Clube da Luta

A partir desta quarta: ingressos à venda para revanche entre José Aldo e Chad Mendes

Pôster oficial do evento. Foto: divulgação

Pôster oficial do evento. Foto: divulgação

O Ultimate Fighting Championship (UFC) volta ao Rio de Janeiro pela quinta vez no dia 25 de outubro, com a revanche entre o campeão dos penas José Aldo e o novamente desafiante e número #1 da categoria Chad Mendes. Dois anos e nove meses depois do primeiro encontro que terminou com nocaute brasileiro na HSBC Arena, Aldo e Mendes, dessa vez, têm encontro marcado no Maracanãzinho, um dos berços do MMA no Brasil. Além da disputa pelo cinturão, os fãs também terão a chance de ver o duelo meio-pesado entre brasileiro Glover Teixeira, número #4 do ranking da categoria, e o americano Phil Davis, número #6 entre os lutadores com até 93 kg. O evento terá início às 20h30, com o card principal previsto para as 0h00. Os portões abrem para o público a partir das 18h30.

Os ingressos para o UFC 179: Aldo vs. Mendes 2 podem ser adquiridos a partir desta quarta-feira, dia 27, às 10h, pelo site www.ticketsforfun.com.br, em todos os Pontos de Venda credenciados, na Central de Relacionamento Tickets for Fun, pelo telefone 4003-5588 e na Bilheteria Oficial do Evento, no Maracanãzinho, de 18 a 25 de outubro, das 10h às 20h. No dia do evento, a compra e retirada só poderão ser realizadas até 2h antes do início do evento.

Os bilhetes estarão disponíveis para os seguintes setores: Arquibancada (R$ 190,00 / R$ 95,00 – meia-entrada); Cadeira C (R$ 290,00 / R$ 145,00 – meia-entrada); Cadeira B (R$ 650,00 / R$ 325,00 – meia-entrada); Cadeira A (R$ 950,00 / R$ 475,00 – meia-entrada); Cadeira Premium (R$ 1.200,00 / R$ 600,00 – meia-entrada); Octógono Premium (R$ 1.600,00 / R$ 800,00 – meia-entrada);  Portadores de Necessidades Especiais (R$ 95,00 – meia-entrada).

Histórico Maracanãzinho recebe aguardada revanche

A luta entre José Aldo e Chad Mendes está entre as mais esperadas do ano. Os lutadores, que se enfrentaram no UFC 142, no Rio de Janeiro, em 2012, com vitória por nocaute de Aldo ainda no primeiro round, vêm trocando provocações e acusações nos últimos meses. Os dois, agora, poderão finalmente resolver seus problemas dentro do octógono.

“Lutar em casa novamente, e agora no Maracanãzinho vai ser emocionante. É um ginásio histórico no esporte mundial e eu estou sempre lá acompanhando o Brasil em outros esportes. Espero a galera em peso me empurrando para manter esse cinturão no nosso país”, afirmou o campeão peso pena do UFC.

Já Chad Mendes deixou claro que fez a lição de casa, e que desta vez não será fácil vencê-lo:

“Vai ser totalmente diferente. O palco pode se repetir, a cidade e o adversário também, mas engana-se quem pensa que eu sou o mesmo lutador de dois anos atrás. Eu melhorei meu jogo, estou mais forte, mais rápido, mais completo. Nocauteei quatro dos meus últimos cinco adversários, trabalhei muito para melhorar os meus pontos fracos. Quando nós nos enfrentamos pela primeira vez, o Aldo era maior do que eu, tinha uma vantagem física. Hoje essa vantagem não existe mais. Fora isso, com o (TJ) Dillashaw nós desvendamos o diagrama da equipe Nova União. Eu sei que Barão e Aldo são lutadores diferentes, mas eles treinam junto, têm uma mesma metodologia dentro do octógono. Acho que agora temos o mapa da mina”. (Chad Mendes em entrevista para o Combate.com).

O palco, dessa vez, será o histórico Maracanãzinho, templo do esporte mundial que pode ser considerado também um dos berços do MMA no Brasil e no mundo. Parte do novo complexo do Maracanã, na Zona Norte, do Rio de Janeiro, o Ginásio já abrigou confrontos históricos do até então chamado vale-tudo. O primeiro aconteceu ainda na década de 50 em um confronto entre Carlson Gracie e Waldemar Santana.

Esta será a sétima defesa de cinturão de José Aldo, que em sua última luta derrotou o americano Ricardo Lamas por decisão unânime, no UFC 169, em fevereiro deste ano. Já Chad Mendes acumulou cinco vitórias seguidas desde a derrota no Rio – a única em sua carreira -, sendo a última vitória sobre Nik Lentz também por decisão unânime.

Glover Teixeira quer retomar caminhada pelo cinturão contra “carioca” Phil Davis

Na luta co-principal da noite será a vez do mineiro da cidade de Sobrália Glover Teixeira enfrentar o americano Phil Davis. Glover disputou o cinturão dos meio-pesados em abril deste ano, no UFC 172, contra o atual campeão Jon Jones. Em uma luta de cinco rounds, o brasileiro acabou perdendo por pontos.

“Vai ser irado lutar no Brasil de novo, no Rio de Janeiro. Estou feliz e treinando. Lutar com o Phil Davis vai ser muito bom. Ele é um cara já conhecido no Brasil, pois enfrentou alguns brasileiros e venceu. Agora é a hora de me provar e começar a subir as escadas de novo. Vou treinar bastante e cair pra dentro. No ano que vem quero disputar esse cinturão de novo”, disse Glover Teixeira.

Apesar de lutar fora de casa, o americano Phil Davis já pode se considerar um carioca. Esta será a terceira vez que “Mr. Wonderful” duela no Rio de Janeiro e o americano já se identifica com a cidade. Nas outras duas ocasiões, Davis venceu Wagner Caldeirão e Lyoto Machida, nos UFC 153 e 163, respectivamente.  Em sua última luta pelo UFC, no mesmo UFC 172 do embate entre Glover e Jones, o americano foi derrotado por Anthony Johnson, por decisão unânime.

“Eu gostei muito dessa luta. O Glover é do Brasil e estará lutando em casa, mas eu sinto que os fãs gostam muito de mim, então será uma ótima oportunidade para voltar ao país e ter mais um grande desempenho. Os brasileiros são completamente fanáticos por MMA e eu não poderia estar mais feliz pela luta, por ser no Rio de Janeiro, por ser co-principal, por tudo. Acho que essa será uma ótima oportunidade de me colocar de volta na briga pelo cinturão” vibrou Phil Davis.

Card oficial* do evento:

Card Principal

Peso-pena: José Aldo x Chad Mendes

Peso-meio-pesado: Glover Teixeira x Phil Davis

Card Preliminar

* todas as lutas ao vivo; card sujeito a alterações;

* mais lutas a serem anunciadas;

Compra de ingressos por CPF e Meia-Entrada:

O consumidor poderá adquirir até 8 (quatro) ingressos por CPF, ficando limitado à aquisição de 2 (dois) ingressos de meia-entrada por consumidor. Ou seja, no caso de aquisição de um ingresso de meia-entrada, o consumidor poderá adquirir ainda até 7 (três) ingressos inteiros; no caso de aquisição de dois ingressos de meia-entrada, o consumidor poderá adquirir ainda até 6 (dois) ingressos inteiros. A meia-entrada é um benefício pessoal e intransferível, portanto, no ato da compra deverá ser apresentado o documento que garanta o benefício para que o ingresso seja emitido nominalmente, anotando-se o nome do beneficiário no ingresso para acesso ao evento.

Quem tem direito a meia-entrada?

· Idosos (com idade igual ou superior a 60 anos): Lei Federal 10.741/2003.

· Estudantes e Jovens de até 29 (vinte e nove) anos pertencentes à famílias de baixa renda:  Lei Federal nº 12.852, de 5 de agosto de 2013.

. Estudantes das escolas públicas e particulares do Distrito Federal: Lei Distrital 3520/2005, Decreto 25.920/2005.

· Pessoas portadoras de deficiências: Lei Federal nº 12.933 de 26/12/2013

· Professores da Rede Pública Municipal do Município do Rio de Janeiro: Lei Municipal nº 3.424/2002

· Menores de 21 anos: Lei Estadual 3364/2000

Qual a classificação etária do evento?

Tendo em vista que o UFC  é um evento esportivo, televisionado com diversas modalidades de lutas de competição, a entrada de menores de 16 anos será permitida se comprovadamente acompanhados dos pais ou responsáveis legais, portando documentos comprobatórios e o termo de responsabilidade de acompanhante disponível no site www.ticketsforfun.com.br devidamente assinado, sendo que os responsáveis deverão permanecer no local do evento enquanto o menor estiver presente. Esta determinação, assim como a classificação etária, poderá a qualquer momento ser alterada pelo Juiz de Direito da Vara da Infância e Juventude da Comarca da Capital do Estado do Rio de Janeiro.

Quais documentos serão aceitos para comprovar a meia-entrada?

Estudantes: Carteira de identificação estudantil, nos termos da legislação em vigor e nome completo do beneficiário. Somente o boleto bancário sem documento com foto não será aceito como documentação hábil para comprovação da condição de estudante.

Idosos: Documento oficial com foto que comprove idade igual ou superior a 60 anos.

Pessoas portadoras de necessidades especiais: A pessoa que não apresentar deficiência aparente deverá se identificar com o documento que comprove esta condição e RG.

Professores da Rede Pública Municipal do Município do Rio de Janeiro: Carteira funcional emitida pela Secretaria Estadual da Educação; ou contra cheque referente ao mês vigente ou ao último mês de serviço, que deve ser o mês anterior do evento, com a carteira de identidade.

Menores de 21 anos: Documento oficial com foto que comprove idade inferior a 21 anos.

Entrega e retirada dos ingressos:

O fã do UFC poderá escolher receber o ingresso em sua casa – a taxa de entrega por compra, independente do número de ingressos adquiridos, será variável de acordo com os preços do respectivo serviço de entrega (para o Estado de SP, serviço de courier, e para os Estados de DF/ES/PR/SC/RS/RJ/MG/MT/MS/BA/SE/AL/PE/PB/GO, entrega feita pelos correios).  Há também a opção gratuita de fazer a impressão de e-ticket em domicílio. O cliente que optar por retirar o ingresso no ponto de retirada pré-determinado (will call), poderá fazê-lo a partir de 01 de setembro, sem qualquer custo, desde que na Bilheteria Oficial do Evento, localizada no Citibank Hall (Av. Ayrton Senna, 3.000 – Barra da Tijuca).

Optei por retirar meus ingressos na bilheteria. A partir de quando poderei retirar meus ingressos?

A retirada dos ingressos será feita a partir do dia 01 de Setembro nos pontos de retirada da Tickets for Fun, listados no link: http://premier.ticketsforfun.com.br/shows/show.aspx?sh=pdv

Na semana do evento haverá um ponto de retirada no Maracanãzinho.  A bilheteria estará aberta das 10 às 20 horas, e no dia 25 de Outubro, até 2hs antes do evento.

O cliente deve comparecer com o voucher da compra, cartão de crédito original utilizado na compra e documento de identificação com foto.

Em caso de meia-entrada, o cliente deve levar obrigatoriamente todos os comprovantes aplicáveis, conforme descritos no item “Quais documentos serão aceitos para comprovar a meia-entrada?”.

Caso o cliente que efetuou a compra não possa comparecer para retirar seus ingressos, o titular da compra deverá contatar o SAC, de segunda a sábado, das 9h às 21h no telefone 4003-5588, para cadastrar o nome do portador que irá retirar os ingressos. O portador deverá possuir documento com foto e o cartão de crédito no qual a compra foi efetuada.

É importante que seja apresentado o documento de identidade e o cartão de crédito utilizado na compra. Esses requisitos são estabelecidos para a própria segurança do fã do UFC e são indispensáveis para a entrega dos ingressos Quando a opção escolhida for  a impressão do e-ticket, o ingresso será enviado anexado ao e-mail de confirmação de compra e deverá ser impresso pelo próprio cliente. Cada ingresso possui um código de barras único. Cada código de barras permite somente uma entrada ao evento. Se mais de um ingresso for comprado, será necessário imprimir cada um deles separadamente.

Para outras informações, visite www.ufc.com.br

Recomendado para você

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *