Clube da Luta

Entrevista exclusiva: Gleison Tibau mira título inédito

Gleison Tibau em Fortaleza | Foto: Lucas Mota/O POVO

Gleison Tibau em Fortaleza | Foto: Lucas Mota/O POVO

O recordista brasileiro de lutas no Ultimate Fighting Championship (UFC), Gleison “Tibau” Alves, já planeja quebrar novas marcas dentro da organização. Com 31 anos e 23 lutas na franquia, o “Van Damme” do Nordeste pretende ultrapassar o americano Tito Ortiz – ex-campeão do UFC e, atualmente, lutador do Bellator -, que tem 27 lutas. A meta é se tornar o atleta com o maior número de combates de toda a história da organização. De férias em Fortaleza, o lutador conversou com O POVO em um apartamento localizado na Praia do Futuro. Vídeo da entrevista completa mais abaixo.

“Sou também o peso-leve (até 70 kg) com mais vitórias na categoria (15). Me sinto realizado. Entrei nas lutas por um sonho distante assistindo os filmes do Van Damme. Estou perto do Tito Ortiz e já pedi ao UFC para quebrar essa marca. O UFC ficou super feliz e vai fazer o possível para eu ultrapassá-lo”, disse.

Super motivado para aumentar ainda mais o cartel de lutas e vitórias, Tibau acredita que a frequencia de combates pode levá-lo a um objetivo maior. Além dos recordes de duelos, o peso-leve quer ser o primeiro brasileiro a conquistar o título da divisão. “Estou focado na minha carreira. Todo atleta tem seu grande momento. O meu ainda não chegou. Vou ser o único o lutador que vai lutar pelo título com mais bagagem que o campeão, por conta do número de lutas. Quando chegar o momento de lutar pelo cinturão, vou estar preparado para manter o título”.

Desde 2006 no UFC, o veterano conhece bem a divisão e a organização. Ele pode observar as várias reviravoltas dentro da franquia. Uma delas ocorreu na sua categoria, quando Anthony Pettis se tornou o novo campeão. Após mais de um ano sem lutar, o americano defenderá o título contra Gilbert Melendez, em 6 de dezembro, no UFC 181. “Com certeza o Melendez é mais completo. Mas, o Pettis é muito versátil e perigoso em pé. Aposto no Melendez. O Pettis não vai manter o título. Desde que ganhou do Ben Henderson (agosto de 2013) ainda não colocou em jogo. Não é um cara que respeito como campeão. Ele chegou ao UFC furando fila”.

Tibau ainda falou Rafael Dos Anjos e Khabib Nurmagomedov – possíveis desafiantes do título do peso-leve – da perda de peso e de sua entrada ao som de Black Sabbath, que pode vencer novo prêmio do UFC.

[youtube]http://youtu.be/zx2Rnu8YfT4[/youtube]

Recomendado para você