Clube da Luta

Ex-garçonete supera dificuldades e disputa vaga para final de GP do XFC

Silvaneide Marretinha | Foto: Marcelo Franco/Fusion Photography

Silvaneide Marretinha em ação contra Vuokko Katainen | Foto: Marcelo Franco/Fusion Photography

Próxima de realizar um sonho, a potiguar Silvaneide “Marretinha” Pereira precisou superar as dificuldades para seguir fazendo o que mais gosta: lutar. A guerreira de Mossoró ficou três meses sem treinar para trabalhar como garçonete e se sustentar, já que não apareciam contratos para novos combates, e chegou a dormir no tatame para continuar treinando na Kimura Nova União, em Natal. Depois de tanto sacrifício, a atleta se prepara para disputar a semi-final do GP peso-palha do Xtreme Fighting Championships (XFC), que será realizado neste sábado, 13, no Clube Concórdia, em Campinas, São Paulo.

“Cada luta tem sua ansiedade, mas estou tranquila. Estou focada. É a oportunidade da minha vida. Representa a realização de um sonho, de uma trajetória de cinco anos”, disse Marretinha ao Blog Clube da Luta.

Marretinha venceu por decisão majoritária | Foto: Marcelo Franco/Fusion Photography

Marretinha venceu por decisão majoritária | Foto: Marcelo Franco/Fusion Photography

A potiguar treinada por Jair Lourenço – líder da Kimura Nova União – disputa uma vaga para a final do GP contra caxiense Débora Ferreira. A vida de Silvaneide começou a mudar, quando ela recebeu o convite para treinar em Natal. Mas, como sempre, ela precisou superar dificuldades.

“Eu passei três meses sem treinar para trabalhar. Sem conseguir uma luta, eu parei durante esse período. Foi quando o Jair ligou para mim e saí do trabalho (em Mossoró) para morar em Natal”, conta ela.

Antes de viajar para Natal, Marretinha trabalhou como garçonete em uma lanchonete de Mossoró. No início da trajetória na capital do Rio Grande do Norte, Silvaneide precisou dormir no tatame da academia por dois meses até se estabilizar. “Trabalhava numa lanchonete e saí de Mossoró para Natal. Dormi no tatame durante minha preparação para lutar no XFC”.

O esforço valeu a pena. A estreia no XFC veio com resultado positivo. Silvaneide venceu Vuokko Katainen por decisão majoritária, nas quartas de final, e avançou no GP. A potiguar já está com a estratégia traçada para triunfar mais uma vez diante da nova adversária. “Minha  meta é agarrar e botar para baixo. Ela é muito boa em pé, possui três nocautes. Treinei todos os dias desde às quartas de final”, finaliza.

XFC International 8 – Serviço

Data: Sábado, 13 de dezembro de 2014
Local: Clube Concórdia – Rodovia Heitor Penteado Km 6, Campinas (SP)
Horário: 21h (horário brasileiro de verão)
Transmissão: Ao Vivo na RedeTV! a partir de 0h30 de sábado para domingo

Card Principal
Ao vivo na RedeTV! a partir de 00h30 (sábado para domingo)

Até 61,2kg: Fernando Vieira x Tyson Nam (EUA) – Superluta
Até 56,7kg: Silvana “La Malvada” Juarez (ARG) x Vanessa Melo – Superluta
Até 70,7kg: Gláucio Eliziário x Jay Furness (ING) – Superluta
Até 56,7kg: Poliana Botelho x Taila Santos – GP peso-mosca feminino

Card Preliminar
Transmissão na semana seguinte

Até 66,2kg: Guilherme Faria x Carlos Torres (MEX) – GP peso-pena masculino
Até 70,7kg: Willian Cilli x Ramazan Kurbanismailov (RUS) – GP peso-leve masculine
Até 66,2kg: Pedro Falcão x Michael Stevens (EUA) – GP peso-pena masculino
Até 66,2kg: Ranfi Rivas (VEN) x Giovanni Arroyo (EQU) – GP peso-pena masculino
Até 66,2kg: Missael Silva x Paata Robakidze (GEO) – GP peso-pena masculino
Até 70,7kg: Fernando dos Santos x Michel Silva – GP peso-leve masculino
Até 56,7kg: Silvaneide Marretinha x Débora Ferreira – GP peso-mosca feminino
Até 70,7kg: Wilson dos Santos x Rubenilton Pereira – GP peso-leve masculino
Até 70,7kg: Alex Franco x Mohamed Hassan Badawy (EGI) – GP peso-leve masculino

Recomendado para você

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *