephen Banaszak (3-1) x Treston Thomison (7-2)
Peso-médio: Joe Vedepo (15-8) x Cortez Coleman (10-5)
Meio-pesado / abertura de torneio: Rodney Wallace (20-8) x Kelly Anundson (7-2)
Meio-pesado: Jamelle Jones (2-1) x Ray Sloan (6-0)
Peso-combinado: Bubba McDaniels (21-8) x Matt Jones (4-7)
Peso-combinado: Steve Garcia (3-0) x Cody Walker (3-1)
Meio-médio: William Florentino (4-3) x Guillermo Martinez Ayme (6-0)

Recomendado para você

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *