Clube da Luta

Há cinco anos sem perder, Léo Santos aposta em preparo físico para vencer mais uma no UFC

Léo é o campeão do TUF Brasil 2 | Divulgação

Léo é o campeão do TUF Brasil 2 | Divulgação

A noite deste sábado, dia 21 de março, será especial para Léo Santos. No card principal do UFC Fight Night 62, no Maracanãzinho, no Rio de Janeiro, ele tem pela frente o norte-americano Tony Martin em sua quarta luta no octógono. No embate da categoria peso-leve (até 70,7kg), o carioca defende uma invencibilidade de cinco anos. Para aumentar a sequência sem derrota, o atleta da Nova União alterou seu processo de corte de peso e espera por uma vitória convincente na organização.

Em sua última luta, Léo bateu Efrain Escudero por decisão unânime dos juízes laterais, em Brasília, em setembro do ano passado. Mesmo com o triunfo, o atleta, radicado em Campos dos Goytacazes, região do Norte Fluminense, identificou que precisava evoluir em sua preparação física. Com isso, o faixa-preta de jiu-jitsu fez alguns ajustes no processo de corte de peso e acredita que sua apresentação neste sábado será mais dinâmica. Para isso, abdicou dos festejos de final e início de ano.

+ VÍDEO: cearense Godofredo Pepey protagoniza a encarada mais tensa do UFC Rio 6

“Eu vi meu adversário falando que poderia me vencer no preparo físico. Posso dizer que, se fosse pelas minhas últimas lutas, ele estaria certo, Mas, agora, isso não vai acontecer. Não darei mais essa brecha para meus adversários. Me preparei da melhor maneira possível fisicamente, estou me sentindo muito bem. Comecei meu camp mais leve, e isso facilitou muito meu trabalho. Segurei a onda no natal, réveillon, carnaval, e não parei de treinar. Estou ótimo” avisa Léo.

Multicampeão no jiu-jitsu, Léo Santos é considerado por muitos críticos da arte suave como um dos melhores de todos os tempos na modalidade. Focado exclusivamente no MMA, ele quer alcançar o mesmo sucesso que teve nos tatames nos cages, e o combate diante de Tony Martin é fundamental para que Léo siga sua boa fase. Nos últimos cinco anos, ele lutou oito vezes e venceu sete, além de um empate contra Norman Parke, em março do ano passado.

+ Momento finalização #1: Demian Maia dá aula de jiu-jitsu a Chael Sonnen

“Eu quero chegar ao topo também no MMA, mas vou fazendo isso um passo de cada vez, sem pressa. Demorei muito para ser lutador do UFC, agora vou galgando meu espaço no evento vitória a vitória. Ainda preciso de uma vitória convincente dentro do octógono, e estou muito confiante que ela vai chegar neste sábado. Eu vou finalizar o Tony Martin”, afirma.

Do outro lado do octógono, Tony Martin exibe um cartel profissional com nove vitórias e apenas duas derrotas. Se o brasileiro estreia no Maracanãzinho, Martin já conhece o tradicional ginásio carioca. Pelo UFC 179, em outubro de 2014, o norte-americano surpreendeu ao finalizar o faixa-preta Fabrício Morango ainda na etapa inicial do combate. Léo Santos prega respeito, mas quer presentear os fãs.

“O Tony é um cara perigoso, estou atento ao que ele tem para me oferecer de perigo na luta. Eu o respeito muito, mas sei que estou muito preparado para essa luta, muito confiante. Estou ansioso para subir logo no octógono e dar um show para a galera”, encerra Léo.

CARD UFC RIO
CARD PRINCIPAL
Peso-meio-médio (até 77,6kg): Demian Maia (77,6kg) x Ryan LaFlare (77,6kg)
Peso-meio-médio (até 77,6kg): Erick Silva (77,6kg) x Josh Koscheck (77,1kg)
Peso-leve (até 70,7kg): Léo Santos (70,7kg) x Tony Martin (70,7kg)
Peso-galo (até 61,7kg): Amanda Nunes (61,7kg) x Shayna Baszler (61,7kg)
Peso-leve (até 70,7kg): Gilbert Durinho (69,8kg) x Alex Cowboy (70,3kg)
Peso-pena (até 66,2kg): Godofredo Pepey (65,8kg) x Andre Fili (65,8kg)

CARD PRELIMINAR
Peso-leve (até 70,7kg): Francisco Massaranduba (70,3kg) x Akbarh Arreola (70,7kg)
Peso-pena (até 66,2kg): Kevin Souza (66,2kg) x Katsumi Kikuno (66,2kg)
Peso-leve (até 70,7kg): Leandro Buscapé (70,7kg) x Drew Dober (até 70,7kg)
Peso-leve (até 70,7kg): Leonardo Macarrão (70,3kg) x Cain Carrizosa (70,3kg)
Peso-leve (até 70,7kg): Jorge Blade (70,7kg) x Christos Giagos (70,3kg)
Peso-mosca (até 57,2kg): Fredy Serrano (56,7kg) x Bentley Syler (57,2kg)

SERVIÇO DO EVENTO
UFC Rio 6
Quando: sábado, 21 de março
Onde: ginásio do Maracanãzinho, no Rio de Janeiro
Horário: a partir das 19h45min
Transmissão: Canal Combate

Recomendado para você

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *